História Omelas - Night By Night - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Shipps
Visualizações 22
Palavras 952
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela demora! Não andava conseguindo escrever, mas, espero que gostem do capítulo.

Capítulo 12 - New Life


Fanfic / Fanfiction Omelas - Night By Night - Capítulo 12 - New Life

Faziam alguns minutos que eu estava deitado. Eu e JungKook já havíamos jantado. Foi algo um tanto silencioso, porém, não foi totalmente desconfortável. Ele havia contado que trabalha em uma cafeteria, e havia terminado um relacionamento há pouco tempo. Eu estava olhando para o teto do quarto de hospedes, cantarolando uma música que minha mãe costumava cantar para mim dormir. Eu sentia falta dela. O calor de seu abraço fazia uma imensa falta, e eu ainda me perguntava se ela ainda lembrava de mim. É normal ter essa insegurança quando fazem mais ou menos três anos que você sumiu.

 

Fui tirado de meus devaneios quando ouvi batidas na porta. Puxei o cobertor para mais perto de meu corpo, pedindo que entrasse.

 

-Jimin?- JungKook chama, colocando a cabeça para dentro do quarto. Olhei para o mesmo, que mostrava um sorriso simpático no rosto.

 

-Aconteceu alguma coisa?- Perguntei, olhando-o. Ele parecia estar pronto para deitar, me perguntava o que estaria fazendo ali.

 

-Você precisa de alguma coisa?- Perguntou, adentrando o quarto, antes de se sentar no pé da cama.  Neguei silenciosamente, olhando no fundo de suas orbes negras. O olhar dele parecia algo profundo. Inacreditável. -Como se sente deitando-se em uma cama descente depois de praticamente três anos dormindo naquele colchão?- Perguntou o moreno, sorrindo minimamente.

 

Permaneci olhando para ele, antes de olhar para baixo, pensativo. Depois de chegar naquele local, passei todos aqueles anos pensando que talvez eu nunca sairia de lá. Desde que eu era pequeno, Omelas fora algo que me deixava completamente curioso. Mas, a realidade daquele local, e tudo que vivi lá dentro são provas de que, ás vezes a curiosidade pode ser algo indesejável. Por fim, voltei a olhá-lo, soltando um suspiro.

 

-Minhas costas agradecem.- Sorri, voltando a encostar minha cabeça nos travesseiros macios que se encontravam na cama. JungKook sorriu, ainda me olhando.

 

-Como você foi parar naquele lugar, Jimin?- Perguntou, sentando um pouco mais perto, mas, ainda não estava próximo. Pensei um pouco, tentando me recordar como fui parar em Omelas.

 

-Eu queria saber explicar como que eu cheguei até lá. Mas, não me lembro. Lembro que dormi, e acordei lá, deitado naquela cama que você mesmo viu.- Olho para um canto qualquer, chegando á conclusão de que era realmente apenas aquilo que eu conseguia me recordar. JungKook assentiu, ainda me olhando.

 

-Entendi... Não quero que fique pensando muito nisso... O que importa é que você conseguiu sair de lá.- Sorriu, levantando-se. Sorri pequeno, concordando. -Precisa de alguma coisa?- Perguntou, andando até a porta, antes de abri-la, e se virar, olhando para mim. Neguei, colocando o cobertor em frente ao meu rosto, deixando apenas meus olhos á mostra. -Okay... Bom... Durma bem, Jimin!- Disse, ameaçando fechar a porta, porém, voltou a abri-la quando eu o chamei, fazendo-o voltar a me olhar.

 

-Sim?- Perguntou, me olhando. Olhei mais uma vez para suas orbes escuras, e não deixei de sorrir. Sentia-me grato.

 

-Obrigado por me tirar de lá...- Disse, um tanto envergonhado. Parece ter sido algo dificil conseguir me tirar de lá. -Espero algum dia poder te agradecer da forma correta.- Complementei, por fim, sorrindo minimamente. Ele sorriu, mostrando seus dentes semelhantes á um coelho.

 

-Você não precisa agradecer, Jimin. Foi inevitável não tirar você de um local como aquele.- Falou piscando um olho, antes de fechar a porta, deixando-me sozinho novamente. Terminei de me organizar para dormir, antes de desligar a luz do abajur que havia em cima do criado mudo, e suspirar, não demorando muito para dormir.

 

---//---//---

 

      Já era passado das dez da manhã quando acordei. A luz que vinha da janela incomodava meus olhos, e eu me xingava mentalmente por ter acordado tão tarde estando na casa de outra pessoa. Grade falta de respeito da minha parte.

 

Me levantei, coçando meus olhos, e me olhei no espelho que havia ao lado do guarda roupas. Meu rosto estava inchado, e meu cabelo desarrumado. Eu não podia aparecer assim na frente de JungKook. Abri a porta do quarto, e coloquei apenas a minha cabeça para fora, olhando para os dois lados. Assim que percebi que Jeon não estava por ali, saí do quarto ás pressas, na tentativa de chegar até o banheiro. Porém, quando passei pela sala, lá estava ele, sentado, vendo algo em seu celular. Infelizmente, o mesmo percebeu minha presença, e me olhou, mostrando um sorriso pequeno.

 

-Bom dia, Jimin!- Disse, sorrindo. O olhei, piscando algumas vezes. Eu realmente não queria que ele me visse depois de recém acordar.

 

-Bom dia...- Olho para baixo, antes de ir caminhando até o banheiro. Me olho no espelho, antes de abrir a torneira, e lavar meu rosto. Procurei por uma escova de dentes reserva, e, assim que achei, escovei meus dentes. Eu ainda me sentia um pouco cansado, e, mesmo que não quisesse, deveria ficar acordado.

 

Assim que saí do banheiro, depois de fazer minhas higienes, fui até a cozinha, onde JungKook estava;

 

-Me desculpe não te cumprimentar direito antes, eu realmente não queria que me visse daquele jeito, recém acordado.- Digo me sentado na mesa, que estava arrumada para o café da manhã.

 

-Não se preocupe.- Disse, pegando um pedaço de pão. -Está com fome?- Sorriu, me olhando.

 

-Um pouco.- Admiti, envergonhado. Ele sorriu, e se levantou, indo até o fogão -que eu nem tinha visto que estava ligado- E tirou uma panqueca da frigideira, antes de levar até o meu prato.

 

-Bom apetite!- Sorriu, largando a frigideira na pia, antes de voltar para o seu lugar. Então, comemos silenciosamente, apenas com os barulhos vindos do lado de fora da casa. Nosso silêncio nunca era algo enjoativo. Era mais algo confortável. Mas, eu realmente esperava que algum dia pudéssemos substituir esse silêncio por uma conversa entre amigos.


Notas Finais


Até o próximo capítulo! <3 <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...