História One love complic... Imagine Eunwoo -(ASTRO) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, MJ
Tags Astro Romance
Visualizações 313
Palavras 2.524
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello genti... aqui está o último capítulo espero que gostem..

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction One love complic... Imagine Eunwoo -(ASTRO) - Capítulo 2 - Two

    -E..Eunwoon -Gemi rente ao seu ouvido, enquanto ele dava entocadas fortes e certeiras, eu ja não estava aguentando e acabei gozando, mais umas três entocadas e o mesmo gozou caindo em cima de mim, sim não conseguimos parar com aquela loucura e isso já faz 3 semanas, e sim semana que vem ele vai se casar com Kristal.

    -Eunwoo, eu preciso ir embora- falei baixo acariciando seus cabelos úmidos, me doía dizer essas duas palavras eu queria muito ficar e passar a noite toda em seus braços fortes e quentes mas ele amava kristal e eu era só a outra.

    -Tá  - ele saiu de cima de mim se levantando e tirando a camisinha de seu membro, me levantei vestindo minhas roupas -Quer que eu chame um táxi?

    -Pode ser - Peguei meus saltos e minha bolsa.

    -Ele já está vindo.

    -Boa noite - assim que cheguei em casa me joguei na cama olhando o teto, o que eu tô fazendo com a minha vida? Estou me machucando cada vez mais, me levantei indo tomar banho quente, algumas marcas em meu corpo arderam ao se chocarem com a água morna, depois de ter me trocado fiz algo para comer, ouvi meu celular tocar e vi que era Sun.

    Chamada On

    -Oie

    -Oi migah o que acha de irmos ao shopping amanhã?

    -Pode ser, não tenho nada a fazer.

    -Não marcou com Eunwoo?

    -Para com isso o que eu e ele temos além de ser errado é só sexo.

    -Ata pode ser as 10:00?

    -Ta agora vou comer tchau

    -Gulosa tchau

    Chamada off

•Dia seguinte•

    Recebi uma mensagem da Sun falando que já estava me esperando, desci correndo dando um tchau rápido para o porteiro.

    -Que demora -ela falou assim que entrei no carro.

    -Não tava achando minha carteira -ela assentiu, logo estávamos no shopping andamos por algumas lojas, até que eu vi um vestido lindo na vitrine de uma loja.

    -Eu nunca vou usar um vestido desse -falei triste.

    -Não pensa assim amiga um dia vai ser a sua vez.

    -Não o homem que eu mais amo vai casar com outra, que não merece o que estamos fazendo e, é ela que vai entrar num vestido desse não eu -falei triste olhando mais uma vez o vestido.

    -Ei eu não quero te dar esperanças, mas vai que ele gosta de você.

    -O quê? Nunca ele ama ela.

    -Se ele a amasse ele não teria um "caso" com você.

    -Se ele gostasse de mim já teria terminado com ela e não estaria entrando numa loja de ternos para casamento agora -apontei para outra loja um pouco longe de nós onde ele tava com dois de seus melhores amigos Jinjin e Mj.

    -Vem vamos comer - ela tentou terminar com o clima ruim, fomos a uma lanchonete ali no shopping e fizemos nosso pedido.

    -O que acha de nas nossas férias viajarmoa para algum lugar -ela falou animada.

    -É pode ser -eu falei sem ânimo.

    -Que alegri S/n -falou irônica.

    -Eu não estou com pic para viajar Sun.

    -Você devia tentar o esquecer, e viajar é a melhor maneira -fala como se fosse óbvio.

    -Ta bom, vamos viajar hurull -Ergui os braços como se estivesse feliz.

    A semana que passou corrida por causa do casamento do Eunwoo e a minha alegria já estava lá embaixo, fiquei sabendo que hoje de tarde a senhorita kristal havia chegado, e onde estou eu agora em uma boate que nem sei o nome já que Sun me arrastou para esse lugar e já sumiu, eu conversava com o barman enquanto tomava minha coca.

    -Um wiski por favor -aquela voz -S/n?

    -O.Oie o que faz aqui? - idiota o que ele estaria fazendo em uma boate um dia antes do casamento.

