História Once Upon a time - Stray Kids - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Red Velvet, Samuel, Stray Kids
Personagens Bang Chan, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Joy, Lee Felix, Lee Min-ho, Punch (Kim Samuel)
Tags Red Velvet, Samuel, Stray Kids
Visualizações 16
Palavras 1.857
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Luta, Sobrenatural, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Infelizmente a fic chegou ao fim.
Essa fic já tem um pouquinho mais de um ano e eu fico me perguntando se tem alguém aqui que está acompanhando a fic desde o começo kkkkkkk.

Muito obrigada pelos favoritos, pelos comentários de apoio e por terem acompanhado até aqui. Vocês são incríveis! ❤❤❤

Aviso: ESSE CAPITULO CONTÉM CENAS QUENTES [ +16]

Boa leitura!
😊

Capítulo 32 - Fim parte 2-2


Fanfic / Fanfiction Once Upon a time - Stray Kids - Capítulo 32 - Fim parte 2-2

                     {...Dia Seguinte...}


Hoje é o dia do casamento e eu continuo não acreditando que vou me casar com o MinHo só por que nossos pais querem reforçar a aliança entre os reinos. Eu já estava acordada desde manhã cedo, estou numa sala com paredes brancas deitada numa maca com. Estou fazendo massagem com pedras quentes indicada para relaxar a musculatura, aliviar a dor e trazer bem estar!


XXX- Vou retirar as pedras, e depois pode entrar na banheira.

Uma moça diz. Após ela tirar as pedras das minhas costas eu saio, e vou até um banheiro bem grande tomo um banho e saio, passo um óleo de rosas na pele e visto me uma roupa qualquer que estava ali já que o casamento é mais tarde. Eu estava sozinha no quarto quando a porta se abre.

- Sei que não pode ver a noiva antes do casamento só que eu não consegui...

Ele da um sorriso maroto e entra.

- Está tudo bem, eu não estou pronta mesmo.

- Trouxe isto pra você. - Ele me dá um pedaço de bolo e tira do bolso uma flor e coloca atrás da minha orelha.

- O-obrigada. - Eu coro com a aproximação.

Ele ajeita a flor junto aos meus fios castanhos e se afasta.

- Eu não posso comer antes do casamento...

- Eu sei. - Eu olho pra ele incrédula. - É que eu não quero que a minha baby passe mal durante o casamento. Não precisa ficar sem comer só pra entrar em um vestido!

- Sim... mas...

- Mas nada! Elas tiraram a medida da gente e fazem um vestido menor? Elas são loucas! Agora coma logo. - Ele sai do local.

