História One More Night - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Adelaide Kane, Claire Holt, Daniel Sharman, Shawn Mendes, Tyler Posey
Personagens Shawn Mendes
Tags Drama, Gravidez, Revelaçoes, Romance
Visualizações 193
Palavras 2.493
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se preferirem, coloquem a música do capítulo: https://www.youtube.com/watch?v=4bzIpYiPUUo
Capítulo betado por _Error do FD (Fuck Designs)
Boa Leitura e Notas Finais!

Capítulo 7 - Little Do You Know


Fanfic / Fanfiction One More Night - Capítulo 7 - Little Do You Know


Abro meus olhos, apenas para fechá-los segundos depois. A luz quase havia me cegado. Me sento na cama e olho para Melanie ao meu lado, a mesma está usando apenas uma lingerie, segundo ela, as roupas apertam sua barriga. Tomo um banho rápido e coloco uma bermuda vermelha, acompanhada de uma blusa branca. Vejo que Melanie acabara de acordar, sorrio. 

Mal você sabe
Como eu estou quebrando enquanto você dorme


— Bom dia, meu amor! — Sorrio olhando para seu corpo, fazendo-a revirar os olhos. 


— Não sou seu amor, Mendes! —Sorri debochada e se senta. Se soubesse o quanto odeio que revire os olhos para mim, ela nunca mais faria tal movimento. 


— Estava conversando com meu filho, não com você, Marshall. — Faço careta e me ajoelho, beijando sua barriga. 


— Vá se foder! Maxon não quer falar com você, nem eu. — Disse após se levantar, empurrando-me para o lado. 

 

Mal você sabe
Eu ainda estou assombrado pelas memórias



Maxon? Quem é Maxon? 


Pareceu ler meus pensamentos, já que me respondeu logo em seguida. 


— Nosso filho, Maxon. Coloquei esse nome, Melanie e Maxon. Os dois com M, gostei! Maxon Marshall Mendes — diz sorrindo. 


Meu filho só tem M’s de nome e sobrenome? 


— Maxon Mendes Marshall, é eu gostei. — Sento na cama e sorrio para ela. — Você reparou que esta mais gostosa? Porque eu reparei. Muito mais gostosa, sua coxa, seus peitos, e o melhor: sua bunda. 


— Pare de ser tarado, Mendes. — Fala enquanto se vira, começando a ir em direção ao banheiro. Dou um tapa em sua bunda e colo seu corpo ao meu. 


— Sou tarado por você, querida. — Falo em seu pescoço e sinto sua respiração mais pesada. Gosto desse efeito que tenho sob ela. Passo minhas mãos em sua cintura e coxas, enquanto aproximava-me lentamente de sua intimidade, então, ela me afasta. 


— Pensei que você preferisse ruivas, querido. — Melanie fala sorrindo sacana e fecha a porta do banheiro com força. 

 


Mal você sabe
Estou tentando me montar
Peça por peça

 


Ela realmente acha que transei com Ellie? Ela havia ficado louca! 


Flashback ON 


— Ellie, não vai mais rolar. Desencana logo, caralho. — Falo pela milésima vez para a ruiva que estava chorando desesperada em minha frente. Quanto drama 


— Não! Precisamos fingir pela mídia. Shawn, por favor. — Segura em meu braço e eu afasto-a delicadamente. 


Mal você sabe
Precisava de um pouco mais de tempo


— Não posso, gosto da Melanie e amo a vida que ela carrega. Isso é errado. — Depois de lutar contra esse sentimento, deixei ele vir. Quanto mais eu fugia, mais forte vinha. 


— Ela sabe o verdadeiro por quê de estar grávida? — Ellie me olha com o semblante sombrio e me assusto, não por sua feição, mas sim pela hipótese de que ela conte a Melanie a verdade. 


— Não, e se depender de mim, nunca saberá. Estamos entendidos, certo? — Olho-a sério, não quero bancar o bonzinho. 