    -Os garotos me convenceram a fazer uma despedida de solteiro... E você?

    -Sun me arrastou para cá, eu sou mais caseira.

    -Não sabia disso.

    -Você não sabe nada sobre mim -falei calma mas sou ignorante -Desculpe não queria ser ignorante.

    -Tudo bem você está certa -ficamos conversando um bom tempo, eu queria falar a ele tudo que eu sentia pelo mesmo mas eu não posso.

    -O que acha de sairmos daqui?

    -Pode ser -passamos por todos, e fomos até seu carro, com certeza iríamos para sua casa, me surpreendi quando mesmo parou em frente à praia ele saiu e eu fiz o mesmo.

    -Porque viemos a praia? -perguntei enquanto sentávamos na areia.

    -Eu  gosto de vir aqui para pensar colocar as ideias no lugar -ficamos quieto por um tempo somente apreciando o mar.

    -Eunwoo - o chamei baixinho.

    -Hum?

    -Eu acho melhor esquecermos o *caso* que tivemos.

    -Por que?

    -Eunwoo você vai se casar amanhã e eu sei que para você eu não passo de uma simples diversão.

    -Mas porque isso agora S/n -ele parecia confuso.

    -Eu não quero ser a amante Eunwoo, eu quero ser mulher, namorada, esposa.

    -Como assim?

    -Eu te amo e quero ser amada também, quero poder dizer que você é meu e eu sou sua sem medo -falei chorando e ele arregalou os olhos.

    -Por que não me contou isso antes? -eu ri irônica.

    -Você iria desmarcar seu casamento um dia antes por mim? -ele negou -Então?

    -S/n... Eu não posso fazer isso em cima da hora, meus pais ficaram muito decepcionados e meu pai pode até tirar meu cargo na empresa.

    -Pra você importa mais seus pais e seu emprego do que ser feliz com a pessoa que ama - falei cabisbaixa.

    -S/n eu...

   -Chega, é melhor cada um seguir seu destino e não se preocupe comigo, segunda mesmo eu peço demissão e não irei contar a ninguém o acontecido -me levantei rápido e sai correndo, segurei minhas lágrimas e ligue para um táxi.

    Quando cheguei em casa desabei em choro, meu coração está em pedaços, eu estava um caco tanto por fora como por dentro, chega a partir de agora eu vou parar de ser idiota e vou 
o esquecer, amanhã ele vai casar e seguir a sua vida.

    Acordei com meu celular tocando atendi o mesmo até sem olhar quem era.

    -Alô

    -S/n, se ainda está dormindo?

    -E se tiver

    -Você não vai ir ao casamento

    -Pra sofrer mais não obrigada tchau.

    Desliguei na cara da mesma, olhei as horas e já era 15:25, nossa eu dormi bastante, resolvi fazer alguma coisa para não lembrar que hoje o homem que eu amo vai casar com outra, olhei as horas será que ele já estava casado? Com certeza, ouvi batidas na porta quando eu abri fiquei surpresa.

    -Eunwoo?... O que está fazendo aqui?

    -Eu não podia me casar com alguém que eu não amo e acabar o resto da minha vida -ele falou rápido.

     -Mas a kristal ela...

     -Ela também me traia e ia se casar comigo só porque estava grávida de outro, e isso só me incentivou mais a vir atrás de você -eu ainda estava em choque com tudo o que ele falou.

    -Para, você não deveria estar aqui, por mais que ela também tenha se traído ainda tem seus pais, você é meu chefe e sabemos que isso é errado.

    -Eu não ligo se meus pais me odiarem se eu perder meu emprego eu arrumo outro o que importa o que estarei ao seu lado sendo feliz, me perdoa pelo que eu te falei ontem... Eu te amo -arregalei meus olhos com sua confissão.

    -Eu também te amo -ele deu aquele sorriso lindo que eu amo e me abraçou, deixando sua cabeça repousar em meu ombro, comecei a acariciar seus cabelos, ele levantou a cabeça me beijando calmo e cheio de amor.

    -Bom eu não tenho nenhum anel mas... Aceita namorar comigo?

    -Sim -o abracei com força sorrindo.

