História One More Time - Capítulo 4


Escrita por: e Villk

Postado
Categorias Arrow, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon (Vibro), Dr. Harrison Wells, Dra. Caitlin Snow (Nevasca / Killer Frost), Felicity Smoak, Iris West, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Tommy Merlyn
Tags Olicity, Snowbarry
Visualizações 146
Palavras 1.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Amor?



Depois de Barry desistir de mudar a ideia de Caitlin, todos seguiam um dia normal no STAR Labs. Pela primeira vez Caitlin foi a primeira a chegar, e logo em seguida Barry aparecia a assustando.

- Calma. Sou eu! - Barry tenta acalmar Caitlin.

- Infelizmente! - A mesma revira os olhos.

- Você bem que poderia aceitar ser minha namorada de mentira! - Barry faz uma cara fofa e quando ia abraça-la Cisco entra gritando:

- Catharina Show, não contou que agora namora o homem mais lento de Central City inteira! - No exato momento Barry e Caitlin se sentem incomodados com a voz de Cisco. Dormir 04:00 a.m para acordar 06:00 a.m não era pra qualquer um.

- Primeiro: não grita por que ninguém aqui é surdo e segundo: nós não estamos...

- Dra. Snow, não me contou que estava em seu ninho de acasalamento com o Sr. Casten. - HR chega na sala sacudindo uma varinha de Harry Potter.

- É Allen. - Barry dizia se divertindo com a situação, já que ele não convencia Caitlin, talvez o STAR Labs inteiro consiga.

- Barry meu filho, Felicity me contou as novidades. Caitlin, espero de sua parte vários minis Barry's e várias minis Caitlin's. - Joe chega abraçando os dois.

- Não gente, vocês não entenderam. Eu e Barry não estamos... - Caitlin é interrompida por Patty.

- Meus parabéns, Barry. Caitlin, cuide bem dele ou te acerto uma bala. - Caitlin se irritava a cada instante. - Mentira. Mas cuide bem dele, ah, Barry, eu aceito ser sua madrinha de casamento.

Casamento? O que? Caitlin pensava até que resolveu dar um basta na situação ela sobe na mesa dos computadores.

- Escutem bem, eu e ele nós não estamos...

- Miga, desce dai. Você pode quebrar um pé, ou pior, perder meus sobrinhos! - Felicity corre e ajuda Caitlin a descer.

- Que sobrinhos? - Caitlin pergunta com medo da resposta.

- Os que Barry me prometeu que iria dar. Ele não te contou que planejava ser pai? - Felicity diz a última frase sussurrando.

- Ahh, eu desisto. VOU TOMAR UM CAFÉ. - Caitlin grita e sai tão apressada que nem percebe que Barry a seguia.

Caitlin entra no Jitters e pega a primeira mesa que vê disponível pela frente, logo mais Barry se senta a frente dela fazendo a mesma revirar os olhos.

- O que você quer? - Ela revira os olhos.

- Te convencer a aceitar ser minha namorada de mentira. Olha a gente nem precisa transar nem nada, a menos que você queria. - Barry diz malicoso.

- Se eu aceitar você me deixa em paz pelo resto de minha vida?

- Não faço promessas.

- Ah que pena. Então, acho que vou ir com o Tommy no cinema!

- Aff. Ok, eu prometo te deixar em paz pelo resto de sua vida!

- Obrigado.

- Você aceita?

- Talvez.

- Por quê talvez?

- Por quê se eu aceitar, terei que desistir do Tyler Posey!

- Quem é esse?

- Um carinha que eu tô afim! Mas, enfim, o que eu ganho com isso?

- Minha eterna gratidão!

- Como se você tivesse alguma!

- Magoou! - Ele coloca a mão no peito fingindo estar magoado.

- Problema seu.

- Ignorante.

- Bonequinho de porcelana!

- Retire o que disse.

- Retire você primeiro.

- E se eu não quiser?

- Eu não aceito! - Caitlin se levanta e quando estava prestes a sair Barry a segura pelo braço a puxando para si.

O beijo era caloroso e rápido, no começo Caitlin não respondia de maneira alguma, mas, aos poucos foi cedendo aquilo que eles chamavam de beijo.

