História One Chance - Imagine Min Yoongi (Suga) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Jay Park, Monsta X, Red Velvet, Seventeen
Personagens BamBam, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", I'M, Irene, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Joo Heon, Joy, Jungkook, Ki Hyun, Kim Mingyu, Lee Jihun "Woozi", Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Seulgi, Show Nu, Soonyoung "Hoshi", Suga, V, Wendy, Won Ho, Yeri, Youngjae
Tags Agust D, Bangtan Boys, Bangtan Sonyeodan, Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Min Yoongi, Monsta X, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 216
Palavras 1.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioi voltei galero

Espero que estejam gostando da fic :)

Boa Leitura

Capítulo 2 - Help


Fanfic / Fanfiction One Chance - Imagine Min Yoongi (Suga) - Capítulo 2 - Help

Pov. S/N


Tinha acabado de chegar no colégio com Namjoon, mas ele logo me deixou sozinha quando avistou seus amigos e eu fui pra sala. Antes de perguntarem, não, eu não fico chateada com o Nam por ele me deixar sozinha por causa dos seus amigos, na verdade sou eu que "ensinei" ele a fazer isso pois tenho muita vergonha de ficar junto com eles

Namjoon tinha amigos muito bonitos, e imagina, se eu não consigo falar nem com uma garota, imagina falar com um deles, nem pensar, morreria de vergonha antes disso. Entre seus amigos estavam Jeon Jungkook, que era o garoto mais popular da escola, Kim Taehyung, que era um garoto fofo em todo caso mas tinha seu lado safado sei disso por experiência própria e por fim tinha Kim Seokjin, o garoto que todas as garotas querem, ele é muito bonito inclusive sabe disso mas nunca vi ele ficar com ninguem

Quando cheguei na sala avistei Jeon Soyeon, irmã de Jungkook, ela é a garota mais popular da escola mas só por causa do seu irmão. Estava com suas amigas, Minnie e Yuqi, essas três eram umas das pessoas que mais me causavam problemas mas tentava não me deixar abalar

Não nego que já tentei várias coisas quando elas começaram a me zoar e até me bater quando não fazia o que elas pediam mas depois vi que isso seria uma perda de tempo. Não, elas não pararam e fazem isso até hoje, quero dizer... Até agora mesmo

- Vejo que a nerd chegou - Falou Soyeon me olhando... Todos aqui me chamam assim porque estou um ano a frente do que seria certo pra minha idade - Faça isso até a quarta aula ou já sabe - Jogou uma folha na minha mesa e saiu rindo com suas amigas, mas antes de sair parou na porta - E não quero ver nenhum erro

Não era tão difícil, ela tinha que fazer uma redação da Revolução Francesa e Inglesa, isso era um conteúdo de nono ano por ai então já sabia porém até explicar tudo seria bem demorado. Por que faço o que ela pede sem negar? Simples e óbvio, medo e vergonha

Ter criado essa timidez de tudo e todos tem seus defeitos, esse é um deles. Elas sabiam que não podia enfrenta-las e eu era o alvo mais fácil de acertar então usaram como desculpa eu ser a nerd estrangeira para zoar comigo. Sim sou estrangeira mas mesmo assim Namjoon continua sendo meu irmão de sangue, pai brasileiro, mae coreana é isso

Antes da aula começar decidi que iria no banheiro bem rápido pra não ter que sair no meio da aula e perder a explicação, sim isso soa nerdisse mas eu só me esforçava pra ter um emprego bom no futuro tá legal. O banheiro ficava perto da porta então vi que tinha começado a chover e Namjoon não iria comigo pra casa hoje então eu estava sem guarda chuva

- Ei esquisitona - Ouvi a voz de um garoto que jogou seu caderno em mim logo quando me virei... Era Jay Park, céus esse garoto não larga do meu pé - Quero que faça todas as tarefas que listei até o fim das aulas hoje - Falou mas já tinha coisas demais pra fazer

- E-eu n-não p-posso - Falei um pouco receosa e o garoto riu mas logo ficou com uma expressão brava

- Q-quer m-morrer? - Perguntou me imitando e chegando perto de mim enquanto andava pra trás com medo - Parece que não aprende que tem que me respeitar aqui neh? Quantas vezes vou ter que te bater pra aprender? - Falou dando um pula pra frente me fazendo ir pra trás e tropeçar nos meus próprios pés

Quando vi já tinha caído porta a fora da entrada do colégio, chuva caindo e me molhando, braços ralados e bunda doendo. O garoto riu e eu pensei que ele não iria sair na chuva só para me bater mas acabei me enganando, ele se abaixou até mim tirando o cabelo do meu rosto vendo meus olhos cheios de lágrimas

- Ih o que? Vai chorar? - Perguntou rindo - E-eu a-ainda n-nao a-acabei - Me imitou novamente - Sua timidez me dá tesão garota, toma cuidado - Falou me dando alguns tapinhas um pouco fortes no rosto me pegando de surpresa quando deu um tapa forte na coxa

- Você não tem vergonha de agredir uma garota indefesa assim na covardia? - Perguntou e logo te reconheci a voz rouca olhando pra trás e vendo Suga, me surpreendi por ele ter aparecido bem na hora

- Seja lá quem você for, não está de uniforme então não estuda aqui ou seja - Jay falou dando uma pausa - Vaza

