História Once Upon a Illusion - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Mabel Pines, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Bill Cipher, Futuro, Gravity Falls, Human Cipher, Mistério, Pinheirinho, Verão, Will Cipher
Visualizações 2
Palavras 2.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


(as fic já tava com muita saudade de mim) Ó QUEM VOLTOU
Brincadeiras a parte,perdão pela demora mesmo não tendo sido muito grande (não foram 10 dias pelo menos) e...é,só isso mesmo.
Simbora e boa leitura!!

Capítulo 8 - Something is Changing


Genevieve P.O.V On

Já havia se passado uma semana desde tudo que aconteceu,nem sequer parecia que Julho já estava para chegar e todas as coisas mais bizarras que poderiam acontecer já aconteceram num período tão curto de tempo. Mabel já havia superado o caso do primo de segundo grau da Wendy,que quase sufocou o moleque quando descobriu a patifaria toda,se é que eu posso me expressar assim,Dipper voltou a mexer com coisas sobrenaturais só pra ter o gostinho de passar um tempo com as paranóias dele,e Bill...

Nós não vimos o Bill há uma semana. Ninguém na cidade viu ele em nenhum lugar desde a noite do encontro com a Mabel. Segundo o Dipper,eles saíram com a intenção de atazanar um pouquinho o tal de Damien,apenas por pura travessura,mas no meio do caminho Bill deu um leve..."piripaque",se podemos dizer assim,e sumiu no meio da mata. Desde então,nada de triângulo nenhum fazendo a vida de alguém ser um inferno. Meu diário estava sem nenhuma nova adição,apenas linhas em branco e alguns desenhos que fiz de puro tédio no rodapé de algumas folhas.

Realmente,esse sumiço de Bill me preocupava mais do que deveria. Ele é um ser de outros mundos,dimensões,ele faz coisas estranhas a todo momento mas...ele nunca deu uma surtada dessas. Sumir e deixar tudo para trás como uma alma penada?? Era um pouquinho demais até para ele...principalmente para ele.

Genevieve P.O.V Off

Dipper P.O.V On

-Dipper,eu acho que estamos no lugar errado...-Mabel disse,observando pela milésima vez o fundo do penhasco,como se ainda tentasse achar algo

-Nós não estamos no lugar errado!! Eu me lembro bem...

-Okay,digamos que este não é o lugar errado,só hipotéticamente falando...então cadê a tal da nave alienígena que você jurou que viu cair aqui ontem a noite enquanto acampava com o Soos??

-Ela está por aqui,eu tenho certeza!! Essas tecnologias alienígenas são avançadas,Mabel,não deixe se levar por elas...

-Sua loucura é avançada e eu me deixo levar por ela todo santo dia...

-Eu não coloco uma arma na sua cabeça e te obrigo a vir comigo,você vem por pura vontade própria.

-Porque eu tenho uma coisa chamada "curiosidade",e nada melhor do que uma típica história de OVNIS no Oregon pra tudo parecer o mais normal possível.

-...e desde quando o Oregon é normal?? E se essa nave tiver habitantes de outro mundo?? E se eles se camuflaram que nem seres humanos?! Eles podem ser qualquer um,só que com 2 corações ao invés de 1 só como qualquer ser humano comum!!

-...isso ai não é...??

-...é,talvez seja. Agora pega esse binóculo e continua procurando.

Ela revirou os olhos e voltou a observar o fundo do penhasco e todo o arredor. Enquanto estavamos nessa pesquisa pacata e sem muita credibilidade de ser,bem,verdade,eu percebi que algo estava meio...diferente nas matas:

-...está percebendo alguma coisa estranha??

-Estamos em Gravity Falls,que tipo de pergunta é essa??

-Não,não um "estranho" estranho. Um estranho de tipo...alguém a mais.

-De uma investigação alienígena passamos para uma investigação paranormal?!

-Talvez seja o fantasma de um alien com negócios e projetos inacabados no nosso planeta!!...UMA INVESTIGAÇÃO ALIEN-PARANORMAL!!

-Agora isso tá ficando interessante!!

-Mais do que interessante maninha,tá ficando SUPIMPA!!

-...Dipper,ninguém usa supimpa.

-...eu uso.

-Porque você é um esquisitão.

Enquanto estavamos discutindo novamente na beira do penhasco,ouvimos um pequeno estalar,como o de um galho de árvore quebrando,e quando nos viramos,não havia nada,apenas um movimento sutil em um arbusto bem escondido:

-...você...??

-Sim,eu ouvi...-Continuei-...pega a câmera.

