1. Spirit Fanfics >
  2. One hot >
  3. One

História One hot - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


.

Capítulo 1 - One


Um casal de amigos passava sua noite em parque e diversão alegres e muito felizes. Resolveram passar a noite naquele parque, correram para um brinquedo que se chamava casa do terror é ficaram lá no escuro até de madrugada. Quando já se passava das 2:40 da manhã, eles sairam de lá bem levantamentos é fazendo o mínimo de barulho possíve, eles não podia ter o risco de ser pegos.

Depois de ter conferido vendo que não havia ninguém no parque resolveram ir em alguns brinquedos, mas é claro que eles não desfrutaram apenas disso. Na bolsa onde a menina estava carregando tinha muitas garrafas de bebidas alcoólicas e alguns cigarros. Eles já estão um pouco fora da própria consciência. Eles já estavam fora do controle de tudo e, poderiam está fazendo uma grande burrada. Sentados em uma cabine da roda gigante ele percebia os olhares que a amiga lançava em sua direção, é claro que se eles estivessem sóbrios nada disso que está por vir teria acontecido.

– O que foi???

– Nada.

Deixando isso meio de lado ele leva seu cigarro em sua boca e logo depois deixa a fumaça sair por sua boca. Aquilo estava sendo um prazer e tanto pra garota, lambendo seus lábios ela se aproxima de seu "amigo". Vendo a aproximação dela, ele paralisa . Ele sabia o ela queria, e achava ela gostosa e sexy, não iria perde uma dessa. A mão da menina vai para a perna do homem, que vai subindo cada vez mais é claro que ele aproveitou e foi abrindo o zíper de sua calça para que ela fizesse um oral. Depois de ter aberto o zíper, ele retira o seu pau de dentro das calças e logo as mãos dela vai para o membro. Ela primeiro massageia com as mãos com movimentos de vai e vem, ela olha para ele e ver que ele quer isso, então ela troca sua mão por sua boca.

É claro que ela começa lambendo toda a extensão do membro fazendo movimentos circulares com a língua na ponta dele, para logo em seguida coloca todo o membro dentro da boca. Ela começa devagar, com movimentos bem devagar fazendo ele enlouquecer, depois de um tempo ela começa a almentar a velocidade de suas investidas em sua boca. Ela não deixaria ele gozar em sua boca , não era ali que ele iria gozar mas sim em outro lugar. Querendo que ela aumentasse a velocidade ele pega em sua cabeça e força ela a engolir todo o seu pau que não é pequeno, obedecendo ele, ela vai dando mais velocidade mas tendo cuidado para não se engasgar, depois de um tempo ela só sente o líquido quente em sua boca e decidindo que iria engolir ou beber. Ela resolve beber tudo sem deixar nenhuma hora cair, e terminando de engolir tudo ela lamber os lábios e olha para o rapaz com uma cara sexy.

– É isso ai.- diz ele arrumando o cabelo da garota.

– Eu quero mais!

Ele sorri, ele sabia do q ela estava se referindo, e ele daria isso. Ele baixa mais um pouco suas calças, dando mais liberdade para seu membro que estava super animado. Ela como estava de saia apenas tira sua calcinha e vai sentando em cima dele, ele não a penetrou ainda, então ele desceu sua mão para clitóris dela. Ele começa a massagear, ele sente que já está ficando inchado e pega seu membro e passa em sua buceta, fazendo gemer, fazendo isso algumas vezes ele mete nela sem dor. Ela começa gemer só de sentir o membro dele dentro dela, então ela começa a se movimentar, e gemer muito e não só ela, mas o rapaz também. Naquela cabine as única coisa que se ouvia era gemidos e mais gemidos, em período de tempo ele vê que ela não está tendo mais forças então ele segura em sua cintura e faz ela se movimentar mais, a menina joga sua cabeça pra trás quase chegando em seu limites e em segundos ela chega em seu ápice. Deixando seu gozo escorrer em sua perna ela deixa seu corpo cair ao dele colocando sua cabeça no ombro dele. Ele ainda não tinha chegado ai seu máximo, então ela ajudou tentando se movimentar e em minutos ele também tinha gozado.

Ficaram lá por alguns minutos e depois de entediados se arrumaram e saíram de lá,como se nada tivesse acontecido, como se fossem pessoas desconhecidas que nunca iriam ver depois daquilo, depois que saíram do parque entraram em seu carro e seguiram a estragada em um silêncio torturante.


Notas Finais


.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...