1. Spirit Fanfics >
  2. One Piece - Brasil >
  3. Germa e Big Mom aparecem.

História One Piece - Brasil - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Germa e Big Mom aparecem.


, aproximava os meus lábios do dela. Ela parecia estar com medo e quase estava chorando, quando Luffy finalmente entra e vê eu tentando fazer o que sei lá fosse nela.

Em alguns instantes Luffy iria me dar um soco, mas eu não iria desviar pois era merecido.

Levei um soco com haki do armamento, que não era para causar muito efeito, mas doeu muito.

Ele me xingou e falou que não era para fazer aquilo com uma amiga dele.

Eu dei um sorriso de canto e saí do quarto, agora eu realmente precisava fazer algo.

Saí do dormitório e fui procurar algum lugar pra eu comer, quando vejo a mesma morena da minha turma cercada por 4 caras, ela parecia estar sendo imobilizada com kairoseki, pois eu sentia a energia da akuma no mi da mesma.

Eu fui para perto e perguntei.

-Eles estão te incomodando?

-Sim, amor...

Percebi no mesmo instante o plano dela.

Os 4 caras se afastaram e eu peguei nos braços dela, para disfarçar... até eu sentir que não seríamos atacados.

Quando finalmente senti que não teria que usar força bruta, soltei o braço dela, que me agradeceu e me olhou com um sorriso no rosto, ela seguiu em alguma direção e eu segui em uma oposta.

Quando vejo algo que tinha bastante no Brasil, mas só que mais organizado, um campo de treinamento.

Lá estava o de cabelos verdes, testando seus estilos de 3 espadas.

-Ei!!! O chamo, fazendo o se virar pra mim no mesmo instante.

-O que você quer?

-Posso treinar com você? Perguntei sorridente.

Mesmo relutante, o mesmo resolveu me deixar treinar ali.

-Pegue uma das três espadas. O mesmo me mandou e assim foi.

Quando cheguei perto das três espadas, fechei meus olhos e comecei a sentir a energia das espadas, até uma certa espada negra me interessar, a peguei e o esverdeado, me olhou com um sorriso.

Nós começamos a treinar, ele lançava golpes de ar que facilmente eu defendia.

Quando em um momento, por descuido meu em usar 0.1% do meu poder, o esverdeado me gostou, eu fiquei feliz porque normalmente, as pessoas perdiam quando me enfrentavam.

Abri um sorriso e comecei a usar 0.2% do meu poder, o esverdeado após 1 segundo, recebeu 10000 cortes, ele me olhou surpreso pela minha velocidade e poder aumentados, era impressionante o quanto era tão forte, provavelmente ele estava pensando isso.

Embainho a espada e com o esverdeado desmaiado, vou para perto do mesmo e o “curo”.

Deixo as 3 espadas do lado e volto para o dormitório. Eu havia me esquecido de pegar meu iPhone 11 e meu ps5. Quando cheguei, a alaranja estava me olhando com raiva enquanto pelo visto, Luffy já havia me perdoado.

Deitei-me na minha cama e peguei o iPhone para ver alguma coisa.

A alaranja saiu do dormitório e foi pra sei lá aonde.

-Ei, Luffy!!! O chamei.

-O que? No mesmo instante, ele olhou pra mim com uma carne na boca.

-Você ama essa aí de cabelos laranjas?

-Sim.

-Luffy... Não no sentido de amizade, no sentido de namorar...

Mesmo relutante, o mesmo respondeu “-Sim”

Respondi logo em seguida com um ok e disse que não mexeria mais com a mesma.

Adormeci e acordei bem cedo.

No outro dia, fiquei sabendo de um desafio, que era de quem um dos professores, iria ganhar 10.000 dólares, fiquei animado e quando chegamos na escola, as batalhas já estavam acontecendo, também fiquei sabendo que separariam as turmas por rank de poder agora, fiquei feliz, pois seria valorizado.

Todos foram, Luffy conseguiu vencer um tal de professor “Katakuri”, mas scom muito esforço, fiquei feliz pois meu amigo conseguiu 10.000 dólares e no final, como sempre, era minha vez.

-Então... Eu posso ir com tudo? Perguntei para o tal de professor “Barba Branca”.

-Hahahah, pode sim moleque. Ele me disse, m dando um tipo de soco que rachava o ar.

-Legal, a fruta “mais forte”. Agora é a minha vez. Disse e cobri meu punho direito com haki do armamento, tinha várias pessoas me olhando, mas com um tipo de sorriso, achando que eu iria perder.

Dei o soco no professor, que no mesmo instante, desmaiou e deixou todos surpresos, incluindo os amigos que havia feito ali.

Recebi o prêmio e provavelmente iria para a classe mais forte.

Não teve aula no resto do dia e então fui ver a cidade japonesa.

Como recebi o dinheiro, comprei um headphone que me custou 1000 dólares e um iphone 20 de 3000 dólares.

Quando vejo um dos meus amigos, Sanji, sendo ameaçado por uma mulher bem gorda, que tinha seus cabelos em um tom rosa, ela estava com um sorriso diabólico no rosto, enquanto Luffy estava do lado de Sanji junto a beldade ruiva, eles pareciam estar “brigando” com uma velha de cabelos rosas.

Quando finalmente reconheci a mesma, percebi que se não interferisse, meus companheiros iriam se machucar.

Fui andando ouvindo uma música que parecia estar no ritmo da discussão, o nome da música era BLOOD // WATTER, fui andando lentamente em direção a briga e antes de eu me aproximar, vi 5 pessoas super importantes, eram alguns integrantes da GERMA 66, o líder e seus filhos, aí sim que percebi que a situação estava ficando perigosa para meus amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...