História Onde tudo começou... (TodoBakuDeku) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Eu volteii pessoas! :3

Capítulo 5 - Reencontro?


Fanfic / Fanfiction Onde tudo começou... (TodoBakuDeku) - Capítulo 5 - Reencontro?

...CONTINUANDO...
Deku: E no ultimo segundo, quando eu iria me jogar e desistir de tudo... eu vi... Eu vi! Aquele menino novamente, as minhas lagrimas cessaram, meu coração desparou e eu senti um enorme arrepio, o que eu estava fazendo? Eu me esqueci totalmente o por que de eu querer me tornar um herói. 
Nunca foi pra ser o mais forte, nem para provar nada a ninguém, era pra salvar, proteger as pessoas mesmo não tendo poderes, era por isso que eu estava aqui, é por isso que eu estou aqui!
Rapidamente calcei meus sapatos, peguei minha mochila e fui correndo, sai da escola, olhei em volta sem ver mas pela direção que ele andava provavelmente iria para o metro, corri o mai rápido que minhas pernas podiam, vi meu caderno num laguinho de peixes mas nem parei, assim que passei do lado o peguei e continuei correndo em quanto o colocava em minha mochila ainda meio molhado mas nem liguei, continuei correndo e quando vi estava sorrindo, chego na estação de metro olhando para todos os lados até que o vejo entrando em um dos trens, não era o meu mas isso não ia me parar agora, eu corri o mais rápido quem consegui, mesmo assim não cheguei a tempo, mas não desisti, mesmo fora do metro procurei pelas janelas, até que... eu o achei, ele estava de pé olhando para o celular, já bem mais alto que eu ele não me viu então gritei com todas as minha forças* Todoro!!!
Todoroki: E-Essa voz, e-esse nome *Desligo meu celular olhando em volta, eu ouvi alguém me chamando, a voz está diferente, estava mais madura e ao mesmo tempo ainda fofa como sempre, eu sabia que era o garoto que me protegeu, aquele que nem sabia meu nome, Deku... demorou um pouco mas eu vi, lá estava ele, do lado de fora do metro me olhando e sorrindo, lagrimas escorreram dos meus olhos sem eu perceber, olhei para a porta que já avia fechado a um tempo, de repente o trem começou a se mover e Deku foi ficando para trás, eu em desespero fui correndo para os vagões traseiros não perdendo o Deku de vista, fazendo de tudo para aquele momento durar mais nem que fossem apenas segundos a mais, corri com tudo que tinha e cada passo dado era recompensado por ver o rosto de Deku fora do metro, sua face me confortava muito, mas infelizmente cheguei ao final, onde me debrucei a janela enquanto o olhava se afastando até sumir de vista, me sento novamente ali mesmo, limpo minhas lagrimas e sorrio ao voltar todos os meus pensamentos a o que acabou de acontecer*
Deku: *Vejo ele indo embora porém sorrio, sabendo que ele ainda se lembra de mim, decido ir pra casa, então vou para o metro que ia mais próximo a minha casa, me sento em um banco do ultimo vagão mas de repente sinto que não deveria ter entrado justo nele*
Bakugou: Você só pode estar brincando, agora até no mesmo vão que eu você vai ficar?! *Me levanto do bando onde estava com os outros dois garotos que sempre andam comigo, e como era o ultimo vagão não tinha mais ninguém ali, derrubo o Deku do banco e ele vai para trás até acabar encostando as costas na parede de trás do vagão* Eu já não te disse pra ficar longe de mim?! Você não vai a essa merda de teste de admissão está me ouvindo?!
Deku: Eu vou sim! *falo me levantando* Eu sou bem mais forte do que você, pelo meno eu defendo as pessoas, eu não sou um covarde como você, que bate nas pessoas por prazer!!
Bakugou: *Foi como se esse momento tivesse demorado uma eternidade, eu sempre bato nas pessoas que julgo fracas, o deku pra mim sempre foi uma pessoa fraca, e eu sempre senti algo por ele e não demorou pra eu saber o que era, mas sempre bati nele como batia nas outras pessoas pra me lembrar de que ele era fraco e que não me merecia de nenhuma forma, mas isso só me ajudou a me machucar ainda mais por dentro, a cada soco que eu dava nele, a cada explosão, meu coração se partia em mais pedaços, e aquela frase me mostrou de certa forma o babaca que eu estava sendo e toda a força que o Deku tinha dentro de si, minha vontade naquele momento era de abraça-lo e pedir desculpas por tudo que eu fiz, mas infelizmente, duas coisas me impediam, a poha do meu orgulho e os dois idiotas que estavam comigo...* (P: Me desculpa Deku isso vai doer em você mas acredite eu nunca vou me perdoar) *Pego o Deku pelo pescoço e o levanto alto o sufocando um pouco* Cala a boca Nerd de merda! Como você vai proteger alguém?! Você nem tem individualidade seu idiota! *O jogo com força no chão novamente com força* Você não pode proteger nem salvar ninguém, deveria ter se jogado do prédio de uma vez *Saio com os outros garotos indo para outro vagão, me sentindo mal, eu queria morrer por dizer aquilo, mas fechei a cara e fui*

...CONTINUA...


Notas Finais


Obrigado pelos favoritos e por todas essas visualizações gente, espero que vocês estejam gostando e se tiverem aguma sugestão de ideia podem deixar nos comentários que eu com certeza irei responder!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...