História Ômega Oculto - Jikook - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bangtan Boys (BTS), Chanyeol Alfa, Gay, Hyungsik, Jikook, Jikook Abo, Jimin, Jimin Ômegas, Jimin!bottom, Jungkook, Jungkook Alfa, Jungkook!top, Kookmin, Kpop, Lgbt, Mpreg, Park Chanyeol, Park Hyungsik, Romance, Tae Bottom!, Taegi, Taegi Abo, Taehyung Ômega, Taehyung!bottom, Universo Alternativo, Yaoi, Yoongi Alfa, Yoongi!top
Visualizações 653
Palavras 1.692
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Capítulo 13


09 de Novembro

Segunda-feira.

Pela manhã, Jungkook e Jimin, pegaram o voo por volta das oito da manhã para retornarem para Seul. Assim que chegaram.. o Park pediu para o Jeon não ir para o escritório hoje, devido o cansaço da viagem e do fim de semana. Jungkook sorriu e fez a vontade do loiro. Jimin o deixou em casa, e na hora da despedida, é claro, Jungkook o beijou ali mesmo deixando o menor corado e com um sorriso bobo.

Depois do que havia acontecido, depois do pedido do Jeon e a aceitação do Park, passaram o domingo todo juntos, se divertindo e fazendo pequenos tuor's por Busan. Jimin parecia mais aliviado e Jungkook também, por finalmente estarem em um nível de intimidade maior e sem medo, a única coisa que Jimin o pedia era para serem discretos a partir dali, não queria por seu relacionamento com o secretário a exposição, não agora, e Jungkook concordou com aquilo.

Assim que o moreno havia entrando em seu apartamento se surpreendeu ao ver que tudo estava em seu devido lugar, Yoongi havia cuidado bem do apartamento o tempo em que esteve fora, não havia cheiro de um outro alguém alí a não ser o Hortelã bem fraco do mais velho. O Jeon achou milagre em não ver Yoongi ali, dormindo ou invadindo sua cozinha, mesmo ele tendo seu próprio apartamento insistia em ficar no de Jungkook, e o moreno não sabia o porquê. Talvez seja porque ele achava mais confortável.

Então desfez suas malas, colocando as roupas sujas no cesto e as que não usou voltou a guardar. Ainda estava cedo eram apenas dez da manhã, então pensou em fazer uma ligação antes de descansar.

ㅡ Alô? ㅡ atendeu.

ㅡ Hyung, sou eu, como vai? ㅡ Perguntou sorrindo.

ㅡ Kook? Poxa pensei que iria falar mais comigo. ㅡ Yoongi ficou contente aquela hora. ㅡ E aí, já voltou?

ㅡ Sim, cheguei apenas há alguns minutos atrás. Obrigado por cuidar do apartamento pra mim e por não trepa com alguém aqui. ㅡ Riu.

ㅡ Não vou falar nada com você, Jungkook. Puta merda. ㅡ Revirou os olhos .ㅡ Como foi a viagem? E o Jimin?

ㅡ Foi tranquila, ele já resolveu o que tinha para fazer. Agora, sobre nós dois… bem, eu o beijei e… poxa acho que nunca desejei tanto alguém na minha vida, Hyung. ㅡ Respondeu meigo e com o rosto corado.

ㅡ Uy, olha só, Jeon Jungkook apaixonado? Notícia do ano, e milagre do século! ㅡ Começou a rir. ㅡ Vocês estão juntos?

ㅡ Sim, nós estamos, mas ele quer que esse relacionamento seja discreto. Mas e você?

ㅡ O que tem eu?

ㅡ Você e o Taehyung estão desenrolando a fita?

ㅡ Digamos que sim, tivemos um encontro no sábado, e nos pegarmos gostoso.

ㅡ TRANSARAM!?

ㅡ Ai meu ouvido porra! Não, a gente não transou, só foi uma pegada e beijos gostosos.

ㅡ Safado. Mas vocês…

ㅡ Sim, estamos.

ㅡ MILAGRE DOS TEMPOS!

ㅡ Jungkook, se você gritar na porra desse telefone outra vez, juro que eu te mato.

