1. Spirit Fanfics >
  2. Onde os girassóis

História Onde os girassóis


Escrita por:


Fanfic / Fanfiction Onde os girassóis
Sinopse:
“E então lembrava-se de ser criança e sentir o sol queimar-lhe o rosto, da areia quente sobre os pés, do cheiro da maresia. Lembrava-se do bolo de chocolate da avó e dos resmungos do avô quando o periquito se punha num chilrear incessante que lhe incomodava a sesta. Lembrava-se de um garoto de pés descalços e sorriso travesso que desenhava na areia com um graveto, numa imagem que se assemelhava a uma velha pintura de tinta desbotada ou a um sonho distante que parecia pertencer a outra pessoa que não ele”.


woosan • PT/PT
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 36
Favoritos 15
Comentários 2
Listas de Leitura 7
Palavras 3.857
Concluído Sim
Categorias ATEEZ
Personagens San, Wooyoung
Tags Ateez, San, Woosan, Wooyoung

LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Tocam o teu rosto
2
36
3.857

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por Srta_Namtae
Capítulo 1 - Tocam o teu rosto
Usuário: Srta_Namtae
Usuário
Acabei de chegar de viagem, de uma linda, nostálgica, repleta de emoções e sentimentos belos, viagem, e ela só foi possível pois tua escrita me proporcionou tal coisa. Me senti dentro da narrativa, acompanhando Wooyoung, vendo-o crescer, sentir saudade, retornar e ter de ir outra vez, e me sinto tão feliz em poder ter sentido tudo isso ao ler essa estória, de coração, é lindo "viajar" em estórias como esta, e eu amei a experiência ❤️

Ai, meu coração doeu com a despedida, mas, mesmo sentindo que foi mais um "até logo" do quê um "adeus", o mais belo foi sentir como Wooyoung e San lidaram com tudo, com a leveza deles dois, com o carinho, com o apreço gigantesco que ambos sentiam desde pequenos um pelo outro. Me senti muito nostálgica lendo, mesmo que nunca tenha passado verões em ilha na casa dos avós, foi como se eu me conectasse com Wooyoung e ele me fizesse sentir o que sentiu em seus verões de infância, e isso foi tão lindo!!! Outra coisa que sua narrativa esplêndida me recordou, e talvez isso tenha ajudado a minha nostalgia inexplicável, foi aos filmes de animação dos estúdios Ghibli... Ela me remeteu toda a magia das animações afetuosas e fantásticas (como 'Ponyo à Beira-mar' e 'Memórias de Marnie') na forma como retratou os sentimentos, as paisagens, e os próprios protagonistas, e isso fez tão bem ao meu coração e aos meus olhos. De fato, foi uma linda e inesquecível viagem esta que fiz durante a leitura dessa estória fantástica.

Eu amei, mais do que conseguirei expressar aqui nesse comentário; apreciei cada frase, cada parágrafo, cada pequeno detalhe que fez da estória algo tão lindo e tão significativo. Estou completamente rendida ao seu talento e seu afeto com às coisas que escreve. Me encanto um pouco mais a cada nova estória sua, de verdade, por isso quero dizer que apoio você e seu trabalho incrivelmente belo e cativante.

Parabéns pela estória linda que me proporcionou uma experiência incrível, e parabéns pelo talento e dedicação. Sei que às vezes bate aquela sensação de insatisfação sobre nossas próprias obras, e sei que às vezes essa sensação vem e demora pra ir embora (ou às vezes nem vai, só fica escondida, esperando um momento pra reaparecer), mas, se me cabe dizer, obrigada por ter trazido esta estória novamente à luz do sol, pois assim pude conhecê-la, me encantar por ela e sentir um oceano de sentimentos me abraçarem enquanto lia. Obrigada por simplesmente escrevê-la! ❤️❤️❤️