1. Spirit Fanfics >
  2. Ômega dos Sonhos >
  3. Primeira Vez

História Ômega dos Sonhos - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


❤️

Capítulo 9 - Primeira Vez


Fanfic / Fanfiction Ômega dos Sonhos - Capítulo 9 - Primeira Vez

-Jimin eu te conheço a muito mais tempo do que você pensa.

-Como assim?

-Você lembra do seu aniversário de 19 anos?

-Sim, Jin hyung até fez uma festa surpresa para mim, mas que que isso tem haver?

-Eu estava nessa festa.

-O que, como assim?

-Você deve não se lembrar mas... Eu sou o alfa que brigou com o Taehyung.

-Mas por que diabos vocês brigaram?

-Por você.

-O que!?

-Sim...

-Me explica isso direito.

-Eu e o Tae éramos amigos de épocas, porém eu descobri que ele gostava de você e fiquei super irritado.

-Mas por que você ficou irritado se nem gosta de mim você gostava?

-É isso que você pensa.

-Jeon eu não estou entendendo...

-Jimin eu sou apaixonado por você dês dos meus 10 anos.

-O que?

-Eu sou o famoso "Coelhinho" da sua sala de química quando você estava no fundamental.

-Não...

-Eu sempre estive contigo mesmo você não percebendo.

Minha mente estava a mil, eu já não conseguia prosseguir com meus pensamentos.

-Jeon...

-Deixa eu terminar.

-O-ok...

-Naquela noite do seu aniversário Taehyung não parava de falar que iria ficar com você, que iria fazer você o ômega dele, etc, eu já não aguentava mas ele falando disso então parti para cima dele.

-Por que não me disse? Por que não falou comigo antes?

-Eu tinha medo...

-Medo de que?

-Se você me rejeitar...

Após Jungkook dizer isso subo encima do mesmo e dou um selinho demorado e profundo nele.

-Eu sempre te amei seu bobinho dês da época que você era conhecido como "Coelhinho".

-E por que nunca falou comigo?

-Por timidez.

Jungkook aproveita que estou em seu colo e da iniciativa a um beijo, um beijo sedento, calorento, com mordidas e mãos bobas, nossas línguas brigavam por espaço, Jungkook explorava cada canto de minha boca e eu fazia o mesmo. O quarto começou a ficar quente e nossas respirações ofegante, Jungkook para o beijo para tirar sua camisa e logo eu também tiro a minha. Jungkook me deita na cama e fica por cima de mim distribuindo chupões seguidos de mordidas em meu pescoço.

-Aah... Ju-Jung...

Naquele momento meu buraquinho já se encontrava totalmente encharcado e meu membro totalmente duro.

-Tá doendo...

-Então eu resolvo isso para você pequeno.

Jungkook vai descendo seus beijos até chegar na barra de minha calça moletom, logo o mesmo tira minha calça assim levando junto minha box.

-Tá doendo, tá?

-Sim.

-É aqui?

Jungkook passa seu indicativo em minha cabecinha já molhada pelo meu pré gozo.

-Aah Jung...

Jungkook sem nem avisar abocanha meu membro fazendo assim eu soltar um gemido alto e manhoso.

-Jung...

Jungkook da iniciativa aos seus movimentos de vai e vem com sua boca e com uma de suas mãos vai massageado minha entradinha encharcada. Jungkook para seus movimentos recebendo de mim um olhar de reprovação.

-Calma Jiminnie, eu não terminei...

Jungkook começa a passar sua língua em minha cabecinha avermelhada, arrancando de mim altos e manhosos gemidos.

-Aah daddy...

-Você gosta disso Park?

Jungkook deposita um tapa em minha nádega direita arrancando de mim um gemido alto de dor e prazer.

-Jung... Eu quero...

-Você tem certeza disso?

-Sim... Está doendo muito...

-Jimin eu não sei se é o momento certo...

-Jung tá doendo!!!

-Por favor não se arrependa.

