História One last Chance - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bruna Linzmeyer, Fiuk, Juliana Paiva, Lua Blanco
Tags Romance
Visualizações 15
Palavras 777
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capitulo pra todos que estava esperando ....

@BechloeSendrick

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction One last Chance - Capítulo 2 - Capitulo 2

 

 

 

 

 

 

 

 

Ponto de vista Simone

 

 

Simone correu para sem olhar pra trás e desabou sobre o sofá chorando com nunca na vida a última coisa que queria era brigar com o primo ainda mais por um motivo tão idiota Ivan nunca tinha gritado comigo.

 

Ao longe escuta buzina e depois uma estrondo

 

-Ivan-falou em desespero correu porta a fora não esperou a elevador quando chegou ao térreo tinha algumas pessoa na rua

 

Mais a frente um caminhão tinha batendo em um carro

 

-Ivan....

 

 

-Simone meu amor acorda- falou alguém ao longe

 

Simone apenas queria acorda desse pesadelo

-NÃO –Gritei

 

Simone olhou me volta de seu quarto não estava na sala

 

Como cheguei aqui eu estava na sala lembro de ter brigando com Ivan ... um acidente

 

 

-Simone acorda sabe que sua mãe detesta esperar para o café-Falou um homem que eu nunca tinha visto estava se vestindo.

 

Como esse cara tinha entrado aqui

 

-AI MEU DEUS UM TARADO PAI...- GRITEI

 

-Que Simone que história e esse de tarado sou eu seu marido –falou ele se aproximando

 

-Marido coisa nenhuma eu não tenho namorado imagina marido- falei desesperada

 

Eurico que ouviu os gritos da filha vai ver o que estava acontecendo.

 

-Que gritaria e essa- perguntou ele chegando ao quarto

 

-Pai- Simone corre até ele o abraçando

 

É impressão minha ou ele está mais velho.

 

-O que foi minha filha- pergunta ele vendo a filha desesperada

 

- Quem e esse homem ele dizer que e meu marido mais eu não sei quem e- exigiu

 

-Simone que história somos casados – responde o rapaz

 

-Claudio que foi que aconteceu ontem-pergunta Eurico

 

-Espera Claudio o ex do Ivan...-exclamei o encarando

 

Ele também parecia mais velho o que está acontecendo aqui

 

-Ex de quem ...Silvana vem aqui- pediu Eurico

 

-Que foi homem- reclamou ela

 

Simone olha para sua mãe que parece estar mais velha do que se lembrava

 

-Eu e que te pergunto o que vocês fizeram ontem Simone não recomeceu o marido e esta dizendo que ela namorava o Ivan- diz

 

-Vocês dois vão tomar café e me deixei falar com ela a sós-mandou ela

 

As duas ficam sozinha no quarto Silvana mandou a filha tomar banho talvez estivesse confusa com os acontecimentos dos últimos dias.

 

-Agora me conta o que ouve- pediu ela

 

-Mãe o que está acontecendo porque vocês parecem mais velhos e o que o Claudio estava fazendo no meu quarto...- Indaguei.

 

-Qual a última coisa que você se lembra de ontem-perguntou Silvana

 

-Lembro de tem saído com a Ellis, Biga e o Ivan encontramos a Cibele eles dançaram eu fiquei com ciúmes...- contei

 

- Você com ciúmes do Ivan com a Cibele- admirou-se – Pensei que vocês já tivesse passado dessa fase-completou

 

-Continuando o Ivan me trouxe pra casa a gente brigou e ele saiu ....

 

Lembrei do Acidente do carro todos destruído queria mais do que nunca ver o primo sabem como ele estava.

 

-Eu preciso falar com ele- falei me levantando- Eu briguei com ele ontem quero falar com ele pessoalmente.

 

 

 

Só de lembrar do acidente deixava aflita

 

-Espera eu vou com você-respondeu Silvana

 

No caminho pensei com seria olha-lo pedir desculpas não seria suficiente como poderia exigiu algo ele errou em ter Gritado mas eu tinha errado me achar que ele não saber se cuidar sozinho ....

 

-Vamos filha- Chamou Silvana era estacionamento da empresa o que elas estava fazendo aqui

 

-Mãe o que nós estamos fazendo aqui- perguntei

 

-Vamos ver seu Primo-respondeu

 

-Ele não está no hospital- perguntei

 

-Hospital o que você não me contou Simone- perguntou Silvana

 

-Bom dia dona Silvana e senhorita Simone em que posso ajudar- perguntou a secretaria.

 

- Bom dia Luiza o Dr Ivan está- perguntou minha mãe ela fez uma ligação.

 

-Ele se encontra na sala dele- respondeu

 

-Obrigado-disse minha mãe.

 

Segui minha mãe para uma das salas

 

 

-Silvana...- falou Ivan

 

Corri para abraça-lo vi que ele estava bem quando lembro daquela briga, do carro destruído aquela sensação de medo perde-lo para sempre era com perder parte de si mesma chorou novamente

 

-O que aconteceu Simone- perguntou Ivan vendo o estado da prima enxugou o rosto dela.

-Eu pensei que tivesse te perdido- engasgou- Me desculpa eu não queria ter dito aquilo a culpa foi minha a briga... o acidente ....

-Simone me perdido, Briga, acidente que história e essa…-Perguntou Ivan confuso mesmo assim continuou abraçando a prima quem saber com ela mais calma poderia saber o que estava acontecendo de repente alguém entrou na sala

 

-Olha Simone até poderia ficar com ciúmes se não soubesse que vocês são apenas amigos- falou Cibele- Ainda bem que sou uma namorada compreensiva

 

 

Olhei para Cibele que estavam nos encarando

 

 

- Namorada...


Notas Finais


EITA QUE O NEGOCIO ESTÁ COMPLICADO PRA Simone


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...