— Tome cuidado, Shawn. Nunca lhe falaram que mulher traída é a pior? — Riu jogando a cabeça para trás. Ela não estava bem. 


— Nunca tivemos nada sério para dizer que a trai. Com Melanie é diferente, quero ter algo sério. 


— Você me da nojo! Tenho dó do seu filho, coitado, nem nasceu e já tem um pai desses. — Cospe as palavras em mim, olhando-me de cima para baixo. — Imagina se ele descobrir os seus podres? 


— Vá se tratar, Ellie. — A olho pela última vez e saio de seu quarto. 


Ela está louca. Entro no meu carro e dirijo até meu apartamento. Antes de entrar no mesmo ouço vozes, Dylan de novo? Eu até gosto dele, mas Claire adora puxar meu saco, pior que ela só Melanie, mas essa sou obrigado a conviver, por enquanto. 

-o0o-

— Você gosta da Melanie, não tente negar. — Ally me olhava, sorrindo. 


Eu vou esperar, eu vou esperar
Eu vou te amar como você nunca sentiu
A dor, eu vou esperar



— Não gosto não, gosto do meu filho. Na verdade, eu o amo. É estranho tudo isso. 


— Ela ainda não sabe, não é? — Ally pergunta, fazendo com que suspiros involuntários saíssem de mim. Ela sabia, mas não estava de acordo, nunca esteve. 


— Ela nunca irá saber, Ally. Se souber, será o fim da minha carreira e do que eu tenho com ela. 


— Você está admitindo que gosta dela. Meu Deus Shawn, isso é muito fofo! Meu bebezinho ‘tá crescendo. — Ally começou apertar minha bochecha enquanto falava o que eu sempre dizia a ela quando estava tendo uma paixão momentânea. 


— Os meninos viram amanhã, junto com o Hayes. — a olho, sorrindo de lado. Ela sempre teve uma paixão pelo garoto mais novo da família Grier. 


— Para com isso Shawn! Eu já superei ele, faz um tempo. E eu estou mais empolgada para ver Cameron e os meninos. — Fala, cruzando os braços como uma criança levando bronca dos pais. 


— Ainda bem… Soube que ele está namorando a Clara. — Minto e vejo a reação incrédula dela. 


— O QUÊ? ELA É HORRÍVEL! — esbraveja — Seja sincero, até eu sou mais bonita que aquela loira oxigenada. Hayes tem um mau gosto grande. Só de pensar que gosto desse idiota… ARGH! — conclui quase aos berros, segurei ao máximo a vontade de rir, mostrando apenas um sorriso. Ela caiu tão fácil. 


— Eu estava brincando, tampinha. Agora, vamos começar a live. — Falo, sorrindo. 



— Acho que não, sente só, o cheiro de queimado. O que você queimou, Mendes? — Arregalo os olhos e levanto rápido, vendo a fumaça sair da panela onde o feijão cozinhava. Caralho! 


— Você 'tá fodido, Melanie vai te matar! — olho em sua direção e engulo seco. Ela realmente vai. 


Flashback OFF 


Espero Melanie terminar de se arrumar e saímos juntos do quarto. 


— Você sabe que eu não preciso de segurança, certo? — Direciona seu olhar a mim, reviro os olhos. Eu fiz um favor em espera-la, e ainda assim, implica. Mas que caralho! 


— Eu sei que sou linda de morrer, e que se você não revirar os olhos, provavelmente ficará cego com tamanha beleza, mas já deu. 



— Você é mais irritante que os anúncios na TV. — Falo, sentando-me no sofá, ao lado de Ally. — Bom dia mãe, pai e Ally — lancei-lhes um sorriso meigo. 


— Bom dia. — Melanie resmunga e senta-se na mesa. Antes que eu conseguisse falar algo, ouço barulhos de choro, olho para o lado e vejo de quem é: Melanie. Puta que pariu, o que aconteceu agora? Melanie, você precisa parar de chorar a todo momento, céus. 

Vou até ela e abaixo, ficando em sua altura. 