Jungkook rapidamente tira suas peças e fica entre minhas pernas.

-Tem certeza disso?

-Sim.

Jungkook começa a passar a cabeça de seu  membro já ereto em minha entradinha encharcada.

-Jung... Vai logo...

-Ok.

Jungkook vai empurrando seu membro devagar para mim não sentir tanta dor, porém não adiantou muito. A dor era horrível, uma queimação sem igual, não aguentei e acabei derrubando uma lágrima solitária.

-Desculpa por isso meu amor (Seca minha lágrima).

-Tudo bem...

Jungkook deposita um beijo em meu abdômen e logo da iniciativa de seus movimentos lentos e doloridos de vai e vem. Eu agarro fortemente os travesseiros ao meu redor por conta da dor.

-Quer que eu pare?

-Não.

Depois de minutos de sofrimento eu acabo esquecendo a dor e dando lugar ao prazer. Jungkook perceber que eu já me acostumei e então começa a acelerar seus movimentos. Eu agarro as costas do mesmo entendo dava leve chupões em seu pescoço.

-Aah Jimin... Você é tão apertadinho.

-Daddy vai mais rápido!

Assim como eu pedi Jungkook acelera seus movimentos e acaba acertado meu ponto sensível.

-Aah daddy... Ai de novo...

-Parece que eu achei seu ponto fraco né Chimminnie.

Jungkook começa a acertar várias e várias vezes meu pontinho sensível. Eu está prestes a chegar ao meu orgasmo quando Jungkook deposita mais um tapa em minha nádega, não aguentei por muito tempo e acabo se desmanchando em meu próprio abdômen e Jungkook dentro de mim. Após chegarmos aos nossos limites Jungkook se joga ao meu lado ofegante e suado.

-Doeu muito?

-Não pergunte que eu fico envergonhado.

Boto minhas mãos sobre o rosto para esconder minhas bochechas coradas. Jungkook tirar minhas mãos de meu rosto e me dá um selinho demorado.

-Precisamos de um banho.

-Urgente kkk.

(Quebra de Tempo)

Após eu e Jungkook terminarmos o banhoe comermos a pizza fomos observa um pouco as estrelas.

-Aquela ali é a mais brilhante!

-Não é aquela ali! (Aponto)

-Não... A mais brilhante é você.

-Aigo... Assim eu fico com vergonha... (Coro)

-Ai meu deuso... Tão fofo...

Jungkook estava prestes a me beijar quando meu telefone toca.

-Que saco!

           Chamada de Vídeo...

-Jimin!

-Jin hyung! Por que diabos ligou?

-Também estou feliz por te ver tá!

-Kkk, esse aí é o Yoon?

-Sim, ele está dormindo.

-Melhor nem acorda ele.

-Também acho kk, mas então como estão as coisas por aí?

-Tá tudo bem, Jungkook bateu no Jay, Taehyung veio entregar minhas pizza...

-Como assim? Quero cada detalhe!

-Jungkook e Jay brigaram aí a gente veio por hotel e pedimos uma pizza e por acaso o entregador era o Tae.

-Mas ele num tava em Busan?

-Foi isso que eu pensei, mas ele falou não deu muitos detalhes simplesmente falou que era uma longa história.

-Jimin...

-Que foi hyung?

-Que marcas são essas no seu pescoço?

Fodeoooo finje demência!

-Que pescoço?

Não era pra tanto!

-Jimin mochi não minta para mim!

-Aah essas marcas... São... Eeh...

-Passa pro Jungkook.

-Ok.

-Jão cú!!!

-Ooi Jin.

-O que você fez com o meu pequeno? Sem mentiras!

-A gente transou (diz simplista).

-Jungkook!

-Mas o que?! (Pergunta Jin desacreditado)

-Jin a ligação está caindo...

Desligo na cara do mesmo.

-Jungkook eu te mato!

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse "Hot" se é que se pode ser chamado assim.❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...