História Ômegas Revoltados - Jikook Cellps e Mitw (ABO) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Bangtan Boys (BTS), Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Matheus Neves "Pk Regular Game", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft, Thiago Elias "Calango"
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Cauê Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felps, J-hope, Jimin, Jin, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Jungkook, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Matheus Neves, Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange, Rap Monster, Suga, Thiago Elias "Calango", V
Visualizações 175
Palavras 2.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpa eu não consegui postar ontem, então estou postando hoje


e como forma de desculpa no Sábado sairá um capitulo e no domingo saíram três.



Desculpa de novo
(Capitulo não revisado)
Boa Leitura

Capítulo 7 - Capitulo 6 - Briga


Pov. Cellbit

Após entrar, eu percebo que meu colega já havia indo para o quarto, mas o mesmo não se encontrava no quarto no momento, então como ele já havia escolhido uma cama e peguei a cama que havia sobrado. O quarto era bonito, era bem simples tinham duas camas de casal, duas escrivaninhas, algumas prateleiras em cima da escrivaninha, dois guarda roupas, uma porta que dava no banheiro, o quarto era de um azul ciano bem claro, ou seja, um quarto bem simples que eu particularmente gostei.

Após alguns momentos examinando o quarto, eu entro e deixo minhas malas em um canto perto de minha cama, e após me aproximar da escrivaninha, eu percebo que haviam deixados nossos livros sobre as mesmas, mas não eram simples livros, eram os livros que nós usaríamos para aprender as magias, haviam vários livros com letras diferentes das conhecidas neste mundo, era parecida com runas. Assim que eu noto isso flashes de memoria

 

“– Seus inúteis nem para isso servem – Disse a pessoa encapuzada e dava para ver em seu tom de voz que ele estava muito irritado ele pega um pouco de agua e um papel onde ele desenha runas muito bem conhecidas por mim e....”

 

 “Eu acabei de levar um tapa na cara e para pirar, meu rosto ainda possuía alguns cortes fundos e com isso faz dor se tornar algo muito pior do que se fosse, apenas ele me dando um tapa”

 

“Minha voz se esvairia, não aguentava mais ver aquela cena, eu preferiria ser torturado para sempre do que ver essa cena, as lagrimas tomavam conta de meu rosto e com isso os cortes, que acabaram de ser feitos, ardem, eu não aguentava ver isso e eu sei que ele está fazendo isso por saber que é um dos poucos jeito de me a......”

 

Após alguns minutos esses flashes para e mesmo que eu não quisesse meu rosto já estava inundado de lágrimas, assim que me acalmei eu limpo o rosto e deixo minhas coisas arrumadas e decido sair do quarto e encontrar Pac e Jimin. Eu mal sai de meu quarto e eu já me deparo com eles na porta de meu quarto.

- Cellbit você está bem? – Perguntou Pac, mas ele já sabia que eu não estava

- Estou – Menti mesmo sabendo que eles já deveriam saber que eu havia mentido.

- Certo – Disse Jimin – Você está bem e Stanford é o melhor lugar do mundo e eu queria vir para cá mais do que tudo – Disse Jimin sendo irônico.

- Tá eu estou mais ou menos – Disse – Depois conto

- Combinado agora vamos “conhecer” Stanford – Disse Pac fazendo aspas com os dedos na parte conhecer por que nós já conhecemos Stanford, mas como ninguém sabe nós temos de fingir que essa é nossa primeira vez aqui.

Nós ficamos caminhando por ai, nós almoçamos com os meinos, após o almoço nós voltamos a caminhar e as vezes parávamos embaixo de uma arvore, escutando o lindo canto dos pássaro, as paisagem de Stanford, eu até diria que se eu não tivesse más experiencia, eu até poderia considerar Stanford um lugar legal e bonito, mas como a vida e a vida nós não podemos mudar nada, eu estava considerando o dia até que muito bom, pois eu  tinha certeza que qualquer coisa causaria uma lembrança, mas até que não, claro que haviam momentos de lembranças mais até o momento nada muito pesado, e lá estávamos nós caminhando ou sentados em um lugar bonito e isolado, escutando os pássaro e as vezes cantando um pouco, é nós não gostamos muito de cantar ou dançar na frente dos outros, mesmo tendo tido a sorte de ter puxado os dons de minha Omma, o que era incrível é que havíamos escolhido artes com “Careira” como temos dinheiro não terá problema se nós não fizermos nada, nós só escolhemos algo que contamos e pronto estaremos fazendo mesmo sabendo que um dia teremos de assumir a empresa de meus pais, não estou reocupado, pois tenho Pac e Jimin porque se não será apenas um que assumira, assumiram os três juntos como uma equipe que sempre fomos.