ㅡ Me desculpe Hyung, é que eu fiquei surpreso. ㅡ Riu. ㅡ Hyung, eu vou dormir preciso descansar, falo com você depois.

ㅡ Ok, eu também estou ocupado, porque você atrapalhou eu terminar o quadro do Tae!

ㅡ Quadro? Do Taehyung? Humm. ㅡ foi malicioso. ㅡ Foi estilo Rose do Titanic?

ㅡ Bem que eu queria, mas não. Agora me deixa terminar minha arte!

Desligou o telefone na cara do mais novo. É a cara do Yoongi fazer isso.


10 de Novembro

Terça-feira


Jimin estava distraído em sua sala lendo algum tipo de relatório de empresa, quando sentiu seu corpo ser puxado para trás e seus lábios serem tomados pelos do Alfa. Jimin sorriu ao ver que era Jungkook, e apenas seguiu seu beijo calmo e doce.

ㅡ Bom dia. ㅡ Disse parando de o beijar, e o olhou com um sorriso.

ㅡ Está atrasado.

ㅡ Eu sei, me perdoe por isso.

ㅡ Tudo bem. O que tem pra mim hoje?

ㅡ Apenas um almoço com seus irmãos, a reserva já foi feita por HyungSik.

ㅡ Verdade, o Hyung voltou hoje. ㅡ Sorriu. ㅡ obrigado por me avisar, são tantas coisas que eu acabo me esquecendo.

ㅡ Pois é, bebê. É meu trabalho, agora me deixe ir pra minha mesa. ㅡ Jungkook deixo um beijo nos lábios do menor o deixando corado.

ㅡ Jungkook, não faça isso. ㅡ Riu tímido. ㅡ Não podem nos ver.

ㅡ Não nesse horário.

Jungkook saiu da sala do arquiteto voltando para sua mesa, mesmo agora namorando o patrão, isso não o impedia de fazer seu trabalho como secretário/assistente pessoal.

….

Na hora do almoço Jimin havia saído para a marca que tinha com seus irmãos no restaurante. Jungkook saiu dali e caminhou até o corredor para tomar água, ele não estava com fome, mas queria aproveitar seu intervalo tranquilamente.

Assim que encheu seu copo descartável de água encontrou logo Taehyung se aproximando do bebedouro com uma péssima cara.

ㅡ Oi Taehyung, como vai?

ㅡ Vou bem kook, e você?

Taehyung não estava nada bem, e Jungkook percebeu isso, ele tocou a testa do ômega percebendo que sua temperatura não estava normal.

ㅡ Bem? Cara, você tá péssimo e… ㅡ Jungkook não percebeu artes, mas os feromônios do Kim estavam mais aparentes que o normal. ㅡ Tae, você por acaso está entrando no cio?

ㅡ Estou.. ㅡ admitiu.

ㅡ É você veio trabalhar nesse estado?!

ㅡ Ainda está no início, kook, ainda dá pra trabalhar.

ㅡ Trabalhar o cassete, Taehyung!. Isso é perigoso, sabe que podem te estuprar na rua por causa disso.  ㅡ O olhou. ㅡ Peça o Chanyeol pra você ir pra casa, não fiquei perto de alfas, principalmente de mim. Mesmo seu cheiro sendo enjoativo pra mim no cio ele muda, Taehyung. Meu Deus, não quero me sentir atraído por você.

ㅡ Você acha que eu deveria está em casa? ㅡ Perguntou tomando sua água.

ㅡ Deveria não, você deve. Seu cheiro já está começando a me deixar um pouco tonto. Pegue suas coisas, eu aviso o Chanyeol que você não está bem. ㅡ O Jeon já estava começando a se preocupar.

ㅡ Faria isso? ㅡ O olhou.

ㅡ Sim, você é meu amigo e namorado do meu melhor amigo. ㅡ Riu.

ㅡ Ok, obrigado por me ajudar, Jungkook. Ah, e mais uma coisa, não conte sobre isso pro Yoongi.

ㅡ Tudo bem, eu não falo, mas vá pra casa.

Taehyung assentiu e voltou para sua mesa para arrumar suas coisas. Ele deixou uma carta para o outro Park, explicado suas condições físicas. Jungkook também iria dar explicações sobre o ômega.

