História Olhos Na Noite - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Aventura, Lobos, Romance, Traição, Vampiros
Visualizações 44
Palavras 281
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá Olá... Olha eu aqui de novo... bom eu só ia postar amanhã... mais como sou boazinha vou dar um gostinho pra vocês... Seja bem-vindos a segunda temporada do Beijo Da Meia Noite.😘
Boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Eleonora

Tudo queimava, as pernas, os braços, meu peito, minha garganta, parecia que um fogo ardente me sufocava, se isso era o inferno eu bem que merecia depois de ser tão idiota. Em seguida sentir a dor, uma dor escrucidante, que era como ter várias facas cravadas em mim. Queria gritar, mais não tinha voz naquele mundo. Não sabia onde estava, mais eu não estava realmente aqui, senti algo sendo pressionado contra meu peito e… puta merda! Foi como se diversos raios me acertassem de uma só vez.

-Tem alguma coisa errada.- uma voz muito distante falava.-Ela não está respondendo Alec.- de novo meu peito foi pressionado e outra rajadas de raios me percorreram.

-Mais o que diabos aconteceu? - perguntou uma voz de um homem mais velho. Parecia tenso.

-Ela foi mordida pai.- pai? Eu estava muito longe, estava disposta a sair daquele lugar quente, mais não conseguia.

-Mais tem algo a mais. Tem alguma coisa que não se encaixa, não é só o veneno dos lupinos que correm em suas veias, alguma coisa está atrasando a mutação. Se ela não acordar vamos perde-la.- de novo alguém pressionou meu peito, mais eram mãos grandes que estavam quentes.

Em seguida uma vontade súbita de falta de ar me atingiu, fazendo meu corpo inerte debater em cima da cama.

-Ela está voltando! Continue Jace!- falou a primeira voz.

Tentei abrir os olhos e fui tomada por uma dor terrível, parecia que meus ossos estavam se quebrando, meu coração até então imóvel começou a bater em um ritmo frenético, abri a boca e inalei o ar, e aquelas mãos me abandonam. Me debati e ofeguei e fiz força pra abri os olhos e consegui.

Eu estava viva.

Eu havia voltado a vida.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.. 😘 até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...