História One life, one history - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Billie Eilish
Personagens Billie Eilish, Personagens Originais
Tags Billie Eilish
Visualizações 24
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Literatura Feminina, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu acho que eu voltei, só acho, se eu sumir é pq eu acho... kkk
Aaaaa

Capítulo 5 - Certamente eu não tenho criatividade para fazer um título...


Capítulo anterior

S/n: Ok, eu aceito, mas só desta vez, dá próxima eu pago.

Billie: então tá, se você ta falando. Você que manda garotona.

Billie pediu outro suco para mim, enquanto o outro garçom limpava a sujeira do chão. 

John recebeu uma ligação, então ele teve que ir. Ele disse que era coisa pessoal e não nos contou.

Então ficou eu e Billie no restaurante (lanchonete) *não lembro o que escrevi no cap anterior*

Ficamos conversando, nem vi o tempo passar, até que meu celular toca... é o meu namorado me ligando, eu atendo e ele fala que vai chegar tarde. Pelo menos dessa vez ele avisou. Fiquei magoada, pois eu e ele estávamos nos afastando, Billie percebeu a minha mudança de humor.

Billie: O que aconteceu? *ela faz uma expressão de dúvida*

S/n: o que, o que?

Billie: Que?

*começamos a rir, e ela pergunta novamente*

Billie: O que aconteceu, por que está triste?

S/n: Eu não estou triste... (Eu rio enquanto sai uma leve lágrima do canto direito do meu rosto) Merda, maldito ninjas cortadores de cebolas. *rio novamente*

*Billie olha pra mim com uma carinha de... Ah, que amor...*

Billie: Tem certeza? *ela fala em um tom meio sério, mas com um toque de humor*

S/n: Ah, Billie, eu não sei *encosto minha cabeça no ombro dela* Sabe, tipo, meu namorado me cansa... 

*Billie corresponde e coloca sua cabeça sob a minha, e não diz nada esperando que eu continue*

S/n: Eu simplesmente estou desistindo de tentar. Sabe?

Billie: uhum... (ela parecia estar aproveitando o momento)

S/n: Parece que ele se cansou de mim...

Billie: ou, isso é um pouco impossível *disse-a me interrompendo*

(Eu apenas a ignorei e continuei falando)

S/n: Ah, que ódio! *Falo enquanto lágrimas caem do meu rosto*

(Ela passa a mão no meu ombro e começa a mexer no meu cabelo)

Billie: Relaxa, eu tô aqui, vai ficar tudo bem, ele é um babaca.

*ficamos abraçadas por um longo tempo, aquela sensação era tão boa, parecia que todos os meus problemas tinham acabados*

*quebra de tempo*

Ok, agora é sério, estava muito tarde... e nós estávamos ali batendo altos papos, até que olhei meu relógio, e vi que realmente precisava ir, sinceramente eu nao queria, podia ficar a noite toda ali, estava tão feliz.

S/n: então... Acho que é melhor eu ir.

Billie: Ah, só mais um pouco, por favor...

S/n: Billie, tá tarde já.

Billie: por favor, por favor, por favorzinho.

*deu um aperto no coração em ter que negar esse pedido*

S/n: Billieeee... aaaa, eu não posso.

*Ela apenas acena com a cabeça acenando que sim*

Billie: hã, já sei.

*faço um gesto para que ela continue o que ela estava falando*

Billie: o que você acha... *ela faz um suspense, eu sinceramente não estava gostando daquilo* de... dormir na minha casa hoje?

*Eu olho pra ela com uma cara de merda, fazendo ela rir*

Billie: Não? Haha

S/N: Billie, acho melhor não, você tem show amanhã, precisa descansar...

Billie: Ah, é mesmo, tem razão, porque se você estivesse lá, nós não íamos dormir. *ok, eu admito que fiquei constrangida ao ouvir aquilo* nós íamos fazer guerra de travesseiro, bolinhos, assistir filme, pular na piscina as 4 da manhã, e MUITA coisa divertida... aaa

*Eu rio, sinceramente eu queria ir, mas não queria incomodar ninguém. Ficamos paradas nos encarando por alguns segundos*

Billie: então a única coisa que eu posso fazer é levar a donzela para casa.

S/n: Olha, Billie...

Billie: aqui, dá pra parar. Vou te levar é ponto final. (Ela ficou um pouco agressiva) 

*paguei minha parte da conta e ela a dela*

(Ela chamou o motorista dela que rapidamente chegou no local)

*quebra de tempo* 

S/n: chegamos *Eu disse* ( minha voz falhou um pouco em dizer essa palavra)

Billie: éh... Então tá, nos vemos amanhã?

S/n: acho que sim, se eu não morrer...

Billie: por que você morreria?

S/n: Eu sei lá, vai que eu me afogo com a água do chuveiro.

Billie: Olha, ela toma banho, um ponto positivo (ela dá uma risada sacastisca)

S/n: a t a ! *digo já abrindo a porta do carro e me retirando* 

(Billie desce a janela e solta um grito)

Billie: TCHAU, GAROTONA! 

*Ela ficou me olhando até eu abrir o portão e entrar*

Entro dentro de casa e começo a cheirar minhas roupas. Porquê caralhos... ela falou de uma maneira sarcástica que eu tomo banho. Será que eu tô fedendo? Começo a me cheirar toda igual uma retardada. 

Não, eu não estou fedendo.









Notas Finais


Então, espero que gostem.
Estou um pouco travada ainda, mas esse ep foi um pouco maior, espero que tenham gostado.
Me sigam no insta... Mentira não me segue não pq eu não vou passar ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...