1. Spirit Fanfics >
  2. Once Upon a Time >
  3. Stoling the castle

História Once Upon a Time - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eeeeeeeee finalmente consegui postar samerda.


Boa leitura :3

Gomen os erros.

Capítulo 1 - Stoling the castle


Fanfic / Fanfiction Once Upon a Time - Capítulo 1 - Stoling the castle

-Vovô! Deixa a gente ir com você?-o pequeno menino loiro de olhos azuis disse quase implorando de joelhos.-Por favorzinhooo!


-Deidara, você sabe muito bem que seus pais disseram para não pisar naquele barco.-o mais velho disse o fitando.


-Mas eles não precisam saber-disse com os braços cruzados.


O idoso apenas bufou dizendo um "tudo bem". O menor quase pulou em cima do meus velho de alegria.


-Deidara, assim você vai acabar quebrado minha coluna.-disse com um riso no final.


-Gomen...-disse se afastando.-Certo! Vamos, Akatsuchi! hum.-acenou para o mesmo que deveria estar distraído.


As duas crianças saíram uma atrás da outra as pressas, indo em direção ao suposto barco.









O loiro acorda rapidamente após ser empurrado de sua "cama". Ele olha em volta para encontrar o indivíduo. 


Encontrou um homem grisalho com um sorriso debochado fazendo o loiro se irritar rapidamente.


-Hidan… Por que fez isso? - Disse, o olhando mortalmente.


-Ah, desculpa por ter te acordado, princesinha. - Falou revirando os olhos.-Isso foi por todas as vezes que você me acordou desse jeito, então fique bem quietinho.


-Justo.


O albino estende a mão para ajudar Deidara a se levantar, assim foi feito.


-Então… Por que me acordou? Hun. Estamos chegando? - Disse arqueando uma sobrancelha.


-Sim. - Se virou indo em direção à porta, já subindo as escadas e parando no primeiro degrau. - Eu acho melhor você se arrumar logo. Okay? Te encontro lá em cima.- Falou se retirando do local.


Deidara nada disse, fitou o chão por alguns minutos pensando em seu "sonho". O mesmo respira fundo tentando não ligar tanto para isso.











-POR QUE EU?. - Deidara falou/gritou incrédulo.


-Dá pra NÃO GRITAR NO MEU OUVIDO? - Um moreno o retrucou.


-Ai, desculpa Sr. Sasuke.- Falou debochado, fazendo o moreno olhar mortalmente para o mesmo. - Tá, mas por que tem que ser eu? Não pode ser outra pessoa? Eu posso ser morto, sabia? Hun.


-Não é culpa nossa se tu tentou seduzir a rainha Tsunade na presença do rei Jiraya. - Hidan terminou olhando para o loiro, que bufou ao ouvir o comentário do albino.


-Eu agradeço se vocês pararem.-Disse um azulado passando o olho em todos presentes ali, parando em Deidara. - Pode fazer isso? - Permaneceu centrado.


- T-tá. Tá bom, hun. - Resmungou.


-Muito bem! Vamos começar a "caça ao tesouro". -  Falou mudando sua expressão rapidamente para alegre.


-Que bipolaridade. - Falou um moreno com cabelos longos. 









Deidara já estava com o plano em mente, só faltava ele dar início. Andou pelo tal vilarejo até chegar perto do palácio, se escondendo em um muro próximo dali. Na entrada, possuía alguns guardas, foi na direção onde eles estavam. Ao notar a presença de um pirata, logo pegaram as armas apontando para o louro com um semblante tedioso.


-O que faz aqui, pirata? - Um dos guardas perguntou.


-Nada demais. - Falou com um sorriso cínico vendo duas pessoas chegando por trás dos guardas. -Durmam com os anjos.- Fez um aceno com a mão após ver os guardas caírem no chão. - Cadê o bagre e o idoso? Hun. - olhou para Sasuke e Hidan.


-Estão dentro do palácio, cuidando dos outros guardas.- Falou o moreno.


-Que? Mas já? Minha nossa, que rápido.- Disse surpreso.


-Deu de conversa, vamos logo!- O albino disse pegando a chave de um dos guardas caídos, assim abrindo a porta do palácio.


Encontraram lá dentro Kisame e Kakuzu com vários dos guardas desacordados. Os três mais novos ficaram surpresos, mas ignoraram pois o ouro era a prioridade.