    Levei minhas mãos até seu pescoço o puxando para um beijo que começou calmo, logo se tornando necessitado sua língua adentrou minha boca se entrelaçando a na minha calsando uma batalha, senti minhas costas baterem contra a parede, suas mãos foram pra barra da minha camiseta levantei os braços ajudando ele a retirar minha camiseta, sua boca desceu pro meu pescoço deixando marcas e mordidas, minha mão estava entrelaçada em seus cabelos enquanto a outra apertava seu ombro, as mãos de Eunwoo foram para minha bunda me puxando para cima, me fazendo entrelaçar minhas pernas em sua cintura.

    -Eunwoo...-gemi  assim que senti nossos sexos se chocaram e percebi que ele, ja estava bem duro, ele me puxou pra outro beijo, enquanto suas mãos passeavam pelo meu corpo.

    Minha mão apertava seus cabelos enquanto a outra arranhava seu abs, sentia ele se contrair com meus toques, ele me levou até o quarto e me jogando na cama sem nenhum cuidado ele tirou sua gravata, me ajeitei na cama, senti Eunwoo levar minhas mãos ate a cabeceira da cama amarrando meus pulsos com sua gravata. Ele começou a beijar meu pescoço me arrepiando, começou a dar lambidas entre o lave dos meus seios me fazendo arfar, suas mãos foram até minhas costas desabotuando o fecho logo o retirando do meu corpo, ele começou a passar sua língua quente pelos meus seios me fazendo gemer um pouco alto.

    Eunwoo voltou a brincar com os meus seios me fazendo revirar os olhos e morder os lábios pra não gemer alto.

    Seus beijos desceram passando pela minha barriga até chegar ao cós do meu shorts, o abrindo logo o retirando do meu corpo.

    -Já está assim baby...-falou começou a passar seus dedos por cima da minha calcinha fazendo ela ficar mais encharcada do que já estava -Você não sabe a vontade que eu to de te foder -sussurrou no meu ouvido me fazendo ficar mais exitada.

    -Eunwoo -falei irritada quando ele rasgou minha calcinha.

    -Depois eu te compro quantas quiser -falou logo beijando minha coxa subindo até minha intimidade seus dedos começaram a raspar sobre meu botaozinho me fazendo arquear as costas e gemer meio baixo.
  
    -O que você quer baby...hm? -falou me provocando -Só falar baby que eu faço.

   -Me chupa..daddy -gemi assim que senti Eunwoo introduziu dois dedos de uma vez em minha íntimidade, logo começou a movimentar seus dedos dentro de mim, enquanto eu tentava gemer baixo, levou sua boca até minha intimidade senti sua língua em minha entimidade, me causando mais prazer.

    -Eunwoon...e.u..vou - falo.

    -Goza pra mim...baby- falou logo sinto espasmos pelo meu corpo, logo me derramando em seus dedos, castigando meus lábios, logo me deu um beijo calmo, separamos assim que o ar fez falta.

    -Me solta daddy...eu quero te tocar -falei próxima ao seu ouvido vendo ele se arrepiar, suas mãos foram até meus pulsos os soltando troquei nossas posições ficando por cima dele sentando em seu colo, deixei um selarar em sua boca logo desci para seu pescoço dando mordidas fracas ouvindo Eunwoo arfar, comecei a diatribuir chupões pelo seu abs e pescoço vendo Eunwoo se arrepiar com meus toques, comecei a rebolar em cima de seu membro ficar mais duro.

    -haa...s/n..-Eunwoo gemeu arrastado assim que coloquei minha mão dentro de sua cueca massageando seu membro, tirei sua cueca vendo seu membro saltar pra fora Eunwoo era muito grande, levei minhas mãos até seu falo começando a massagear o mesmo ouvindo Eunwoo gemer baixo.

    -Oque você quer que eu faça daddy...hm? -falei o provocando também.

    -Baby...me chupa..quero sentir sua boquinha no meu pau -falou arrastado abocanhei seu membro fazendo movimentos de vai-e-vem ouvindo Eunwoo gemer meio alto -Isso baby...que bo..quinha maravilhosa -Eunwoo levou uma de suas mãos ate meu cabelo fazendo um rabo de cavalo desajeitado começando a ditar os movimentos, senti seu membro engrossar e logo gozando em minha boca, engoli tudo sem deixar uma gota.