Taehyung o pediu para não dizer nada a respeito do seu ciclo sexual, mas não adiantaria muita coisa, Yoongi de qualquer forma iria sentir o cheiro do Kim mesmo ele estando longe.


20:00h


O Jeon se preparava para ir pra casa, vestiu seu casaco, na verdade, seu sobre tudo na cor preta por causa do frio que fazia lá fora.

Mas antes de ir pra casa ele foi até a sala do ômega. Jimin o olhou entrar e sorriu. Jungkook o pegou pela cintura, o sentado em sua mesa, se encaixando logo entre as pernas do menor. Jimin sorriu e rodeou seus braços ao redor do pescoço do mais alto. Jungkook então o beijou, deixando o Park puxar levemente os fios ralos de sua nuca, o Jeon sorriu contra os lábios do outro, pois aquilo lhe causava cócegas.

ㅡ Temos que para de fazer isso? ㅡ Disse em meio ao beijo.

ㅡ Parar por quê, bebê? ㅡ Jungkook o perguntou, deixando uma pequena mordida nos lábios do mesmo. ㅡ Sua boca se tornou um vício pra mim.

O Jeon sorriu e deu profundidade naquele beijo, afrouxou a gravata do loiro e desfez aquele nó, fazendo a mesma se deslizar até o chão, logo desfez quatro botões da camisa azul bebê do ômega. Seus lábios desceram para seu pescoço, beijando suavemente a pele arrepiada do Park, o fazendo deixar escapar um pequeno gemido.

ㅡ Jungkook.. aqui não. ㅡ Deixou uma pequena risada escapar.

ㅡ Por que não? ㅡ O mordeu bem de leve. ㅡ Não te disseram que o perigo é o melhor, Park?

As mãos do Alfa foram para as nádegas do ômega e a apertou com gosto, fazendo este arfar e corar. Pode não parecer, mas o Jeon adorava provocar o arquiteto com aquela tensão sexual. Jimin estaria mentindo se dissesse que não estava gostando do jeito atrevido do secretário.

ㅡ Sim, sei que o perigo é gostoso, mas é melhor você parar, o Chan está vindo pra cá. ㅡ  Jimin havia sentindo o cheiro do mais velho.

Um minuto depois, o segundo irmão mais velho do loiro havia entrado no escritório do irmão mais novo, e encontrou ali o mesmo e o secretário de frente ao outro, normalmente. Os dois soube disfarçar bem.

ㅡ Jiminie, vamos?

ㅡ Sim hyung, eu só estava conversando uma coisa com o Jeon.

ㅡ Sei.. ㅡ estranhou. ㅡ O carro nos espera. Jungkook, aceita uma carona?

ㅡ Se não for incomodo, aceito.  ㅡ Sorriu.

ㅡ Ele vai com agente?! ㅡ Hyungsik apareceu do nada na porta do escritório.

ㅡ Há algum problema, Hyung? ㅡ Chanyeol o olhou.

Jimin riu.

ㅡ Ele não gosta muito do Jungkook, Chan. Vamos logo.

ㅡ Eu não disse isso, só disse que não confio nele. ㅡ Revirou os olhos seguindo para o elevador.

Jimin e Jungkook se olharam e riram discretamente, seguindo para o elevador.

ㅡ Não esquenta, é só ciúmes do Sik ㅡ o loiro sussurrou para o moreno.

ㅡ É, eu percebi, ele é sempre assim?

ㅡ Sim, vá se acostumando.

ㅡ Jimin, apertando o passo! ㅡ O mais velho o chamou já dentro do elevador.

ㅡ Tá vendo. ㅡ Olhou para Jungkook.

Entraram no elevador e desceram todos até a entrada da empresa, onde o chofer os esperava com o carro. Entraram.. e foram.

Minutos depois deixaram Jungkook enfrente seu apartamento. Assim que o Jeon saiu começou a rir, porque Hyungsik não tirava os olhos de cima dele e do Park mais novo. Ciúmes de irmãos é natural, ainda mais quando se é bonito e chamativo como Park Jimin.


Notas Finais


Conta pra ele Jungkook!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...