História One For Two - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lgbt, Romance, Treesome, Yaoi
Visualizações 69
Palavras 730
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Lágrimas galera! Último capítulo e eu agradeço cada comentário e pelo seu gosto! Eu estava escrevendo essa estória a muito tempo, só agora eu terminei. De cara eu pensei em fazer uma estória e claro que tudo que escrevi aqui, veio da minha mente.

Foi muito bom ter o apoio de vocês! Nos vemos em breve!!

Capítulo 23 - "Felizes Para Sempre!"


    Apenas eu e Haru ficamos conversando.

- Realmente, eles são uns fracos.- Ele ri, apontando para a porta que leva para um quarto pequeno do barco.

- Tairu, que tal eu e você...dá um mergulho?- Pergunta tirando sua blusa e abrindo seu zíper.

O quê?! Nessa hora? Nesse frio? Desvio o olhar e retiro meu casaco e minha blusa, olhando para ele. Ele retira sua calça e cueca, me fazendo corar.

- Vem, eu te seguro.- Seguro em sua mão. Sorrimos.

- No três a gente pula.

- E se for fundo? E se ter...- Antes de termina, ele segura meu queixo e me dá um beijo rápido e seco.

- Tá tudo bem, Tai.- Antes mesmo dele contar, sou puxado e pulamos na água fria daquela noite maravilhosa.

- Aiih! Por que você na....- Antes de eu termina, ele me puxa e me beija, deixando nossos corpos colados.

Retribuindo o beijo, coloco minhas pernas em volta de sua cintura, sem parar nosso beijo demorado.

- Hm...- Haru para o beijo me olhando. Ele aperta minhas nádegas e começa a beijar meu pescoço.

- Ahm.....H-haru...eu amei mais cedo...

Solto um gemido alto pelo chupão.

- Amor, sei que está bom, mas as pessoas tem ouvidos....ou você quer que elas escutem? Eu também amei e que alívio de você ter aceitado!

- B-baka...(Idiota em japonês)

Ele segura em minha cintura. Mordo meus lábios sorridente.

- Sei que você gosta...- Sussurra, fazendo carinho em meu rosto.

Nesse momento, apenas esse momento importa, apenas sorrisos e risadas importam. Somente agora, seremos eu e ele, perdidos em pensamentos românticos.

─══─━══─⊱✠⊰─══━─══─

    Suspiro, olhando o sol nascer e vindo com ele o frio. Olhando em volta e quase me esquecendo que o nosso final de semana foi em um barco em Beilra Mary (Nome da praia). Me levanto e vou até a porta, abrindo-a e vendo os três apaixonados se amando. Sorrio ao ver eles fazendo carinho um no outro.

- Vocês se amam mesmo em.- Meu sorriso continua, tendo agora à atenção deles.

- Bom dia, Daniel.- Diz Tairu e os irmãos piscam.

Acho que não tem problema atrapalhar um pouco. Vou para perto deles e me sento na cadeira de praia. Começamos a conversa sobre diversas coisas e como o trabalho nunca ficou de fora...

- Eu acho que é melhor tirarmos mais dias de assim. Adorei fazer amor no mar.

Eu e Naru o olha com cara de surpresos, deixando Tairu vermelho como um tomate.

- B-baka! (Idiota em japonês) Eu disse para não contar!

- Tudo bem...mais tarde é minha vez.- Diz safado.

Sorrio, vendo os três se baterem com os travesseiros.

[ Só esses três mesmo. ] Acho que não tem problema se apaixonar e querer casar antes de completar anos de namoro. Eu também quero me casar ou namorar, só tenho que esperar o tempo certo para encontrar minha alma gêmea.

Solto um suspiro, vendo eles tirarem ímpar e par para ver quem irá namorar Tairu hoje. Sorrio.

- Bem...se os dois estão nessa, melhor os dois de uma vez.

- Daniel! ME AJUDE E NÃO ME AFOGUEEE!

Rimos com a reação dele. Acho que esse pedaço fica para depois.

Dois anos depois

    Aperto o braço de Daniel, deixando minhas lágrimas fazerem um caminho até meu queixo. Sorrio de nervoso para os dois homens que me olham sorridentes no altar.

- Não chore muito.- Ele me olha de canto, sorrindo - Pode acabar deixando o bebê triste.

- Acho que hoje eu posso.- Rio baixo, caminhando calmamente pelo enorme tapete vermelho, com todos os meus amigos de trabalho e até os da época da faculdade, me olhando e desejando felicidades. Os familiares de Naru e Haru também, principalmente a mãe deles. São dois anos de felicidade, amor e confiança. Acredita que eles me fizeram entrar em um vestido de noiva? Estou tão feliz. Muita coisa aconteceu, momentos bons ao difíceis! Também houve muitas alegrias, as que são necessárias para ser feliz e eu sou grato por isso. Saber que você faz parte da vida de alguém, nunca será pouco.

- Espero que tenha cuidado bem do nosso noivo.- Sorrimos e Daniel retribui.

- Meu amor....- Assim é demais. Eu não aguento. Quem aguenta? Sempre tem choro no casamento.

- Palmas para os recém-casados!

Hoje é o dia mais feliz da minha vida e é hora de ser Felizes Para sempre!.


Notas Finais


Obrigado por acompanhar! Eu agradeço a todos! E viado, eu to querendo chorar, okay?
Eu já escrevi no Spirit, mas essa fic irá ficar para o resto da minha vida, aqui e no meu coração, porque escritor que é escritor, sabe o que eu estou falando. Um grande abraço!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...