História One more chance - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Aaron Tveit
Tags Jacksley
Visualizações 9
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem o tempo. Estou de volta e esperem que gostem.
Bjsss

Capítulo 1 - Premieres


Fanfic / Fanfiction One more chance - Capítulo 1 - Premieres

Estava me arrumando para a Premiere, não que eu ligasse, mas não ia mal arrumada por causa de Nicolas. Eu continuava sendo uma Presley, a Lisa que todos conhecem. Vesti minha roupa e fui ajeitar o cabelo, coloquei um boné ( Nicolas iria odiar e, qualquer coisa para irritar ele era válido).

Depois de ter me arrumado para a maldita Premiere, liguei para Nicolas, para avisar que já estava pronta.

Esperei, esperei e o telefone só chama, ninguém para atender essa porcaria, nem mesmo ele. Esperei na sala até que alguém tocou a campainha, até que enfim.

Pensei que não vinha mais! - falei eu mesma abrindo a porta, sem esperar a empregada que parou no meio do caminho.

Não seja exagerada, está cedo, Vamos! - ele abriu caminho para eu passar na frente.

Acho melhor isso não durar muito, Nicolas. É melhor se lembrar que daqui a alguns dias eu estou livre desse seu teatro - falei parando na frente da limousine.

Já disse que depois que nos divorciarmos, você pode fazer o que quiser de sua vida - ele falou passando na minha frente e entrando - vamos entre, ainda temos que chegar lá.

Passei o caminho todo de cara e boca fechada, não estava afim para gracinhas. Ainda estava na metade do caminho e Nicolas me queria tirar uma foto.

PRA QUE VOCÊ QUER ESSA FOTO? - praticamente empurrei ele para o outro lado, quando o mesmo virou um celular para o meu rosto.

Pra dizer que um dia namorei com a princesa do rock, a garota mais linda do mundo - ele falou passando a mão em meu ombro.

Nicolas você só pode estar doido - disse virando pra janela.

***

Depois que o inferno acabou, cheguei em casa e fui para o quarto. Podia matar Nicolas sem pensar duas vezes, nunca na vida me estressei tanto com um homem em uma noite.

Ele me paga, desgraçado me paga - disse pelo estresse que ele havia me feito naquela noite.

Preciso falar com Michael - pensei alto. Apenas Michael para me ajudar.

Alô? Michael? - ele atendeu, eu sabia que era ele. Já estava tarde e ele sempre estava acordado.

Olá senhora cage - ele disse com um pouco de irritação e brincadeira na voz. - como você está?

Estou estressada, se for reclamar do Nicolas avise, que eu desligo - falei depois da piadinha chata.

Não se preocupe, Lise, não quero falar dele, era só uma brincadeira - ele soltou um riso nasalado.

Era bom mesmo, Nicolas já me dava nos nervos a última coisa que queria era brigar por ciúmes. Pensei o quanto Michael era compreensivo comigo, ele realmente era. Sua voz calma me levava as nuvens e me fazia soltar uns sorrisos. Como queria estar com ele naquele momento, sentia tanta saudades.

Sinto saudades Michael, tudo isso está me deixando acabada. Preciso ver você - admiti.

Eu também sinto, acho que até mais que você, imagino você na minha cama toda noite - escuto ele soltar um riso. Ele estava com um tom de malícia.

Quero muito, só de ouvir sua voz me sinto mais calma - relaxei na cama.

Não ligue para ele, logo isso acabará e você ficará livre daquele verme - ele disse com a voz um pouco embargada.

Você está bem? - perguntei já que sua voz parecia um pouco estranha.

Ele soltou um riso

E por que não estaria? Não se preocupe, não tem nada de errado.

Passaria a noite toda escutando sua voz, mas o cansaço tomava conta de meu corpo. Sentia as pálpebras pesarem e minha cabeça caindo.

Michael vou desligar, estou com sono - disse já com os olhos fechados.

Durma bem meu amor - sorri ao ouvir - amo você.

Ele desligou sem esperar resposta.

Apesar de estar cansada tinha que tirar o cheiro do Nicolas do meu corpo. Tomei um banho quase dormindo na banheira, fui para cama e olhei a hora no relógio da parede... 02:00, Michael ainda estava acordado... Ah Michael.

Quero muito, só de ouvir sua voz me sinto mais calma - relaxei na cama.

Não ligue para ele, logo isso acabará e você ficará livre daquele verme - ele disse com a voz um pouco embargada.

Você está bem? - perguntei já que sua voz parecia um pouco estranha.

Ele soltou um riso

E por que não estaria? Não se preocupe, não tem nada de errado.

Passaria a noite toda escutando sua voz, mas o cansaço tomava conta de meu corpo. Sentia as pálpebras pesarem e minha cabeça caindo.

Michael vou desligar, estou com sono - disse já com os olhos fechados.

Durma bem meu amor - sorri ao ouvir - amo você.

Ele desligou sem esperar resposta.

Apesar de estar cansada tinha que tirar o cheiro do Nicolas do meu corpo. Tomei um banho quase dormindo na banheira, fui para cama e olhei a hora no relógio da parede... 02:00, Michael ainda estava acordado... Ah Michael.

Espero que sua história não seja igual a de meu pai.


Notas Finais


Foi curto? Sim! Mas vai ser melhor. Bjsss e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...