Andaram uma boa parte do palácio. Encontraram alguns obstáculos pelo percurso, mas nada que pudesse impedi-los. Resolveram atacar em um dia ótimo. Não tinha muitos guardas no palácio, talvez pelo fato de atacar de noite. Mas, mesmo assim, sorte.


Os quatro piratas se separaram pois achavam que estava seguro para procurar o ouro sozinhos. Deidara estara com uma espada e uma arma pronto para atacar, caso alguém viesse. Andando por um corredor escuro pensando no que faria com o dinheiro, se poderia ter mulheres, lantejoulas, comida boa e etc. Se distraindo com seus pensamentos, mas não deixando a guarda baixa.


Nesse corredor, encontrou uma porta enorme que parecia ser o quarto da rainha e do rei. Tentou abrir e, para sua surpresa, estava aberta. Achou estranho, mas ignorou. Entrou no quarto enorme com vários detalhes em ouro por toda parte.


O rei e a rainha acordaram assustados, já que viram um pirata com uma arma apontando para os dois na cama. Perguntaram o que ele queria.  


-Todo o seu ouro, se não a rainha morre, hun.- O pirata apontou para a loura.


Ficaram paralisados, sem saber o que fazer. Deidara já estava ficando sem paciência e destravou a arma.


-Será que eu vou ter que matá-la?


-Eu acho melhor você pensar duas vezes antes de fazer isso.


Sentiu uma arma encostando atrás de sua cabeça, era uma voz familiar para Deidara, mas não conseguia reconhecê-la.


Veio um barulho de tiro próximo ao quarto onde estavam, fazendo a atenção do homem que estava atrás do loiro ir para o barulho. Deidara logo aproveitou a oportunidade para dar uma cutuvelada na cara do homem e pegar a arma de sua mão.


O homem, agora com o nariz doendo, olhou para o loiro e o fitou. Deidara fez o mesmo, vendo um ruivo baixinho bem familiar. Ficou com dó de matar alguém tão bonito, na opinião de Deidara. Mas não importava agora.


O rei e a rainha permaneciam paralisados, estavam em choque com o que estava acontecendo. Ouviu-se outro barulho de tiro, agora mais próximo do cômodo. Passaram correndo pelo corredor onde dava acesso para o quarto, Kisame, Kakuzu e Sasuke. Hidan estava atrás de todos, parando na porta do quarto que estava Deidara.


-Temos que ir, Deidara! Se não vamos morrer!- Disse Hidan apressado.


-Bem… Sorte sua, hun.- Falou olhando para o ruivo.- A gente ainda vai se encontrar.- Terminou a frase, saindo atrás de Hidan que agora estava correndo.


O ruivo apenas observou ele sair pela porta. Passaram mais guardas de sua equipe. Ficou pensando um pouco, mas logo pegou outra arma que estava guardada e foi atrás dos piratas.







Os quatro piratas conseguiram chegar na Akatsuki, nome dado ao navio dos mesmos, já levantando a âncora para tentar sair o mais rápido dali, afinal quase foram mortos.


-O que foi aquilo?- Perguntou o loiro ofegante.


-São uns caras que ficam de país em país para dar um fim em pessoas como nós. - Falou o moreno mais velho.


-Isso vai ser um problema para nós.- Disse Kisame. - Okay! Nossa próxima parada é a ilha das fadas.


-Desistiu de roubar aquele palácio?- Retrucou Sasuke.


-Não, mas não vamos voltar tão cedo pra lá.


-Tem razão. Por pouco eu não morro, hun.- O loiro colocou a mão no peito, respirando fundo.


-Hum, interessante. Foi por causa daquele ruivo?- O albino olhou para Deidara que acenou com a cabeça positivamente. - Eu notei que você ficou encarando ele por um tempo. Ele era bonito, né?


Deidara revirou os olhos e Kakuzu encarou o albino.


-Que foi? Não posso achar mais ninguém bonito?


O mais velho nada disse e permaneceu emburrado, o que não era novidade para ninguém.


Deidara foi para seu "quarto" deitar um pouco. Não parava de pensar no ruivo que encontrou, parecia já ter encontrado ele em algum momento, mas não lembrava quando ou onde. Pensou já tê-lo visto em algum lugar, então não era nada demais. Mas, por que não para de pensar nele?














Continua...













Notas Finais


Então... O que acharam?

Eu sei que o primeiro cap. foi meio nhe, mas é o primeiro cap. neh?

Que Jashin te abençoe.

I flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...