-O que você vai fazer,criatura??

-Só confia em mim. Liga logo a câmera.-Retruquei-...Okay,diário de pesquisas #1,depois de uma pausa de...2 anos??

-4.-Mabel me corrigiu enquanto me gravava

-Certo,depois de uma pausa de 4 anos. Aparentemente,estamos na frente de algo completamente diferente,algo que pode mudar ainda mais a reputação de estranhezas de Gravity Falls,e eu,Dipper Pines,irei provar isso!!

-Você sabe que ninguém vai ver isso como se fosse um reality show,né Dipper??

-Não corta meu clima,Mabel. Okay,nós viemos aqui para o penhasco porque,aparentemente,uma nave alienígena caiu bem ali no fundo,porém,bufem os tambores...parece que estamos tratando de um crossover entre duas realidades!! A realidade espacial e a paranormal!! Eu acredito que estamos lidando com um fantasma de um ser extraterreste,e acredito que ele esteja nos ouvindo bem ali,escondidinho,naquela moita ali no canto!! Então,vamos tentar contato,chegando bem perto...vamos fazer silêncio!!

Enquanto nos aproximavamos,a moita só balançava por conta,aparentemente,do vento,mas é claro que com a nossa excitação,qualquer coisa já era um começo:

-Eu vou tentar me comunicar com o ser...como será que os aliens se comunicam??

-E como que eu vou saber??

-Bem,eu vou tentar qualquer coisa,quem sabe conseguimos alguma resposta...vai que ele,sei lá,usa um tradutor acoplado no pescoço dele que permite com que ele se comunique com todos os tipos de seres existentes?!

-Só fala logo,Dipper.

-Ah,sim...!! Okay...lá vai...

Eu me aproximei ainda mais da moita,enquanto Mabel estava um pouco atrás de mim tentando capturar tudo o que iria acontecer:

-Eu sempre quis falar isso...!! Uh...bilu,você tá ai??

-Sério Dipper??

-Calma,calma!! Eu acho que eu vi a moita se mexer...eu realmente espero que a câmera esteja pegando isso!!...Bilu,você está me ouvindo??

-...desliga essa câmera.-Ouvi uma baixa voz dizer dentre as moitas

-DIPPER,A MOITA...

-EU DISSE,É UMA MALDITA INVESTIGAÇÃO ALIEN-PARANORMAL,BABY!! NÓS ACHAMOS UM FANTASMA DE UM ALIENÍGENA!! Hey,nós viemos em paz!! O que você...o que você quer com nosso povo?!

-SERÁ QUE DÁ PRA VOCÊ DESLIGAR ESSA BOSTA?!

A voz dentre as moitas logo se tornou uma silhueta,e essa silhueta logo se tornou mais nítida e...estranhamente familiar. Mabel derrubou a câmera,como que num ato do susto,e eu simplesmente continuei parado que nem um coqueiro,como sempre,esperando a merda bater no ventilador.

Eu realmente desejava que fosse um alien fantasmagórico...

Dipper P.O.V Off

Bill P.O.V On

-B-Bill?!-Mabel gaguejou

-Não,madre Teresa de Calcutá. Claro que sou eu,quem mais seria??

-Aonde você se meteu?! Você sumiu por quase mais de uma semana!!-Dipper soltou,aparentemente bem irritado-Procuramos você em todo lugar de Gravity Falls!! Em todos!!

-Até mesmo nos cemitérios.-Mabel completou

-Então eu me escondi muito bem,porque não cheguei nem a sair de Gravity Falls.

-O que aconteceu com você...?? Essas linhas no seu pescoço...

-Elas não estão só no pescoço,vão por mim.-Eu continuei,abaixando um pouco o que apenas eu chamaria de jaqueta pelo modo que estava quase que destruída

As linhas que antes eram manchas se tornaram uma tatuagem. Um círculo. Com símbolos...e minha antiga forma no meio. Internamente eu sabia o que estava acontecendo,mas a vontade de negar sempre foi maior:

-B-Bill...

-Eu só apareci pra deixar vocês sabendo que eu estou vivo...ainda...

-Wow,como assim,ainda?! Isso não é só uma tatuagem narcisista??-Mabel soltou

-Eu me amo,mas não sou brega ao ponto de fazer isso.

-Bill,talvez nós...

-Não,vocês não tem como me ajudar,okay?? Eu sei o que está acontecendo,mas não sei como parar. Ninguém sabe,é inevitável.

-Você não precisa pensar assim...