- Tem razão, não estudo aqui e sou mais velho que você então tenha um pouco de respeito - Falou Suga e estranhei sua calma toda, nem parecia aquele garoto agressivo do ringue

- Me poupe dessa formalidade e da o fora, você não me conhece e nem a esquisitona aqui então da o fora - Falou Jay pegando meu braço forte tentando me levantar e me fazendo gemer baixo 

- Aah você não quer me deixar bravo amigo, larga a garota - Falou Suga mas Jay sorriu dando mais um tapa na minha coxa

- Ela é minha garota - Falou Jay e eu tremia, tanto de frio quando de medo

- Você não vai querer brigar comigo... Vai se machucar garotinho - Falou Suga e então arregalei os olhos, Jay não podia lutar com Suga, ele podia morrer se fizesse isso

- Garotinho? Você não tem noção do perigoso? - Falou Jay apertando mais meu braço 

- P-para Jay - Falou e ele me olhou rindo - N-nao f-faz i-isso é s-serio - Falei não olhando para o garoto

- Cala a boca sua vadia inútil - Falou me jogando no chão com tudo me fazendo bater os joelhos no chão e fazendo eles sagrarem

- Depois não diga que eu não avisei - Falou Suga e só vi o garoto acertar um soco no rosto de Jay que tentou revidar mas Suga desviou

Os dois começaram uma briga e Suga que não estava molhado agora está encharcado. Jay já tinha vários machucados no rosto quando a Suga ainda estava sem um arranhão. Suga começou a ficar mais agressivo e o distribuir vários socos no rosto de Jay então percebi que aquilo já estava passando dos limites e tive de parar tudo

- S-Suga p-para - Falei mas o garoto me ignorou então respirei fundo e com um pouco de dificuldade, tremendo peguei seu braço o impedindo de bater em Jay - P-para p-por favor - Ele me olhou e então se afastou de Jay

- Vão se arrepender - Falou Jay bravo e vi o inspetor passando

- Ei o que está acontecendo aí? - Perguntou o inspetor

- Merda - Falei o olhando para o mesmo

- Vem - Falou Suga passando meu braço pelo seu pescoço e segurando minha cintura - Vamo sair daqui logo - Falou e saímos rápido da frente da escola todo molhados, como eu estava? No momento pior que um pimentão de tão vermelha e tremendo muito, muito mesmo dessa vez não de frio

- O-onde está me l-levando? - Perguntei ao garoto enquanto a chuva diminuía

- Pra minha casa - Arregalei os olhos - Ei olha o seu estado, não ia querer ir pra casa ou ficar na escola assim neh - Tive que concordar - Está com frio?

- O que? A n-não - Falei, eu ainda estava com muita vergonha

- Por que está tremendo tanto então? - Perguntou e eu não sabia o que dizer então fiquei quieta escutando o garoto rir - Acho que entendi

Entramos em um prédio e depois de subir até o 2 andar de escada porque não tinha elevador ele parou pra abrir a porta. Quando entramos o lugar não era tão grande e estava bem bagunçado, papéis por todo lado, garrafas de cerveja, roupas e tudo mais não me surpreendi muito 

- Desculpa a bagunça - Falou pegando alguns papéis e jogando no lixo e tirando algumas roupas de cima da cama - Deve estar com frio

- U-um p-pouco - Falei e ele abriu o guarda roupa pegando um moletom e uma bermuda que obviamente eram suas

- Pode vestir isso por enquanto, o banheiro fica ali - Falou apontando para uma porta e eu assenti indo até o banheiro

Entrei no banheiro e tranquei a porta, me olhei no espelho e ainda estava muito vermelha, que merda porque tenho que ter tanta vergonha. Comecei a tirar o uniforme molhado e coloquei primeiro seu moletom que ficou parecendo um vestido em mim, ficou batendo no meio das minhas coxas e logo após a bermuda. Sai do banheiro encontrando o garoto já com roupas secas pegando algo na geladeira

- Ah já saiu - Falou me estendendo um suco e eu sorri fraco me curvando em sinal de agradecimento - Você é meio tímida neh?

- É-é - Falei abrindo o suco e tomando um pouco

- Quem era o garoto? - Perguntou e eu quase engasguei 

- O-o que? - Perguntei limpando a boca 

- O garoto que estava te batendo - Falou e eu pensei um pouco antes de responder

- Ele é só um babaca da minha sala - Fiquei surpresa quando percebi que não tinha gaguejado

- Hm e por que ele estava te tratando daquela forma? - Perguntou e mordi meus lábios 

- Eu me recusei a fazer o trabalho dele - Falei e o mais velho riu 

- Que idiota - Falou e eu concordei - Ei mas espera ai, se você está no colegial... Como entrou na BigHit anteontem? - Perguntou e eu fechei os olhos me lembrando que era só para maiores de idade

- E-eu estava com uma... Identidade falsa que meu irmão arranjou em algum canto - Falei e ele riu badalado

- Ta... Use essa identidade amanhã de novo - Falou e olhei confusa

- Como assim? - Perguntei

- Você disse que talvez iria na minha próxima luta... E ela é amanhã, vou gostar de te ver lá


Notas Finais


Esse capítulo até que ficou bem grandinho :)

Desculpem qualquer erro
Beijos🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...