História Olhos Mortais a Obliteração das Víboras Mortais (3) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 5
Palavras 702
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - Agora estamos do lado das Víboras!


Ray olhava cada olhar, ouvindo a respiração de cada um. No carro havia silencio. Logo D'vã joga o silencio pra fora do carro.

- Ema, Obrigada por estar comigo, mais uma vez. Gary, obrigada pela coragem de se dispor a nos ajudar... Jena e Nick, obrigada por vocês estarem unidas novamente. Reiko, obrigada por cada peça de roupa que ja desenhou para mim. E há vocês três, obrigada pela coragem de estarem ao nosso lado, mesmo sabendo que fomos horriveis no passado. Sei que tinhamos um perfil de arrepiar, mas podem ter certeza, mudamos e pra melho...

Uma Range Rover corta os agradecimentos de D'vã. a Range se joga com tudo contra eles. O carro deles, deu vários giros até parar. Haviam 4 carros em frente ao deles, mas, só um parou ao ver a batida. Uma mulher desce da Range Rover, e pede para todos saírem do carro.

- Um por um, saiem já! ou mando bala!

Na dificuldade, eles começam a sair. Ema e Gary não se machucaram tanto, Nick e Jena tiveram pequenos arranhões, mas logo cicatrizou. Reiko tenta ajudar Cass, Pety e Ray. Logo "todos" saíram do carro.

- Pety, você aqui comigo! Ou eu fuzilo seu namorado imundo!

Pety logo vê quem era, era Dakota. Descem da Range Rover, 4 garotos... sim, aqueles garotos do Porsche azul, só que eles estavam com roupa. As Víboras estavam ficando com ranço de Dakota. D'vã finalmente consegue achar uma saída do carro.

- Admiro sua coragem para chegar dessa maneira até nós... mas admiro mais ainda sua falta de preparação.

Jena começou falando... num delize de distração, Nick e Jena, deceparam os garotos que estavam atrás de Dakota. Dakota ao ver que estava sem chance alguma, começa a disparar, sem parar contra o pessoal do carro. Os cabelos de Jena, pegaram Dakota pela garganta e faz Dakota subir uns 3 metros, Nick faz com que sua unha indicadora, tenham 1 metro,pronta pra matar Dakota,  Nick olha para a estrada e vê algo sinalizando, então ela para o serviço que estava prestes a fazer. Ao ver os disparos incontroláveis de Dakota, o pessoal fechou os olhos e se atiraram no chão. Ema foi a primeira a notar...

- D'...D'vaaaaaaa!

D'vã estava com 4 tiros no peito, ela pulou na frente das Víboras, para que nenhum tiro as acertassem. Kadabra havia sinalizado para Nick, logo Kadabra chega junto a elas. E vê sua irmã morta.

- ...

Dakota estava quase sem ar, pois os cabelos de Jena estavam sufocando ela. Kadabra pede para que coloque Dakota no chão. Pety corre até Dakota.

- Sua maniaca! Doida! Homofóbica do caralho. Agora você vai morrer... e não posso fazer nada. Nadica de nada. Você drogou Cass e depois queria julga-lo como culpado não é.

Kadabra pede com total gentileza que Pety se calasse e que ficasse junto as outras Víboras. Kadabra segue até Dakota, colocando uma arma na boca dela.

- Você merece morrer... a minha vontade é enorme, mas eu não vou fazer isto. Minha irmã... demorei anos pra achar ela, mas você chegou chegando... você vai morrer minha flor, mas, hehehe, não pelas minhas mãos. 

Por um sinal GPS, os outros carros voltam. Kadabra acorrenta Dakota dentro do porta malas e o tranca. Antes de voltarem viagem ela reune o povo, para uma prosa.

- Ela... Foi importante para mim, de longe, eu cuidava ela, não podia ficar tão perto... prometi a mim mesma, que eu iria protege-la de tudo e de todos. Vamos para Paris hoje, para que amanhã, não morrermos em vão. Entrem no carro, e se preparem, essa será a batalha do século!

Ema e Gary vão num carro, Reiko, Jena e Nick em outro, Cass, Pety e Ray no outro... Os motoristas aceleraram o carro. Nas cabines traseiros de cada carro, havia alto-falantes, logo Kadabra da um recado.

- Descansem, será uma longa viagem...

Antes de eles embarcarem. Kadabra colocou o corpo de  D'vã dentro do carro destruído, esparramou gasolina e tacou fogo, em 5 minutos o carro explodiu... o sonho de D'vã, era morrer queimada por todo mal que ela havia feito na terra, pois assim ela se prepáraria para oque iria vir logo após sua morte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...