-Sabe,estrela-cadente,o que eu mais senti falta nesses dias que eu passei longe foi do seu otimismo.

-Bill,quer parar de falar como alguém que vai morrer?? Você está me preocupando...-Ela continuou,com os olhos começando a ficar um pouco marejados

-Talvez o Tivô Stan tenha escrito algo sobre isso em segredo na sua parte do diário!! Talvez isso seja reversível.

-Pinheirinho,eu estou entrando em um colapso comigo mesmo. Eu duvido muito que seja reversível. Olhe,eu não quero vocês dois se preocupando comigo. Vão,aproveitem o resto do verão,eu vou ficar bem...na medida do possível.

-E quanto a Gen??

-O que tem a Genevieve??

-O que vai dizer para ela?? Esse mesmo discurso?? Ela vai te matar se ouvir isso!!

-...eu não vou contar pra ela.

-O QUE?!

-Mabel,me segura porque eu vou tacar ele desse morro.

-Eu acho que a gente também não precisa usar tanto da agressividade.

-Olha,não importa o que vai acontecer,apenas quero que façam 3 coisas,por mim...pode ser??

-Se entre uma dessas opções estiver "meter uma bala no meio da sua cabeça",eu vou te estrangular.

-Eu posso terminar de falar??-Continuei-...Obrigado...vocês não vão me procurar,de maneira alguma. Vocês não vão ir atrás de mim não importa o que aconteça,vocês não vão contar a Genevieve que me viram e se vocês me virem fazendo alguma merda,vocês vão ter que me parar,não me importa se vai me machucar ou não.

-Ótimo,ele pulou o proerd e tá usando drogas,porque só pode ter cheirado um pra falar umas coisas dessas.-Dipper resmungou

-Bill,o que quer dizer com isso?? O que vai acontecer?! Você sabe?!

-Só me digam que vão fazer o que eu pedi,por favor.

-...eu não acredito que eu vou concordar com isso.

-O que?! Mabel,você não vai concordar com essa loucura,não??

-O que eu posso fazer,Dipper?? Estamos...encurralados,eu acho.

-A gente nem sabe o que tá acontecendo,garota!!

-...nós vamos fazer o que você pediu,Bill.-Ela continuou,suspirando-Só não...suma pra sempre,okay??

-...eu vou tentar.-Sorri-Bem,acho melhor voltarem a procurar o tal de ET Bilu...ou seja lá que merda vocês tavam procurando.

-Me respeita que eu estava procurando um ser de espectro fantasmagórico e espacial que,por motivos desconhecidos,ficou preso em nosso planeta por conta de negócios mal resolvidos.

-...mãe de quem??

-...deixa pra lá. Vê se não morre.-Dipper continuou-Vamos embora,Mabel. Eu acho que se seguirmos aquela trilha ali,podemos achar algum destroço.

-...quer me levar junto nessa não??-Mabel ironizou

-Tenho cara de quem tem uma máquina do tempo pra te levar pra tudo quanto é canto,criatura??

-...se você tivesse uma,me levaria??

-Só por cima do meu cadáver,some daqui.

-Nossa. Também te amo. VÊ SE NÃO MORRE!!

Uma parte da "bagagem emocional" já tinha passado,agora vinha a pior parte. Eu não queria fazer isso,era doloroso pensar na reação dela,e eu gosto de dor,mas isso só era apenas doloroso demais para se pensar...que merda aconteceu comigo nesses 3 anos que eu voltei?? E que merda vai acontecer comigo quando essa "bomba-relógio" explodir...??

Bill P.O.V Off

Genevieve P.O.V On

Mais uma noite aonde eu iria ficar me revirando na cama enquanto contava as estrelas pela janela do meu quarto estava começando,apesar de em alguns intervalos de tempo eu olhar para o diário e pensar se ele iria começar a empoeirar caso Bill continuasse sumido por mais algum tempo:

-Tão cedo e já na cama?? Wow,que verão tedioso...-Aquela voz,eu sabia bem quem era

-Bill?! Bill!!

-Hey. Sabe,esse quarto precisava de um abajur,ele é meio escuro.

-AONDE VOCÊ ESTAVA?! SABE O QUANTO EU,DIPPER E MABEL TE PROCURAMOS,SEU ANIMAL?!-Eu não consegui conter alguns socos em seu braço

-É uma longa história...

-Ótimo,eu tenho a noite toda também.-Continuei,me sentando na cama-Vamos,eu acumulei milhares de perguntas nessas quase...uh...vejamos...2 semanas??