Coloco a minha mão levemente sobre a flor e sorrio ao saber que aquilo não foi um sonho. - Ele está preocupado comigo??? - Deixo esses pensamentos de lado e como bolo.




~~~Quebra de tempo~~~



Eu estava no quarto mais alto do castelo observando a parte de baixo.

- Os convidados já estão chegando!

A rainha sorri. - Ah a propósito eu finalmente descobri o nome dela... é Diana heheheh.

- Sim. - Eu sorrio.

Sinto o olhar de Diana em meu cabelo.

- Você parece estar feliz!

Ela diz e uma mulher entra com um espartilho na mão. Ela se curva.

- Suba aqui por favor!

Ela aponta para um objeto no chão arredondado que não sei dizer o que é, mais é parecido com um palco pequenino. Subo nele.

- Eu acho que estou feliz... - Falo voltando ao assunto.

- Foi ele quem te deu a flor não é? - Diz a rainha que se sentou numa poltrona.

- Sim! Sabe... eu e ele começamos com o pé esquerdo mais antes de sairmos de Hongdae ele se desculpou e agora ele parece diferente.


- Que bom! - Ela ri soprado. - No começo do meu casamento com o seu pai foi a mesma coisa, foi contra a minha vontade. - Olho para ela surpresa.- Você vai aprender a ama-lo!

- Eu acho que já estou aprendendo! - Sorrio.

A moça terminou de trancar as fitas d9 espartilho.

- Agora eu irei puxar com força!

- Eu te ajudo! - Diz a rainha.

A moça fica de uma lado e a rainha do outro cada uma segurando uma fita.

- 1,2,3... - Elas dizem em uníssono.

- AAAAAAAAAAH!

Um grito agudo e pranteador escapa minha garganta ao sentir minhas costelas serem esmagadas pelo o objeto.

- Calma querida já foi! Consegue respirar??

- Sim! - Digo com dificuldade.

- Ela vai se ajustar ao seu corpo não se preocupe senhorita. Vou trazer o vestido!

A moça sai e logo volta como mais duas mulheres ao seu lado. Elas me ajudam a por o forro que da volume ao vestido e depois me ajudam a por o vestido branco com detalhes prateados, luvas e um salto que combinava perfeitamente. ( FOTO DE CAPA )

Já vestida eu me sento numa cadeira e uma das mulheres começa a pentear o meu cabelo enquanto a outra borrifa o vidro de perfume com um aroma doce parecido com o de Camélias e uma outra me maqueia.

( LINK DO CABELO NAS NOTAS FINAIS )


Horas depois já estava tudo pronto e eu estava com um frio na barriga. A falação atrás das portas estão me deixando ainda mais ansiosa.

XXX- Que linda!

Me assusto ao ver Feitan atrás de mim. Seus olhos coloridos e brilhantes se encontram com os meus.

- Feitan! - Abraço ele. - Pensei que não viria.

- É... não foi tão difícil assim pra mim já que eu sempre saio do reino pra ir para a florest enchanted. O mais difícil mesmo foi trazer o Ban.

- Ele veio???

- Sim.

Eu sorrio.

- É aquele outro príncipe o HyunJin?

- Não... é o irmão dele.

- caralh*

Nós rimos. Uma moça diz que está na hora deu entrar e então Feitan se retira, eu pego o buquê de rosas vermelhas. Meu pai vem até mim com os olhos marejados.

- Obrigado por fazer isso pelo reino, filha.

- Não chore pai... eu acho que não vai ser tão ruim assim me casar com o MinHo.

Eu sorrio.

- Eu não estou chorando só por estar grato. E sim por que você é a minha primogênita, e vai casar.

Os trompetes começam a serem tocados e logo uma canção harmoniosa dos vilões selos, flautas e violinos soam pelo local, as enormes portas de madeira se abrem, meu pai segura o meu braço e começamos a andar.
A Joy e o Samu acenam pra mim e eu sorrio, sinto os meus olhos já se encherem de lágrimas, e algumas escapam assim que meus olhos se encontram com os do HyunJin e Félix. Desvio o olhar rapidemente. A decoração está tudo perfeito do jeito que eu sempre sonhei.

Andamos até o altar, meu pai solta o meu braço e enxuga as lágrimas. MinHo pega minha mão direita e deposita um beijo em meio de um sorriso, subo o degrau.
Uma vez que é vosso propósito contrair o santo Matrimónio, uni as mãos direitas e manifestai o vosso consentimento na presença de Deus e da sua Igreja.

O padre pede para juntarmos as mãos direitas.

Eu MinHo , recebo-te por minha esposa
a ti Allison, e prometo ser-te fiel,
amar-te e respeitar-te,
na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença,
todos os dias da nossa vida.


Eu Allison, recebo-te por meu esposo