Eu estava imerso em pensamentos quando minha visão é mudada para um pássaro que havia caído com a asa quebrada, então vou até ele, com isso Pac e Jimin, que até o momento não haviam notado o pássaro ferido, apenas me seguem, eu vou até o pássaro e com cuidado o pego e checo suas asas, as duas estavam quebradas

- As asas estão quebradas – Comentei

- Meu deus, que dó dele – Disse Pac – Temos de ajuda-lo

- E nós vamos – Disse Jimin

- Certo – Disse coloquei ele no chão e nós formamos um círculo em volta do pequenos e começamos a recitar o feitiço e algumas runas apareceram no ar, o pequeno ser que se encontrava no meio de nos começou a brilhar e a flutuar, após alguns segundos o pássaro retorna ao chão com a asa muito melhor

- Pronto – Disse – Agora pode voltar ao normal – Disse, mas o pássaro nem se move – O caralho eu falei para voltar ao normal – Disse e o pássaro começa a crescer e virar um menino

- Olá – Disse o menino – É bom ver vocês

- Gostaria de poder dizer o mesmo – Disse Jimin e fez aparecer uma bola de fogo normal do tamanho de sua mão – Vamos, quem é você? Bom ou mal? – Disse Jimin desconfiado

- Bom, não se preocupe Jimin, sou eu e não ele – Disse calmo e eu sei que ele não está mentindo

- Cellbit? – Perguntou Pac aflito

- Ele está falando a verdade – Disse tranquilo e Jimin fez a bola de fogo desaparecer

- É bom ver vocês de novo – Disse ele

- Também é bom te ver, mas por hora você sabe, você tem que ficar longe de nós, ele pode acabar nos achando se você ficar perto – Disse a ele

- Eu sei, mas será um pequeno problema, eu estudo aqui – Disse ele e isso nós preocupou um pouco

- Primeiro ou segundo? – Perguntou Pac

- Segundo – Respondeu

- Menos mal, nós somos do primeiro – Disse Jimin

- Tá certo, agora eu tenho que ir, tenho que ir na diretoria ver o tio de você, e explicar o porquê de eu não comparecer na “Cerimonia de Entrada” – Disse ele e saiu correndo antes que nós falsemos algo.

Nós ficamos sentados o reto do dia e foi um dia bom era o que eu pensava até que chegou a hora do jantar.

- Oi – Disse me sentando

- Olá – Disse Jin – Onde vocês ficaram o dia inteiro eu os procurei por todos os lugares daqui e não os achei – Disse Jin

- Jin, eu já falei para não se preocupar com eles, isso é uma mania deles, somem e depois voltam como se nada tivesse acontecido – Disse Tae

- É verdade – Concordou Yoongi

- Iai, novidade? – Perguntou Tae

- Não – respondemos eu, Pac, Jimin, Suga e Hobi juntos e nós rimos

- Eu só tenho que avisar para não se meterem com os populares – Disse Jin – Eles são muito chatos e pervertidos – Disse

- São aqueles – Hobi Apontou para uma mesa cheia de pessoas em volta

- Sim – Respondeu Jin – E eu fiquei com o infeliz do Kim Namjoon, e adivinha eles foram todos no meu quarto, eles são muito pervertidos, a única coisa que eu sei é que no grupo dos populares são apenas Alfas – Disse Jin

- Você sabe os nomes? – Perguntou Tae

- Sim o mais velho é o Kim Namjoon, sendo da 4º família mais rica do mundo, o segundo ou os segundos por assim dizer são Felipe Z., Mikhael Línnyker e Jeon Jungkook, sendo da 2º mais rica do mundo e João Vitor sendo da 4º família mais rica do mundo – disse Jin, é até que é um grupo bem “grande” em questão de fama.

- É até que eles são importantes – Disse Tae – Mas eu acho que se nós quisermos, uma coisa que não queremos, nós ganharíamos deles. – Disse e eu o deu um olhar repreendedor

- Ué, porque? – Perguntou Jin

- Simples nós conhecemos pessoas da familia que está em 1º no ranking das famílias mais ricas – Disse Tae

- É verdade – Disse Suga, não até você

- Como vocês conhecem? – Perguntou Jin e Hobi ao mesmo tempo

- Nós conhecemos os filhos da Rebeca Pacagnan Lange e do Pak Chi-Hwa – Disse Suga como se não fosse nada

- Como? – Perguntou Hobi perplexo – Ninguém conhece eles, os pais deles nunca os mostraram em público, eles são mistério

- A eles estudam nessa faculdade mais eles não gostam de se expor – Disse Tae

- É verdade – Disse Suga

- Vamos pegar algo para comer – Disse a meus irmãos, pois os meninos já estavam comendo e eu não queria mais os escutar falando de nós, eles sabem muito bem que não gostamos quando o assunto e nossa família

