História One different boy - L3ddy? - Capítulo 9


Escrita por:

Visualizações 47
Palavras 1.087
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pega um café e boa leitura

Capítulo 9 - He is too sweet to be like us


P.o.v   Luba

   O motorista do Lucas me deixou em casa mais eu não consegui ficar pois eu estava agoniado, triste, magoado, enganado, e acima de tudo eu estava machucado, então como não tinha nada aberto eu fui em direção a uma praça

...

   Cheguei em uma praça e já era por volta de 1:30 da manhã, eu sentei no banco e fiquei pensando em como eu não tinha percebido que havia algo errado com ele, eu ainda não tinha perdoado ele mais eu tive que mentir por que não conseguia ficar nem mais um segundo na frente de quem eu considero um assassino. Eu estava completamente envolvido em meus pensamentos que não percebi quando um cara sentou ao meu lado no banco, eu tomei um susto e pensei - porque tem um cara sentado do meu lado as 2 horas da manhã em uma praça? Será que ele vai me fazer mal? Não se ele fosse me fazer mal ele teria feito quando eu não estava prestando atenção - estava um silêncio constrangedor até que ele falou - oi

   - oi - eu respondi meio receoso e ele se apresentou enquanto apertava minha mão - meu nome é Lucas

   - o meu também

   - então meu nome completo é Lucas Lira

   - Lucas Feuerschütte - ele riu de leve e disse pra descontrair - que nome incomum - eu estava desconfiado então fui o mais direto possível - porque você está em uma praça as 2 da manhã conversando com um estranho?

   - você não é um estranho, eu te conheço muito bem - eu arrepiei de medo e disse - como assim me conhece?

   - você faz parte do meu plano de acabar com a vida do T3ddy já que ele finalmente achou o amor da vida dele - nesse momento eu tentei levantar e correr mais já era tarde pois ele segurava o meu pulso e ele falou - não adianta tentar fugir garoto você já está em minhas mãos - nesse momento eu senti ele me segurando mais forte e depois enfiou uma agulha no meu braço e em questão de segundos tudo ficou preto

...

   Eu acordei amarrado em uma cadeira em um quarto parcialmente escuro, muito frio e também muito sujo. Passaram uns cinco minutos e uma porta foi aberta e dela saiu Lucas Lira, com um sorriso no rosto ele disse - parece que finalmente a bela adormecida acordou

   - onde eu estou? - ele ignorou minha pergunta e continuou - sabe eu comecei a ficar preocupado com você porque você está dormindo a 3 dias

   - 3 DIAS?

   - eu não sabia que sua tolerância a soníferos era tão leve

   - o T3ddy e o Cellbit já devem estar me procurando - ele tirou uma faca do bolso e disse - você sabe pra quê isso na minha mão?

   - não

   - é pra você aprender a não criar falsas esperanças - ele enfiou a faca na minha perna e tirou, a dor foi tanta que eu não conseguia gritar, ele passou a mão na minha perna, sujou a mão de sangue, lambeu a mão e disse - nossa a quanto tempo eu não vejo um sangue tão doce - eu vi tudo escurecer e quase desmaiei, ele percebeu me deu um soco muito forte no rosto e gritou - OLHE NOS MEUS OLHOS ENQUANTO EU ESTIVER FALANDO COM VOCÊ CARALHO - eu levantei a cabeça e falei - eles vão me achar - ele me deu mais um soco e tudo escureceu

P.o.v   T3ddy

   Já era o quarto dia do desaparecimento do Luba, desde a primeira noite eu já sabia que Lira era responsável por isso, e eu ficava apavorado só de pensar em tudo o que ele podia fazer com o meu Luba. Eu estava na sala de aula no meio dos meus pensamentos até que Gabbie me cutucou e perguntou - tem alguma novidade sobre o desaparecimento do Luba?

   - não, eu já não sei mais o que fazer

   - calma ele vai aparecer mais cedo ou mais tarde - eu concordei com a cabeça e voltei a pensar

          ~~~ Quebra de tempo ~~~

   Já se passaram duas semanas e eu estava completamente desesperado e Rafael também mas ninguém sabia de nada, era como se ele tivesse sumido no ar. Eu não fui pra escola eu decidi ir até a casa do Luba

...

   Cheguei lá e entrei pela janela pra procurar alguma pista e infelizmente parecia que ninguém passava ali a muito tempo, eu estava no segundo andar até que decidir descer pra sala, eu desci a escada e a sala estava completamente escura. Eu entrei na sala e pra minha completa surpresa e infelicidade Lucas Lira estava sentado sentado no sofá, ele me olhou com um sorriso e disse - procurando alguém?

   - você já sabe muito bem quem eu estou procurando

   - você está falando do Lubinha?

   - você está com ele certo? - eu perguntei com um pouco de raiva na voz, ele ignorou minha pergunta e me provocou - o sangue dele é doce não é mesmo?, sabe eu provei bem mais de uma vez - ele sorriu e eu prensei ele na parede e falei - O QUE VOCÊ FEZ COM ELE?

   - tudo o que eu acho divertido - ele parecia feliz em me ver naquele estado e em um esforço mínimo ele me empurrou e eu caí no chão, então ele falou - ele adorou provar sangue pela primeira vez - ele foi embora e meu mundo caiu, eu fiquei sem chão e falei mesmo estando sozinho - o que ele fez com você meu Luba? - será que ele realmente tinha feito do Luba um monstro com nós? Eu fiquei deitado no chão e chorei, depois de tantos anos sem nenhum sentimento por ninguém eu estava chorando pelo Luba e decidi que eu ia achar ele custe o que custar

P.o.v  Cellbit

   Eu estava assitindo série na Tv quando recebo uma ligação do T3ddy

Ligação on <><><><>

R: alô Lucas

T: eu sei com quem ele está

R: com quem?

T: Lucas Lira

R: você falou com o Lira?

T: sim

   Ele me contou a história e eu arrepiei com a última parte

R: você acha que ele tranformou o Luba?

T: ele é capaz de tudo

R: você tem alguma ideia de onde ele pode estar?

T: sim, mais eu te falo pessoalmente

R: ok

Ligação off <><><><>

   Eu estava tremendo de nervoso e de medo dele fazer alguma coisa com ele.

Ele é doce demais pra ser igual a nós

Continua...



Notas Finais


Será que ele tranformou o Luba ou era só pra assustar?

Hehehe

Descubra no próximo capitulo

(Ps. Desculpa os erros é porque eu tenho preguiça de revisar)

- H.T


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...