Eu prometo que você não tem que ter medo
Eu vou esperar, o amor é aqui e veio para ficar
Então, deite sua cabeça em mim



— O que houve? Maxon está te machucando? — A encarei, esperando uma resposta, mas ela apenas vira o rosto em minha direção, sem me encarar de volta. 


— Não quero falar com você. — Seus soluços dificultavam a fala. 


— Mel… Vamos lá, me diga o que aconteceu. Você sabe, eu só quero ajudar. — agora, me encara, com olhos vermelhos e inchados. 


— Sai daqui. — acaba por chorar mais ainda. Ah, quer saber? Desisto! 


— Mel, estamos aqui, pode falar. — Ally abraçava Melanie, fazendo-a conter as lágrimas. Isso é sério? 


— Me desculpem, hormônios. — Mel respira fundo, e ao me encarar, fecha a cara. Ótimo, era só o que faltava. 


— Vai falar comigo ou não? — Encaro-a, esperando uma resposta. 


— Pergunte aos anúncios de TV! — Olhou-me com os olhos cerrados. 


— Isso é algum tipo de brincadeira, certo? Porra Melanie, eu estava brincando. Caralho, você 'tá muito insuportável! — Perco a paciência, fazendo meus pais olharem-me incrédulos e Melanie sair da mesa. 


— Você é um babaca. — Diz minha mãe, balançando a cabeça negativamente. 


— Vá logo! — Dessa vez meu pai quem se pronunciou, logo, vou em direção ao quarto. Melanie está deitada na cama com o celular em mãos, sorrindo enquanto olha o mesmo. Provavelmente falando com Derek, amigo dela. Não gosto desse cara! 


— Me desculpe, eu deveria ser mais paciente com você. — Sua atenção, antes no celular, focava-se em mim agora. Levantou. 


— Paro se você parar. — Me encara e sorri de lado. 


Pouco você sabe, eu sei que você está machucado
Embora eu pareça estar dormindo


— Feito! — Sorrio, enquanto apertávamos as mãos. Depois de algum tempo, nossas mãos ainda permaneciam juntas, um olhando para o outro. Ao percebermos tal situação, desfazemos do aperto de mão, rapidamente. Eu coro, estava constrangido, muito constrangido. — Acho melhor voltarmos. 


— É, tem razão. 


[...] 


— Você é muito troxa! Deixou uma mulher dessas escapar. Nem parece que eu já te ensinei algo, Mendes, assim não dá. — Nash fala me fazendo rir. Eles haviam chegado a quase uma hora atrás, às 4:35 P.M. 


— Quem disse que eu só fiquei com ela na noite em que fiz o Maxon? — Levanto minha sobrancelha esquerda, olhando-o. Os meninos começam a gritar, me fazendo rir. — E você Hayes? Preciso te tirar a força, ou vai parar de secar minha irmã com os olhos? — Pergunto sério para o rapaz, que finalmente me olha, o mesmo esteve o dia todo secando Ally. Isso fazia com que eu sentisse o mesmo sentimento insuportável de quando Melanie conversava com Derek; ciúmes. 

Mal você sabe todos os meus erros
Estão lentamente me afogando



— Eu não estou secando, apenas olhando. Além disso, eu já a superei. — Rola os olhos. Ata, ele realmente quer mentir para mim? 


— Ainda bem, soube que ela está planejando namorar com um menino, tem até sua idade. — Falo sorrindo de lado, dando mais um gole em meu suco. Ele me encarava vermelho e com os braços cruzados. 


— Quem? — Pergunta, olhando diretamente para Ally. 


— Você, seu panaca! Nenhum dos dois se superaram, e não acho que vão se continuarem mentindo para vocês mesmos. Eu já tentei, dá muito errado, Grier. — Falo sincero, olhando Melanie. Ela estava rindo com a namorada do Cameron, Nash e Aaron. 


— Isso foi uma declaração, Mendes? Nos conte mais, querido. — Cam fala com a voz afeminada, como minha mãe costumava falar. 