    Sentei em seu colo outra vez começando a rebolar devolta as mãos de Eunwoo foram até minha cintura me fazendo rebolar com mais intensidade sentindo ele ficar duro outra vez, ele trocou nossas posições me deixando por baixo,  sua boca encontrou a minha começando um beijo exitante, Eunwoo se posionou entre minhas pernas, esfregando seu membro em minha intimidade me fazendo revirar os olhos.

    -Anda logo... Eunwoo-implorei para ter ele dentro de mim.

    -Pede com jeitinho amor -falou simulando entocadas pra me provocar.

    -Me fode daddy...por fav...HAA- gemi alto assim que Eunwoo entrou fundo em mim me fazendo delirar de prazer suas entocadas eram lentas e fundas eu me contia pra não gemer alto, Eunwoo entrelaçou uma de nossas mãos indo mais fundo me fazendo arquear as costas enquanto minha outra mão maltratava suas costas.  Eunwoo me completa tão bem voltei a realidade quando a boca dele foi até um dos meus seios o mordiscando o quarto ja cheirava sexo.

    -Eunwoo... hmm -gemi em seu ouvido.

    -De quatro baby -falou em meu ouvido, logo saindo de dentro de mim, me posicionei na cama empinando bem pra ele, logo senti um tapa ser desferido na minha nádega direita me fazendo gemer de dor e prazer -Gostosa -falou logo me penetrando fundo outra vez, me dava tapas que me deixavam mais exitada, sua mão se emprenhou em meu cabelo e puxou me fazendo grudar as costa em seus peitoral, me entocando mais fundo acertando meu ponto G, sua outra mão foi até meu seio esquerdo o massageando enquanto sua boca deixava marca em meu pescoço, eu so sabia gemer e gemer   apenas o som de nossos corpos se chocando, senti espasmos percorrer todo meu corpo e minha intimidade apertar o membro de Eunwoo logo gozando, cai na cama cansada Eunwoo deitou em cima de mim ainda me entocando, logo senti seu líquido me preencher e Eunwoo cair em cima de mim mais sem deixar todo seu peso, deixando seu rosto em meu ombro logo dando um selinho no mesmo, ele se retirou de dentro de mim caindo ao meu lado tentavamos recuperar nossas respirações.

     -O que acha de tomarmos um banho? -perguntei virando o rosto para olhar Eunwoo.

    -Só um banho? -falou sorrindo malicioso, retribui o sorriso que ele logo entendeu se levantando, me virei na cama me sentando com um pouco de dificuldade, Eunwoo me pegou no colo nos levando pro banheiro, entrou no box, desci de seu colo ele logo ligou o choveiro o puxei pelo pescoço iniciando um beijo lento. 

    Suas mãos passaram pelo meu corpo, até chegar na minha coxa me puxando fazendo eu ficar com as pernas entrelaçadas na cintura de Eunwoo.

    -Oppa...hmm -gemi assim que senti ele me invadir devagar já que eu ainda estava sensível, minhas mãos foram até suas costas as arranhando, sua boca foi até meu seio direito começando a lamber e massagear enquanto suas entocadas se tornavam mais fundas, me fazendo maltratar meus lábios e jogar a cabeça pra trás.

    -Oppa..eu..

    -Vamos...jun..tos -eu ja estava perto de outro orgasmo quando ele me entocou mais três vezes assim que gozei ele também gozou me preenchendo outra vez, escondi meu rosto no pescoço de Eunwoo respirando com dificuldade, ele deu um beijo em minha bochecha saindo de dentro de mim, tomamos um banho rápido vesti uma camisa de Eunwoo e minha calcinha, enquanto Eunwoo vestiu sua cueca deitou do meu lado fazendo me abraçando por trás (ficando de conchinha)com o rosto no meu pescoço nos cobrindo com o edredom.

    -Eu te amo.

    -Eu também meu amor.






Notas Finais


Eu sei que ficou meio clichê mas espero que tenham gostado.

Beijos da tia ~sug-chan


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...