História On Shot-Mark Tuan - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Tags Briga, Discussão, Got7, Hentai, Mark Tuan, On-shot
Visualizações 175
Palavras 996
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha primeira fanfic,na verdade On Shot espero que gostem do meu estilo de escrita, pois assim eu poderia escrever mais pra vocês...

Espero que gostem!!
❤❤❤

Capítulo 1 - Possessivo Demais Mark!


Fanfic / Fanfiction On Shot-Mark Tuan - Capítulo 1 - Possessivo Demais Mark!

°S/N On°

°Sábado 22:45°

Eu passava pela sala vendo mark assistindo no sofá à um filme de ação. Mark é meu namorado dês de o último ano da escola, ele sempre foi muito legal e bonito; Mark fez faculdade na Europa de direito,durante esse tempo eu fiquei fazendo a minha de administração aqui mesmo em Seul. Por coincidência  fui contratada por ele pra trabalhar em sua empresa. Após um tempo nos reconhecemos e fomos nos aproximando aos poucos até voltarmos a namorar...

Após meses de namoro mark me chamou pra morar com ele sem compromisso,no começo eu realmente não aceitei mas mark têm seu jeitinho diferente de me convencer é incrível como ele consegue fazer isso...

Hoje é nosso aniversário de 2 anos de namoro dês de que nos encontramos novamente e adivinha! Estamos brigado,por culpa do mark...

Já estava subindo o primeiro degral da escada a caminho do nosso quarto quando ele dirigiu a mim suas tão comuns palavras...

-Amor...ne desculpa por ontem,eu só..-Impaciente eu o cortei imediatamente.

-Só oque Mark!? Só estava com ciúmes!?-Falei meio alto com o mesmo pois estava estressada,ele logo sinalizou que sim com a cabeça que sim e eu o encarei zangada...-Mark eu te falei que ele era só um amigo, e mesmo assim você fez um show no restaurante ,eu precisei sair e deixa-lo lá...


-Eu já falei S/n,eu estava com ci..-Já não aguentando mais suas desculpas de sempre eu o cortei.


-Seu ciúmes passou dos limites!! Você é muito possessivo Mark, eu sinceramente não sei se consigo me relacionar mais com você...

-S/n eu não vou mais fazer isso, por favor...- Disse com um olhar triste sobre mim enquanto se aproximou e eu recuei me encostando na parede,o mesmo me impediu de sair com seus braços e um olhar triste formou-se em meu rosto.

-Sempre te dei chances,não é a primeira vez que isso acontece,nem a segunda, nem a quarta, nem a..-o mesmo me cortou como eu havia feito com ele antes.

-Eu sei mas...S/n eu te amo,por favor.

-Você sempre fala eu te amo e eu cedo mark,por mim,por você,pelo nosso relacionamento sempre sou eu que cedo...Mark você nunca pensa em como eu me sinto enquanto perco meus amigos recentes e antigos por culpa do seu ciúmes besta...

-Desculpa,É que eu perco o controle,sempre acho que vou te perder pra um deles...

-Eu nunca faria isso com você Mark, eu já falei mil vezes que eu te amo.

-S/n me dê mais uma chance,são dois anos juntos eu não quero que termine assim...não tive tempo de preparar algo especial pra você hoje más, me deixe te agradar, me deixe fazê-la minha hoje novamente...

-Mark eu...-cortou-me aproximando nossos lábios e os selando logo sussurrando contra a pele frágil do meu lábio.

-Por favor.

Iniciou um beijo calmo e doce, cheio de amor que eu adorava e que logo se tornou sem delongas um beijo nessecitado e um pouco agressivo,o qual eu retribuí a altura...

Suas mãos passeavam pelo meu corpo e faziam um ótimo trabalho apertando-me. Pegou-me no colo e eu entrelacei minhas pernas em volta do seu quadril e o mesmo caminhou até nosso quarto com cuidado, mas nessecitado de mais contato ele subiu as escadas e me prensou contra a parede do corredor próximo a porta do nosso quarto pressionando seu quadril contra o meu fazendo um contato gostoso entre nossos sexos e eu gemi baixo com tal ato...

-Mark...

 Gemi manhosa em seu ouvido e ele sorriu me pondo no chão e tirando minha blusa de ceda que não estava acompanhada de sutiã e começou a chupar meus seios e pescoço fazendo um som gostos.

-M-Mark,estamos q-quase no quarto...

-Eu sei...Shii...

Pegou-me no colo novamente e assim caminhou até o quarto e fechou a porta com o pé e me colocou na cama devagar, logo começou a chover,uma chuva forte e excitante. Mark retirou meu short de ceda me deixando apenas com minha calcinha branca rendada, ele começou a distribuir beijos,mordidas e chupões por meu corpo e eu gemia e arfava...

-A-Ah mark...

Após deliciosos e longos minutos de "tortura" eu girei nossos corpos na cama ficando por cima e tirei sua camisa e fiz o mesmo com ele que começou a também gemer. 

-U-Uh...baby.

eu fui descendo e cheguei até sua calça moletom logo a retirando, assim que retirei ele me puxou pra cima dele novamente me sentando sobre seu membro e forçando seu quadril pra baixo e o meu pra cima me fazendo sentir sua ereção e eu logo cedi...

-Ah Mark...me fode agora por favor...por favor,por favor.

Ele sorrio safado e nos girou na cama novamente ele tirou sua box revelando seu membro que era grande e grosso por sinal e começou a retirar minha calcinha,com a boca, ele me encarava e sorria com a calcinha entre os dentes ele a retirou e cheirou, ele adorava o cheiro de menta do sabonete que eu usava...

-Tão cheirosa,tão molhada...

Falou se posicionando em minha entrada e me penetrando lentamente e eu gemi baixo junto ao mesmo...

-Mark...

-Porra...

Ele começou a estocar lentamente e com força, algumas vezes eu fechava as pernas de tanto prazer mas ele as abria e começava a estocar mais rápido e forte e eu gemia mais alto conforme ele itensificava os movimentos.

-Owwn mark, A-Aaah!...

-U-Uh...tão gostoa e apertadinha...

Ele então levou uma das minhas pernas até seu ombro me fazendo senti-lo mais fundo e eu senti minha intimidade se contrair anunciando um orgasmo próximo.

-Aaah M-Mark...quase...e-eu vou..

Mal terminei a frase e me desfiz logo em seguida o mesmo também fez o mesmo dentro de mim, ele beijou minha testa e saiu de dentro de mim e se deitou ao meu lado nos cobrindo.

-Amor...

Disse ele abrindo a gaveta do seu lado no criado mudo e pegando uma caixinha de veludo linda.

-você aceita ser minha pra sempre?...olha que "pra sempre" é muito tempo.

Ele sorrio brincalhão e eu sorri animada com o pedido e o beijei de forma apaixonada e atrapalhada por conta das nossas respirações descompassadas e ele logo retribuiu mas logo paramos por falta de ar...

-Eu te amo pequena.

-Eu te amo mais.

-Te amo muito,muito mais...

Assim nos conseguimos adormecer em seguida com o delicioso som da chuva...




Notas Finais


Se você curtiram,dêm comentários positivos pra motivar os autores.
Até a próxima...

Beijo meus amores
❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...