- Certo – Disseram os dois, nós caminhamos para pegar algo para comer quando três Alfas esbaram em nós e quase nos derrubam

- Oh seus idiotas olhem por onde andam – Disse um dos alfas, ele era moreno com os cabelos encaracolados

- Eu acho que não somos nós que esbaramos em vocês, foram vocês que esbararam em nós – Disse a eles – Eu acho que vocês deveriam usa óculos já que a visão de vocês está um pouco falha – disse com deboche presente em minha voz – E com essa falta de visão não conseguem nem enxergar o que está na frente de vocês, e perceberem que a culpa é de vocês e não nossa, vocês são tão idiotas – Disse e a essa hora eles já estavam vermelhos de raiva

- O que você disse? – Perguntou o outro esse era moreno e usava óculos.

- Que vocês são idiotas – Disse Pac – E acho que surdos também né – Disse os desafiando

- Vocês sabem com quem estão falando – Perguntou o último ele era moreno e me eu diria que ele é asiático

- Sabemos muito bem – Disse Jimin e eles sorriram vitoriosos, mas logo as faces vitoriosas são substituídas por faces com raiva, quando o Jimin continua sua frase – Vocês são um bando de idiotas, que se acham só por serem Alfas, mas é claro que não simples Alfas, Alfas Lúpus vocês acham que podem mandar Ômegas e que eles são ou tem de submissos a vocês, pois lá vai uma informação a vocês nós não somos e nem pretendemos ser, aqui é uma faculdade onde mostra isso, os Ômegas são tão importantes quanto vocês, Alfas e não só os ômegas os Betas também, então por favor né, pare com isso – Disse Jimin e assim que ele termina quase todos o aplaudem

- Quem vocês pensam que são? – Disse o Alfa moreno pergunta usando sua voz de Alfa Lúpus que é mais potente que de um Alfa normal, fazendo todos se encolherem e nós teria feito ter de fingir, se não estivéssemos tão irritados. E é isso mesmo fingir, nós não somos qualquer tipo de Ômega, nós não somos “atingidos” pela voz de um Alfa. Ela não nós afetava, e nós sabíamos o motivo.

- A por favor me poupe, vai usar a voz de Alfa Lúpus e isso que vocês sempre fazem não é, são desafiados e não tem como fugir então vocês apelam, típico não sabem como se defenderem – Disse com deboche o que fez todos menos o Batista nós olharem com um espanto no rosto

- C-como? – Perguntou o Alfa de óculos na nossa frente com um tom de surpresa

- Até isso vocês não entendem? - disse Pac – Meu deus, dei-me paciência que assim eu não irei aguentar, é simples nenhuma voz de Alfa nós afeta, vamos não é difícil de entender – Disse Pac irritado e os Alfas voltaram a se irritar

- Vocês não sabem mesmo com quem estão se metendo – Disse o Alfa asiático

- Com gente importante eu acho que não é por que se não eu me lembraria – Disse a eles

- Nós somos importantes – Disse o de óculos – Eu sou Mikhael Línniker e esse é Felipe Z – Disse ele apontando para o moreno – E esse é o Jeon Jungkook – disse apontando para o menino asiático – Nós somos da 2º família mais rica do mundo – Disse como se eles fossem superiores a nós – E vocês quem são? – Perguntou ele pensando que era melhor que nós

- Nossa que incrível vocês são filhos dos Jeon’s – Disse finguindo estar impressionado – Meu Deus o que aconteceu com vocês, por que diferente de vocês, seus pais são uns amores de pessoa – Disse e eles nos olham confusos – Sim nós conhecemos seus pais e diferentes de vocês três, nós sabemos quem são seus pais e a seus avós, seus tio, nós conhecemos sua família – disse os surpreendendo – E só mais uma coisa nós somos Rafael Lange, esse é Tarik Pacagnan – disse apontando para Pac – e esse é Park Jimin – disse e todos menos nossos amigos nos olham com admiração. Aí você me pregunta porquê?  Simples nós fomos considerados as pessoas mais inteligente da atualidade.

- E se agora vocês dão licença, nós vamos fazer coisas mais importantes do que perder com você – Disse Jimin e nós saímos de lá e fomos pegar nossas comidas e depois voltamos a nossa mesa para comer

 

 

Continua......


Notas Finais


Gente eu irei dar algumas alteradas nós capítulos anteriores, mas não se preocupem será apenas corrigindo algumas informações, palavras erradas, alguma parte que ficou sem sentido, a historia continuaram a mesma.


Favoritem e comentem se quiserem
Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...