-Genevieve,eu não voltei pra isso.-Ele segurou em meu pulso enquanto eu pegava o diário

Demorou para que eu notasse,mas algo em Bill havia mudado...ele mesmo. Os olhos dele estavam completamente amarelos,apenas com suas pupílas finas tendo uma cor preta para diferenciar-se do outro tom,as linhas no corpo dele já iam até os braços,e eu me questionava se não iriam para o resto do mesmo:

-...Bill...o que está acontecendo??

-...eu estou mudando,Gen...eu estou entrando naquele colapso...

-Bill,que merda você tá falando...??

-Eu...eu vim...

-Veio...??

-...eu vim me...me des...

-Pelo amor de Deus,Bill,você veio para o que?!

-...eu vim perguntar se eu podia passar uma última noite aqui.

-O qu...como assim uma "última noite"?? Você está me assustando...

-...esse é o meu medo.-Ele sorriu meio sem-graça

-Bill,você sabe que eu,Dipper e...

-Eles disseram a mesma coisa,vocês não podem me ajudar,okay?? É como Stanford disse,ele nunca viu algo assim,e ele é uma das únicas pessoas que saberiam como lidar com isso.

-E quem...são as outras??

-Eu e minhas múltiplas personalidades. Genevieve,eu vou te pedir algo,e eu preciso que você concorde,okay??

-Como assim...??

-Eu vou sumir por um tempo,de novo,e se eu aparecer de novo,você não deve confiar em mim.

-Você bebeu ou algo do tipo??

-Só me diz que vai fazer isso.

-Por que eu deveria fazer isso??

-Se lembra do que eu te disse?? Sobre os meus medos e coisa do tipo??

-S-Sim mas o que isso tem a ver...??

-Se você não fizer o que eu te pedi,você vai atiçar o meu maior medo,e eu realmente não quero que isso aconteça.

-B-Bill,você não está fazendo sentido nenhum...

-Eu sei,querida.-Ele continuou,beijando minha testa-...me desculpe.

-Te desculpar...pelo o q...

(...)

O que me acordou foram os raios de sol batendo em meu rosto,porque caso não fosse por isso,eu não acordaria tão cedo.

Tudo foi um sonho?? Tudo foi uma simples peça da minha cabeça se sobrecarregando de preocupação e estresse?? Eu podia jurar que vi Bill...aqueles olhos amarelos eram tão realistas e brilhantes...tudo nele era realista...era como se eu tivesse tido uma paralisia do sono,mas ao invés de ver o diabo vestindo prada,eu vi um demônio dos sonhos desgastado e assustado,o que é meio difícil de pensar quando nos referimos ao Bill.

Enquanto eu tentava raciocinar qualquer coisa,meu celular começou a vibrar desesperadamente,como se alguém tivesse morrido:

-Meu Deus...são só 7 da manhã,Mabel...-Continuei,atendendo a ligação

-VOCÊ JÁ OLHOU O RELÓGIO?! EU E O DIPPER ESTAMOS TENTANDO LIGAR PRA VOCÊ DESDE MANHÃ!!

Ela estava certa,já eram quase 4 da tarde...meu Deus. Quase 4 da tarde. Eu dormi quase que um dia inteiro...e eu não me lembrava de nada:

-Uh...o que aconteceu...??

-Nós precisamos falar com você!! A-Algo estranho aconteceu ontem a tarde,a noite,e-eu não sei bem!!

-C-Como...olha,eu tive uma noite difícil...confusa. Eu não faço idéia se sequer consigo levantar da cama.

-Então nós vamos ai,mas por favor,nós precisamos de você!!

-É algo tão sério assim??

-Não...bem...eu não sei...eu espero que não.

-...o que está acontecendo conosco hoje,Mab??

-Eu adoraria saber a resposta para essa sua pergunta. Eu já te vejo,esteja pronta logo!!

-Sim...claro...até.

Algo que Bill aparentemente me falou não saia da minha mente,mesmo que como em pequenos fragmentos...algo como colapso ou coisa do tipo. Realmente,era como se todos tivessemos tomado uma pancada na cabeça ao mesmo tempo,e eu não gostava muito do rumo que isso parecia querer tomar...

E espero não acabar gostando em momento nenhum...




Notas Finais


FINAL MEIO BOSTA PRA UM HORÁRIO MAIS BOSTA AINDA
Eu juro que tentei fazer sentido,mas eu devo tar mais cansada que metade dos personagens dessa fic,socorro.
Me perdoem por qualquer erro ortográfico!!
Espero que tenham gostado e obrigado por terem lido!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...