História Olhos negros - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alfa, Alfa Lúpus, Bts Lobos, Lobo, Lobo Alfa, Lobo Alfa Lúpus, Sobrenatural, Suga Lobo, Suga Lobo Alfa, Suga Sobrenatural
Visualizações 145
Palavras 933
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi biscoitinhos vortei com mais um imagine pra vcs dessa vez do meu xuxu albino espero que vcs gostem bjj

🌸Pelo amor de Deus não sejam leitores fantasmas🌸

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Olhos negros - Capítulo 1 - Capítulo 1


Há mais perigo em teus olhos do que em vinte espadas! 

 Shakespeare



1850

Lá estava eu andando pela floresta iluminada pela luz da lua e por um pequeno lampião que eu levava em minha mão, até que eu o vi dentre as árvores na parte mais escura da floresta, aqueles olhos fixados em mim, mas eu não senti medo na verdade eu senti como se o conhece-se senti também que ele não me faria nenhum mal aqueles olhos negros me deixaram hipnotizada e então como em um passe de mágica o lobo de pelagem branca desapareceu na escuridão da floresta sem deixar rastros


Acordo assustada desde o dia que vi aquele lobo ele não sai de minha cabeça me levanto e vou até a pequena E desgastada cômoda de madeira abro uma das gavetas e de lá e tiro um de meus poucos vestidos já velhos (capa),pego um sabão e minha  escova de dente e saio de casa indo em direção a pequena cachoeira que ficava um pouco longe de casa o céu ainda estava meio escuro mais ainda assim dava pra ir, quanto mais cedo mais quente a água estaria.


{...}

Chegando lá eu me despi e entrei na água e como eu esperava ela estava quentinha 

{...}

Após meu banho eu me vesti, peguei uma cesta que levei junto  e fui em busca de frutas . Eu já tinha decorado o lugar em que algumas árvores ficavam então logo cheguei nas mesmas, algumas já estavam sem frutas,outras com frutas já passadas da fase de colher (podres) e outras estavam com flores mas apenas ela continuava lá gloriosa, aquela mangueira era diferente das outras ela dava frutas o ano todo, amarrei uma cordinha na alça de minha cesta e passei a mesma por meu pescoço logo subindo na árvore frutífera

{...}

Já havia enchido a cesta e já tinha chegado em casa, após comer algumas mangas e apanhar algumas ervas e plantas medicinais para vender e fui em direção ao povoado que era bem afastado da floresta em que eu morava, já levava comigo o meu lampião pois sabia que chegaria á noite em casa 

{...}

Já estava na cidade lá algumas pessoas tinham medo de mim, talvez porque nunca me viam pela cidade há algumas pessoas que me chamam de "a garota da floresta" outras pensam que sou um tipo de bruxa branca talvez pela aparência nada coreana (pele morena belas curvas, lábios carnudos, cabelos cacheados e longos e com um olhar marcante) e tem também os que me chamam de "deusa da floresta"

{...}

Após vender minhas ervas (A: não é maconha tá 😂)  e as plantas medicinais e comprar algumas coisas para fazer bolo e pães comprei leite e também pedaços de carne coloquei tudo na cesta e voltei para casa 

{...}

Já estava escurecendo eu estava passando por um campo estava prestes a entrar na floresta quando dentro da mesma eu vi um homem , um caçador pra ser mais específica ele estava de costas pra mim enquanto apontava uma arma para um lobo branco que estava encurralado eu nunca gostei de covardias com animais então coloquei minha cesta no chão peguei um pedaço de pau e me aproximei sorrateiramente do homem a minha frente e quando ele iria apertar o gatilho de sua espingarda eu acertei com o pedaço de pau em minha mão na cabeça do mesmo fazendo o ele cair inconsciente no chão enquanto o lobo me olhava curioso, agora mais de perto eu pude reparar ele é o mesmo lobo que eu vi aquele dia e que sumiu do nada e que vive aparecendo em meus sonhos, me aproximei do lobo me abaixando a frente do mesmo que não se moveu em momento algum, ele poderia me atacar ? Sim, mas eu sentia que ele não iria fazer isso. Aproximei minha mão até a cabeça dele recebendo um olhar curioso do mesmo e ali fiz um carinho e parece que ele gostou bastante 

Sn: é melhor que saias daqui meu amiguinho antes que o caçador acorde 

Paro com o carinho pego minha cesta acendo o lampião e assim que olho pro mesmo percebo que ele está com um machucado das costas, um grande corte na verdade , me abaixei novamente na frente do mesmo e olhei no fundo dos olhos dele 

Sn: consegues andar ? 

Ele como se tivesse intendido tudo o que eu disse levantou-se e me olhou como se respondesse minha pergunta sorri com o ato e levantei me 

Sn: venha comigo vou cuidar de ti 

Comecei a andar pela floresta e ele atrás de mim 


{...}


Chegando em casa fiz uma mistura potente de várias plantinhas ótimas para cicatrizar e passei sob o machucado do mesmo que gruniu como resposta 

Sn: sei que está doendo amiguinho mas é melhor para não ter nenhuma infecção e cicatrizar mais rápido 

Faço um carinho na cabeça do mesmo 

Sn: têns fome ?

Me levanto pego a carne que eu tinha comprado e uma vasilha de água e coloco na frente do mesmo e logo ele começa a beber e comer


Sn: pelo visto aquele homem arruinou tua caçada 

Ele olha pra mim como se falasse que sim e eu sorrio com isso 

Logo ele termina de comer e fica me olhando, faço um carinho no mesmo 

Sn: pelo que pude perceber eres um alfa 

Logo ouvimos uivos ali perto 

Sn: é melhor que volte para tua alcatéia teu povo deve de estar preocupado contigo

Abro a porta e ele sai

Sn : espero que possamos nos ver novamente

Ele olha pra trás como se falasse eu também eu sorrio e ele sai correndo em direção a floresta e novamente some na escuridão


Notas Finais


E aí galera o que acharam ?

Até o próximo capítulo se vcs quiserem que eu continue

🌸PELO AMOR DE DEUS NÃO SEJAM LEITORES FANTASMAS 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...