1. Spirit Fanfics >
  2. Onde está você agora? >
  3. Reencontro

História Onde está você agora? - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Onde está você agora? - Capítulo 2 - Reencontro

Óbito acordou com o toque horrívelmente barulhento de uma ligação, ele sabia que era seu chefe o ligando mas ele apenas tentou ignorar aquele barulho horrendo. Ele tinha prometido compor uma música de sucesso em um mês e aquele prazo já estava validando, claro que ele poderia falar que não tinha conseguido mas para um compositor famoso que nem ele, que já havia criado vários sucessos não criar nada em um mês era de se preocupar.

Com muita relutância ele abriu os olhos, não poderia ficar na cama para sempre  afinal tinha uma música para compor o mais rápido possível e um encontro com os detetives, mas apenas naquele momento ele permitiu-se ficar deitado olhando atônito para o teto enquanto procurava sua coragem para levantar da cama.

Depois de muito tempo "olhando para o nada" ele levantou-se da cama num pulo súbito, mas forá tão súbito aquele pulo que apartir do momento em que ficou em pé o seus ombros se abaixaram mostrando sinais de cansaço, e ele sabia que estava cansado tanto fisicamente quanto mentalmente, mas o dever o chama.

Andou até sua cozinha e como estava com preguiça procurou algum "alimento fácil" para comer. Pensou em rin e se perguntou se ela estaria mesmo viva. Isso era o que óbito mais queria acreditar, mas uma parte dele, uma pequena parte achava o completamente idiota por querer procurar sua amiga que nesse momento poderia estar morta. E se estivesse mesmo morta ele não saberia como iria se sentir, então observando ao redor ele percebeu que era completamente sozinho e a única pessoa que preenchia seu vazio.

Rin era aquele tipo de pessoa companheira e leal .O famoso "pau pra toda obra" que sempre esteve em todos os melhores e piores momentos com ele. Era verdadeira, autêntica e sincera uma pessoa que todo mundo gostaria de ter como amigo.

Óbito então se recriminou mentalmente pelo fato de estar falando dela no passado como se ela realmente estivesse morta, então andou até o sofá da sua sala, ligou a tv, pegou uma coberta e se jogou no sofá ou seja toda a coragem que ele teve para levantar da cama foi em vão.

                          [...]

Lá estava ele batucando seus dedos em cima da mesa daquela sorveteria que era tão nostálgica para todos os colegas de turma. De longe já dava para ver os detetives se aproximando e obviamente estavam brigando.

Assim que chegaram em frente a mesa óbito os comprimentou, ele sabia o que estavam pensando apenas pelo olhar mortal que os dois lhe deram.

- tobi não tinha uma parceiro de caso melhor não? - pergunta Sakura séria como se aquilo parecesse um interrogatório.

- acho que você deveria avisar para eu já ter paciência e me preparar para aguentar essa chata - comenta sasuke recebendo um olhar feio de sakura.

- Eu não precisava contar esses pequenos detalhes.

- Você deveria ter contado sim por que não é nem um pouco fácil aguentar um emo revoltado. 

- eu que deveria ter paciência para aguentar vocês dois- disse óbito recebendo um olhar "fuzilante" dos dois.

Óbito então olha ao seu redor, olha para o celular e começa a mandar mensagens para alguém o que não passou despercebido pelos detetives então Sakura toma uma atitude e resolve perguntar.

- está esperando mais alguém tobi?

- o Naruto - responde naturalmente.

- o queeeee? - grita os dois.

- tobi o que aquela anta vai fazer aqui?- pergunta o sasuke retoricamente.

- querida ele é de super utilidade.

Todos sabiam que por mais que Naruto fosse policial ele não era lá de muita utilidade porque ali já estavam dois detetives. Sasuke não queria contar mas ele não queria o Naruto ali porque o loiro era muito escandaloso e a Sakura que tem vergonha parece outra pessoa do lado do naruto e se torna escandalosa igual ele.

- tobi você não está avisando aquele tonto de última hora né!

- Claro que não mas todos conhecem o naruto não é! - disse tobi.

Todos presentes naquela mesa até mesmo o sasuke sorriram fraco e perceberam que se instalara um clima nostálgico ali porque afinal não importava o tempo todos não pareciam nem um pouco mudados.

- quem diria em todas as vezes que estávamos felizes nossa turma sempre vinha comemorar aqui! Onde será que estão eles- óbito comenta monótono.

Sakura então percebeu o quanto ela forá insensível por não ter comentado sobre rin. Ela também estava triste por uma de suas amigas mas pensou que se não comentasse sobre o assunto o clima não ficaria pesado.

- Deve ter sido horrível vê-la sumir bem na sua frente, mas eu prometo que custe o que custar vamos acha-lá. - óbito então emocionado e afirma com a cabeça.

- caramba ele não vai chegar não?

Óbito e Sakura reviraram os olhos pelo fato dele ter estragado um momento tão emocional mas eles sabiam que o sasuke só queria mudar de assunto e acabar com o clima melancólico.

Sasuke resolveu ligar para o Naruto porque o conhecendo ele tinha certeza que ele estava dormindo. O celular tocava, tocava e nada dele mas quando sasuke estava desistindo Naruto atende com a voz totalmente embargada de sono.

- alô?

-Naruto você não acha que está esquecendo alguma coisa? - pergunta Sasuke ironicamente.

- não, mas espera tinha o encontro com o tobi na sorveteria - Naruto então corre apressadamente para o banheiro.- mas porquê tá me ligando essa hora e como você sabe disso? - óbvio que o sasuke revirou os olhos pela lerdeza do naruto.

- só anda logo- disse totalnentes rude desligando a ligação.

- huumm o tobi ele não atende mas o namoradinho é em 2 segundos.- Sakura ironiza.

- se fosse você ligando claro que o Naruto também atenderia. - diz irritado.

Ele odiava se lembrar de como perdeu seu bv mas Sakura fazia questão de falar esse assunto toda vez que se encontravam.

Esperaram, esperaram e esperaram mas finalmente o naruto apareceu mas se era ele óbvio que iria ter escândalo.

- tobiii- gritou Naruto de longe que acaboupor fazer uma expressão de surpresa por perceber os detetives lá.

- sasukeee, sakura-chaaaan.

"Pronto" era o que pensava pensava o Sasuke ao perceber o Naruto atraindo o olhar de todos para a mesa em que estava ele e seus amigos.

- não acredito- disse Naruto ao observar seus amigos na mesa.

- EU tô mais alto que você- disse o Naruto apontando para Sakura fazendo-a comparar sua altura. - lembra quando você ficava zuando só por ser 2cm mais alta. Agora você é a nanica do grupo. - ele ficou mais feliz do que nunca por descobrir isso. Sakura apenas deu um olhar " fuzilante" em sua direção.

- não queria atrapalhar o momento reencontro de vocês mas temos um caso a investigar. - disse óbito.

- Claro que vamos e se ela não estiver viva sempre estará nos nossos corações.

-É sério Naruto? Pq toda vez essas frases motivacionais?

-porque se não fosse assim não seria ele! - disse Sakura.

- amigos melhores impossível! - disse óbito emocionado.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...