— Não acredito que meu bofe vai ficar com essa ridícula da Melanie! Querido, eu quem tenho o mel que você gosta. — Matthew fala, fazendo-nos gargalhar. 


— Shawn? Pode vir aqui um minuto, por favor? — Melanie aparece na porta da varanda. JJ me dá um empurrão, fazendo com que eu derrubasse um pouco de suco, todos riram, menos Melanie. — Eu juro, se eu encontrar suco no chão, irei fazer todos limparem esse caralho com a língua. Estamos entendidos? — Melanie nos lança um olhar, que se eu não estivesse acostumado, ficaria com medo. Os meninos concordam em coro, logo, vou atrás dela. 


— O que foi? Alguma coisa com Maxon? — A olho preocupado. 

 

Pouco você sabe
Eu estou tentando fazê-lo melhor
Peça por peça


— Sim e não. Não estou sentindo dor, mas estou com fome. — Me olha corada. Deus perdoe meus pensamentos impuros. 


— Você acabou de comer uma barra de chocolate, eu vi. Ainda está com fome? 


— Estou com desejo! Pare de me olhar assim. — Me olha, fungando. — Não é para me julgar! — Começa a chorar, fazendo-me abraça-la. 


— Me desculpe, 'tá bom? O que você quer, mais chocolate? — Ela assente. 


— Mas acabou Shawn, eu comi tudo, desculpa. — Passa seus braços em minha costela. 


— Tudo bem, iremos comprar mais, quantos você quiser. — Passo as mãos em seu cabelo. 


— Não para com isso. — pede. 


Mal você sabe
Eu te amo até o sol morrer

 


— Isso o que? — Afasto-me, podendo assim encarar seu rosto. 


— O carinho, Mendes. É gostoso! — Cola seu rosto em meu peitoral, novamente. 


— Eu sou gostoso! 


— É, você também, Mendes. — Fala, e eu, beijo o topo de sua cabeça. 


— Vamos, antes que eu mude de ideia e tire toda sua roupa. — Ela sai, revirando os olhos. Ao ir, rebola sua bunda, céus. 


Vou logo atrás. 


— Nós daqui a pouco voltamos, mãe! Vou com o Hayes, Melanie e Ally. 


— Tudo bem, querido. Não se atrase. 


Entramos no carro e ninguém falava nada. Ally estava encostada em uma porta, e Hayes na outra. 


— Certo, estou cansada dos dois pombinhos de mi mi mi ai atrás. Ou vocês dois se resolvem ou iram ficar no carro enquanto eu e Mendes fazemos as compras. Além disso, vocês são jovens. E sim Ally, ele é dois anos mais velho que você, e dai? Shawn é mais velho que eu. — Melanie fala. 


— Mas vocês estão juntos por causa de um bebê, eu não! 


— Pois então, façam um! — Melanie rebate, fazendo-me olhar incrédulo para ela. 


— Oh sim, iremos fazer um amanhã, não é amor? Já até temos o nome. — Hayes fala debochado olhando para Ally. 


— Claro, querido. Quando ela ficar muito chata nós podemos deixá-la por alguns dias com o Maxon para fazer bagunça, afinal, foi Melanie quem sugeriu a ideia. Ela dá conta! 


— Queridos, o sentido do bebê foi para que vocês criassem vínculo, não um bebê de verdade. Mas, aparentemente, vocês já decidiram e até já escolherem o sexo dela. Vocês se gostam mais do que eu pensei.— Melanie diz enquanto encara os dois. 


— Chegamos! — Falo tirando meu cinco, desligando o carro e saindo do mesmo. 


— Coloque o boné Shawn — Melanie praticamente ordena, passando-me um boné escrito: “Daddy” 


Melanie olhava a lista de compras e pegava as coisas, enquanto eu levava o carrinho. Ally e Hayes haviam ido na sorveteria ao lado, se eles não se beijassem lá, não se beijariam em lugar algum. Acho que é maldição da família, eu e Ally não conseguimos nos dar bem no quesito amor. Nos fodemos sempre. 