a ti MinHo, e prometo ser-te fiel,
amar-te e respeitar-te,
na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença,
todos os dias da nossa vida.

Colocamos as alianças.


- Pode beijar a noiva! - Diz o padre.

MinHo sem perder tempo agarra a minha cintura e me prende à um beijo rápido, cheio de desejo por parte dele. Mas confesso que foi bom!

Todas as pessoas ali presentes se levantam e aplaudem, eu sorrio.


Quebra de tempo~

Ao fim da tarde as pessoas ainda festejavam. Eu e o MinHo que agora é meu marido estamos na nossa Lua de mel, olho pela janela de roupão e roupas íntimas, a lua já estava quase no centro do céu.
MinHo sai do banheiro apenas com uma toalha na cintura presa por um nó frouxo, ele passa a mão pelos seus cabelos molhados e me encara, eu coro ao ver seu abs definido e exposto. Ele não é muito musculoso mas seu corpo é bem definido. Ele sorri de canto.

- Finalmente a minha vez.

Eu olho pra ele desentendida.

- Como assim?

- Os dois conseguiram te conquistar, e agora é a minha vez. Estou disposto a fazer você mudar esse seu olhar sobre mim.

- O que tem o meu olhar? - Volto a olhar a paisagem.

- Não se faça de sonsa querida! - Bufo irritada. - Você pode ter me desculpado mais ainda acha que eu sou um cara intimidador e um babaca, estou errado?

Eu fico em silêncio. MinHo me abraça por trás e encaixa o maxilar na lateral do meu pescoço.

- Eu não sou quem você pensa que é baby! - Ele sussurra rouco. - O que acha de começarmos a brincar?

Sinto meu corpo inteiro se arrepiar.

- E eu tenho outra escolha? - Eu digo.

- Não. Na verdade... não quero te forçar a nada, mais eu odiaria ter que adiar!

- Você me quer? - Digo virando-me de frente para ele.

- Está me provocando?

- Eu posso te conceder esse desejo, baby! É só você pedir. - Eu dou um selinho rápido nele.

Ele morde o lábio inferior.

- Eu te quero querida. Não vejo a hora de finalmente te fazer minha.

Ele fala já excitado, eu empurro ele na cama e tiro o roupão ficando apenas de langerri preta de renda. Subo em cima dele e vou descendo a toalha devagarinho. Fico surpresa ao ver que ele não está de cueca. MinHo sorri pra mim e inverte as nossa posições.

Ele beija meu abdômen e depois começa a atacar os meu lábios, as mãos do moreno acaricia a minha intimidade. Solto alguns gemidos durante o beijo.
MinHo chupa o meu pescoço. O clima esta quente e a cada segundo que passa eu sinto meu corpo gritar pelo dele. Ele rasga a minha calcinha rendada e tira o meu sutiã me deixando exposta, ele fica me observando.

- Para de me olhar. - Digo corada.

- UE não posso admirar a minha esposa??? - Ele ri me deixando ainda mais envergonhada. - Você é linda meu amor.

Ele diz antes de apalpar um dos meus seios. Depois de brincarmos e de ter invertido as posições várias vezes decidimos que ambos já estavam com os hormônios a flor da pele e que um necessitava do outro, sem mais demoras MinHo me penetrou com força, seus olhos estavam cheios de luxúria e prazer. O quarto que antes estava em silêncio agora só se ouve gemidos de nós dois.

- Ma-mais rápido... Min-Minho 

- Como você quiser! - Ele aumenta a velocidade das estocadas.


Depois de um tempo chegamos no nosso ápice e dormimos.


××× ××× ×××


Amor e destino. São duas coisas que pra mim são totalmente incompreensíveis.

Depois daquele dia minha vida mudou e muito!
1 semana depois eu comecei a sentir o pesar de ser uma princesa e futura rainha dos dois reinos.
2 meses depois eu percebi que eu amava o MinHo e assim como ele disse, eu realmente não o conhecia! Ele é um homem foda, ele não age como o meu marido 24 horas por dia, quando eu digo a ele que quero treinar ele não nega. Se eu estou brava ele sempre da um jeito de me animar ou quando eu quero visitar meus amigos. Ele nunca me nega nada, e claro que eu sempre dou o meu máximo pra agrada-lo.

E 10 meses depois...


... ... ...



autora: estou pensando em fazer uma segunda temporada, mais só se vocês quiserem. se tiver bastante comentários eu prometo que em breve eu trarei a segunda temporada!

depende de vocês!



Notas Finais


https://images.app.goo.gl/8hoobXgQEfwRoT4R8


espero que tenham gostado!

😁👑❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...