História Once upon a love - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Xerife Graham Humbert (Caçador)
Tags Hookedqueen
Visualizações 55
Palavras 794
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu tô orgulhosa :') dois caps em um dia KKKK
Espero que gostem 💙

Capítulo 6 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Once upon a love - Capítulo 6 - Capítulo 5

 -Ola, Swan. Eu preciso falar com você! 

-Eu também. Por favor, deixa eu falar primeiro. 

-Tudo bem, Swan. Aconteceu algo?

Ela abriu um sorriso mais largo que pôde, colocou as mãos na barriga e disse o que já estava passando na mente dele

-Eu estou grávida

Ele ficou em choque. Ele queria mostrar para Regina que podia ser um homem direito. Mas como poderia terminar com Emma estando grávida sem ser um completo canalha?? Ele mal notou o fato da gravidez, que na barriga de Emma estava um filho dele. Só conseguia pensar em que sua amada pensaria.

 

-Kill, você queria dizer algo?? 

Disse Emma o encarando e ficando sem expressão para ele.

 

-eh.. eu... Emma... -disse em pausas sem saber mais o que falar. então percebeu que teria seu filho. -vamos ter um filho??

 

-sim! E já sei que irá sair hoje para beber com os marujos então pensei que gostaria de comemorar algo com eles -ela riu e o beijou.

 

-isso, beber com os caras! Inclusive, já estou atrasado! Tenho que ir! 

 

Deu um riso meio forçado e saiu de perto de lá. Não foi ao bar. Foi para a casa de Regina. Precisava falar disso com ela. Ele queria ser o primeiro a falar para ela. Mas quando chegou na casa, notou que já era tarde. A morena já sabia. E mesmo sendo possível notar que ela estava dentro da casa, ela não foi abrir a porta, pois sabia que era ele.

Por outro lado, a companhia da morena decidiu falar umas palavrinhas para o capitão.

Zelena abriu a porta já dizendo:

-Ela não quer tiver, rato de navio.

-Ela já sabe?

-Que Emma está grávida? Pela sua reação, ela soube antes de você!

-Zelena, por favor, eu preciso falar com sua irmã. Eu ia terminar com a Emma mas como posso fazer isso logo após dela me dizer que terá um filho meu??? 

-E então quer fazer de minha irmã um caso seu? Killian, eu queria muito vocês juntos. Mas entenda que terem um caso só irá machucar vocês dois, Emma e os meninos. Querendo ou não, Henry é filho de ambas, esqueceu??

-Zel, você está certa. Mas me deixe explicar para sua irmã. Eu vou resolver isso mas preciso falar com ela agora!!

 

Zelena olhou para dentro da casa, vendo a irmã chorando e dizendo para ela permitir que ele entrasse, sendo assim o que Zelena fez.

 

-Se você magoa-la mais ainda, eu juro que farei você sofrer em dobro. Cuidado!! Eu não estarei longe enquanto conversam agora! -ela sussurrou para ele e foi para o segundo andar.

 

Enquanto isso, Regina se sentou no sofá e observou o fogo na lareira. Ele foi se aproximando dela. Ao estar a sua frente, não conseguiu fazer nada além de ajoelhar-se deixando sua cabeça baixa e pedi-la perdão.

Regina não acreditou ao vê-lo assim, afinal ninguém nunca havia visto tal cena.

Ela enchugou as próprias lágrimas e o observou por alguns segundos até por as mãos no rosto dele para fazê-lo olhar para ela.

-Não estou brava por saber que você terá um filho com ela, mas sim por lembrar que nunca poderei te dar isso.

-como não, meu amor?

-Ha um tempo atrás, por raiva que tinha de minha mãe, tomei uma poção mágica que não permite que eu tenha mais filhos. Por isso adotei o Henry. E não tem antídoto.

-Meu amor -disse ele se levantando para sentar ao lado dela- eu só preciso de você! Já tenho Henry como filho. Afinal, ainda sou casado com a Swan. Além de ter tido o pai dele como um filho por bastante tempo.

-É estranho falar do nosso passado porque me faz sentir bem velha -disse ela rindo um pouco.

-Honestamente? Já somos velhos. Porém ainda tem muito mais pela frente. E eu quero fazer isso com você! 

 

Ao ouvir, Regina riu meio boba. Era o que queria ouvir. Que ele queria passar a vida com ela e que cuidaria de seu filho.

Ela a beijou e então lembrou "mas ele ainda estava casado com Emma."

Ela interrompeu o beijo, fazendo com que ele já entendesse seu pensamento.

-Não se preocupe, amor, eu vou resolver tudo. Nada vai nos impedir mais. Nem os Encantados. Mas agora devo ir. Por ora ainda tenho que fingir estar feliz nesse casamento. Eu devia chegar bêbado, né? Afinal eu estava no bar.

-Quer algo, querido? 

-Não, eu passo no bar e pego do Smee.

Ele deu um beijo na testa dela e saiu sorridente feliz com o resultado. Porem ainda havia um probleminha que ele não sabia resolver. Só tinha certeza que agora passaria no bar antes de ir para sua moradia. O resto pensaria no dia seguinte, pois não queria que nada atrapalhasse sua alegria.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...