— Acho que acabou. — Melanie fala, colocando duas barras de chocolate no carrinho. 

 

Eu vou te amar como se eu nunca tivesse medo
Basta esperar, o nosso amor está aqui
E veio para ficar
Então, deite sua cabeça em mim


— Você ‘tá brincando, certo? Você só vai levar duas barras? — A olho incrédulo. 


— Sim, peguei uma de 1kg para o bolo e essas duas para nós dois. — Ela sorri. 


— Com ‘nós dois’ você quer dizer você e Maxon? — Reviro os olhos. 


— ‘Nós dois’ tipo eu e você, babaca. — Agora foi a vez dela revirar os olhos. 


— Então, nesse caso, precisamos incluir Maxon. — Sorrio e coloco mais oito barras de chocolate. 


— Acho que Maxon não conseguiria comer tudo isso. — Fala rindo. 


— Mas nós três sim! — Chego meu rosto perto do dela, a mesma me encara e para de rir. Dou um selinho demorado em sua boca e me afasto. — Se não estivéssemos em um supermercado, iria tirar essa sua roupa toda. — Falo sorrindo. 


— Ótimo! Pensei que teria de pedir. — Sorri maliciosa e anda em direção ao caixa. 


Mal você sabe que eu
Eu te amo até o sol morrer


Depois de colocarmos tudo no carro, vamos à sorveteria e encontramos Hayes e Ally se beijando. Finjo uma tosse, fazendo com que eles se separassem. 


— Já estamos indo. — Melanie fala e sai da sorveteria junto de Ally. 


— Eu gosto muito de você, mas gosto mais da minha irmã. Nós dois sabemos que tipo de garoto você é, Grier. Uma noite e depois descarta. Ou você muda, ou não toca mais na minha irmã, entendido? — Falo sério com ele, fazendo-o me encarar e assentir. — Ótimo, agora entra logo no carro, cunhado! — Sorrio para ele que logo retribui. 


Notas Finais


Primeiramente: Me desculpa e não me matem! Sumi por um tempo mas tenho uma boa explicação: Minhã mãe esta desempregada e estou a ajudando a fazer brigadeiros e doces. Além disso, meu tablet meio que pifou KKKLAGRIMAS. E quando ele voltou, minha mãe mexeu nele e viu o spirit. Ela apagou todas minhas notificações, e me proibiu de acessar o tt ( @griudps amor não te dei vacúo por que quis).
Mas enfim, aqui estou eu! Obrigada pelos favoritos, vocês são demais, merecem até um bônus. E vocês terão! Façam suas apostas! Já sei de que personagem fazer (dica marota: apareceu nesse capítulo).
Eu iria postar esse capítulo antes se conseguisse terminar, tentei escrever esse cap. 5 vezes, já que a original eu havia perdido. Ai eu fiquei triste por não gostar do cap. e dei uma pausa, mais ou menos 9 dias, e depois escrevi.
Não avisei o capítulo passado, mas, o mesmo foi betado no FD - Fuck Designs, assim como esse.
Agora, depois de todos os recados, vamos falar do cap.: Só eu achei fofo a relação da Ally com o Hayes? Eu fiz muito na hora mas gostei do resultado. O nome do bebê foi revelado! E será Maxon, oi Seleção kjskjskj. Melanie e Shawn vão ter mais momentos, juro! E por falar em Shawn, que segredo é esse? Envolve ele, Melanie e Maxon, façam suas apostas. Além disso, Shawn narrou esse cap. oque acharam? Fiquei receosa, medo de deixar muito feminino. Falei que Ellie iria voltar, ela tá meio louca ein, e vai ser muito importante sua volta, pois ela sabe o segredo. Acho que só, não queria deixar as notas muito grande mas agora já foi.
Comentem o que estão achando, amoras! Até a próxima
xx Gossip Girl


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...