- Podíamos fazer isso mais vezes. - Barry sorri apertando a cintura da mesma.

- É claro, que não. Me larga, Barry! - Caitlin se solta e segue em direção a porta.

No STAR Labs tudo seguia normalmente estranho e mais do que o normal. Até agora nenhum monstro, meta-humano, assaltos a bancos, incêndios ou qualquer outra coisa.

- Cait? - Tommy aparece.

- Tommy? O que houve? - Ela o abraça.

- Nada. Só vim te chamar para almoçar, vamos?

- Claro. Só vou pegar minha carteira.

- O que você pensa que está fazendo? - Barry a puxa pelo braço fazendo a mesma tropeçar.

- Pelo visto tropeçando e você?

- Não seja irônica. Você não vai almoçar com ele! - Barry dizia se alterando.

- E quem você pensa que é pra me proibir de fazer algo?

- Sou seu namorado!

- Namorado de mentira!

- É o seguinte, se você for eu vou junto. E ponto final!

- Você não vai mesmo.

- E quem você pensa que é pra me proibir de fazer algo?

- Sua namorada.

- De mentira.

- Ok, você vai! - Caitlin se dar por vencida.

Os três seguiam andando para uma lanchonete perto do Jitters e pedem seis pedidos.

- Vou querer três porções de batata frita, um milk sheik, um hambúrguer extra gente, duas coca diet e um pedaço de torta de limão. E vocês o que querem? - Barry diz e Tommy se assusta com a quantidade de comida só para uma pessoa.

- Uma salada com peito de frango. Obrigado. - Caitlin entrega o cardápio ao garçom.

- Apenas dois pedaços de lasanha e uma água. - Tommy diz.

- Então Tommy, quanto tempo vai ficar? - Barry pergunta.

- Não sei. Talvez dias ou quem sabe meses. - Ele responde. - Cait, você já o apresentou ele como seu namorado a sua mãe? - Barry viu uma ótima oportunidade de irritar Caitlin.

- Amor, é verdade. Quando irei conhecer sua mãe? - Caitlin no exato momento sentiu uma enorme vontade de enfiar uma estaca de gelo no peito do mesmo.

- Não sei, por que?

- Ah amor, sei lá. Acho que vou gostar de conhecer a avó dos nossos filhos! - Barry sorri e Caitlin fecha a cara.

- Acho que ainda é muito cedo para pensar em ter filhos! - Caitlin tentava fugir do assunto.

- Ela tem razão, Barry. Primeiro vem o casamento! - Diz Tommy se divertindo com as caras que Caitlin fazia.

- Ele tem razão, amor. Quando iremos nos casar? - Barry bebe um pouco de água.

- Barry, nós começamos a namorar não tem nem 24 horas, então relaxa! - Caitlin estava odiando essa ideia.

- No meu coração namoramos a 24 anos, já estamos até casados! - Barry se diverte com a situação.

- Caitlin, posso falar com você? - Oliver aparece com uma cara nada muito boa.

- É claro. - Ela se levanta e segue Oliver até o lado de fora.

- Como está Felicity? - Ele pergunta.

- Mal, na verdade.

- Será que você poderia me ajudar a preparar uma surpresa para ela?

-É claro,

- E será que você poderia chamar o Barry também?

- Ok.

Enquanto isso na mesa Barry tentava descobrir tudo o que podia sobre Tommy.

- Então, você é primo dela? - Pergunta Barry.

- De consideração. Minha mãe se casou com o tio dela quando eu tinha seis anos e desde então somos amigos.

- Entendo. Quantos anos voce tem?

- Vinte e sete.

- Você já sentiu alguma coisa por ela?

- Não, só carinho. Na verdade estou namorando!

- Sério? Qual o nome dela?

- Jade,ela está fazendo faculdade de biologia marinha.

- Voltei, Barry, Oliver quer nossa ajuda em uma surpresa para Felicity.

- Ok. Amor, vamos? - Barry estende a mão a Caitlin que fica pensativa se deve aceitar, mas acaba aceitando.

- Tchau, Tommy. - Caitlin lhe entrega uma cópia da chave no caso do apartamento dela.

- Vou dormir no seu apartamento hoje!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...