História One shorts de shipps - Capítulo 30


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais, Sans
Tags Drinkberry
Visualizações 67
Palavras 1.675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


voltei com o último cap dessa "série" :3

Capítulo 30 - Ei, seu idiota!!! Me alivie....


Com as mãos algemadas e dentro da viatura de Dust, Horror lembrou de uma coisa muito importante:

Horror-meu remédio...

Dust ignorou a fala do ômega.

Horror-Dust! Meu remédio do cio!

Novamente ignorado.

Horror-D-Dust... Eu sou um ômega... Com o cio atrasado de um ano!

Dust-e eu com isso?

Rosnou, fazendo Horror ter um espasmo.

Horror-Dust! Ômega no cio não significa nada pra você?!

Ignorado. 

A viagem até a delegacia foi demorada. Horror não parava de reclamar.

Na cela de Horror...

Horror-eu não acredito... Que me colocaram na cela... C-Com três alfas....

Ficou no canto da cela, vendo os alfas o observarem como se fossem o comer.

Alfa 1-temos um ômega aqui...

Horror-m-meu nome é Horror. 

Yan-Blueberry. Mas o povo aqui me chama de Yan. 

Wine-... Wine. 

Yan-o outro, calado, é Fell. 

Horror recuou mais um pouco quando Wine se aproximou.

Wine-seu cheiro.

Horror-e-eu s-sei... OK?! 

Yan-heh...

Yan se jogou no colchão, vendo o desespero do ômega. Riu.

Horror não sabia oque fazer, tinha uma enorme ereção e uma mancha de lubrificante no short. 

Horror-sniff... sniff....

Fell-ele tá mal.

Com a voz rouca de Fell, Horror gemeu baixo. Se arrastando até a grade da cela, Horror chamou por Dust. 

Desesperado por causa dos alfas que já tinham se atiçado. 

Horror-DUST! DUS-T! POR FAVOR...!

Wine-não adianta... Haha... Ele vai te ignorar, ômega.

Horror-DUST, ME TIRA DAQUI, ISSO DÓI!!

Yan-mweh hehe... Ele ainda acha que pode chamar a atenção do "alfa da porra toda".

Horror-Dust.... isso dói...

Fell riu. 

Fell-desiste, ômega.

No dia seguinte, á noite...

Horror tremia. 

Lágrimas rolavam seu rosto, seu short estava completamente molhado, a dor era enorme e já não aguentava mais.

Os alfas não estavam nem aí, apenas ignoravam o ômega.

Horror-e-u não... agu-ento... 

Se levantou, com pernas bambas, sentou no colo de Yan, rebolando. Ele estava dormindo, Horror temia que ele acordasse.

Horror-isso dói... Yan~ 

Quando Yan já tinha uma ereção formada, Horror abaixou o short dele e o seu.

Horror-n-não acorde, não acorde....

Se auto penetrou, se controlando para não gemer.

Horror-ah~ b-bom...

Começou a quicar no colo de Yan, gemendo baixo.

Horror-n-não acorde... nyah~ ah~ 

Começou a se masturbar. Apenas queria mais e mais prazer.

Horror-Y-YAN!!

Acidentalmente gritou, acordando Yan, que levantou bruscamente, derrubando Horror na "cama", continuando dentro dele.

Yan-oque está fazendo, ômega idiota?!

Sussurrou, se controlando para não gritar.

Horror-m-me alivia... p-por favor... f-faz d-dois dias que eu... e-entrei no cio...

Yan-grr... Só. Hoje.

Horror assentiu, gemendo quando Yan começou a estoca-lo.

Horror-Y-yan... ah! Yan!!

Entrelaçou as pernas na cintura de Yan.

Horror-b-om!! Yan!

Yan-god... Você é mais apertado... do que imaginei... 

Horror-Y-Yan... algo... vindo!

Yan aumentou a velocidade, masturbando Horror.

Horror-oohhh!!! YAN!

Gozou na mão de Yan, se contraindo, fazendo-o gozar também.

Horror-s-seu nó... N-não formou...

Yan saiu de dentro do menor, se vestiu e virou-se para dormir.

Horror-n-nenhum alfa... f-forma um nó comigo...

Foi para sua cama, e finalmente dormiu aliviado.

Dia seguinte...

Dust-hora do café!!

Saiu batendo na grade de todas as celas.

Horror-dor de cabeça...

Wine-não reclame, ômega.

Quebra de tempo

Horror, junto com seus companheiros de cela estavam no banho.

Por incrível que pareça, depois da foda com Yan, Horror saiu do "cio", temporariamente.

Horror-"valeu, Yan!!".

Agradeceu mentalmente, terminando de se limpar.

Fell-ei, ômega! 

Quando se virou, deu de cara com vários alfas, segurando toalhas molhadas.

Horror-q-qual é, g-galera! Não somos infantis assim!

Recuou. Por estar no cio, não se comparava ao Horror amedrontador de sempre.

Os alfas começaram a bater a toalha em Horror.

Horror-p-parem...!

Bateram a toalha na bunda de Horror, deixando uma marca vermelha.

Horror-ah~!

Gemeu, começando a sentir as dores do cio.

Wine-tsk... 

Os outros alfas sairam rindo, deixando Horror e Wine alí.

Wine-fraco.

Horror se aproximou de Wine, se apoiando na pia. 

Horror-umm...  Daddy?

Wine-quer alívio? 

Horror-s-só um pouco... Por favor...

Wine negou, se aproximando de Horror.

Horror-me fode, Winy~ Me fode!

Sentou na pia de mármore, abrindo bem as pernas.

Wine-hm.... Parece delicioso pra mim.

Segurou as coxas de Horror, abaixando a cabeça para lamber a entrada do ômega. 

Horror-ah!!

Wine o penetrou com a língua, fazendo movimentos circulares. O gosto de lubrificante era agridoce, bom o suficiente para Wine.

Horror-W-WINY~ AH!

Gemeu alto quando foi penetrado por dois dedos.

Horror-seu pênis! U-use seu pênis!!

Wine-apreçado...

Tirou os dedos e a língua de dentro de Horror, pincelando a glande na entrada de Horror.

Horror-Winy~ Isso é bom~

Wine-é bom, é?

Horror-s-sim, Winy!

Wine-melhor que o Yan?!!

O penetrou completamente, fazendo Horror urrar.

Horror-WINY~!!!

Wine-melhor. que o Yan?!!

Horror-SIM, SIM!! MELHOR QUE ELE!! AHH!!

Wine sorriu, continuando com as estocadas brutas.

Horror-ALFAA!!!

Berrou ao sentir seu ponto ser brutalmente acertado.

Horror-ALFA, NOVAMENTE!!

Wine-eu não recebo ordens!!

Horror  gozou com outra estocada, Wine, logo em seguida.

Novamente, Wine não formou seu nó.

Horror-s-sem nó...

Wine-isso prova...

Wine saiu de dentro do menor, indo embora.

Horas depois...

Fell observava Horror atentamente. Com isso, Horror corou.

Horror-o-oque q-quer...?

Fell-quando seu cio irá acabar?

Começou a rodear o menor.

Horror-f-faz um ano que tomo o remédio... n-não s-sei quando vai acabar...

Fell-primeiro o Yan... Depois o Wine... Eu te chamaria de puta... Mas meu ômega fazia o mesmo no cio.

Deu de ombros.

Fell-oque acontece se eu tocar aqui?

Colocou a mão sobre a bunda de Horror, 

Horror-i-idiota.... N-não toque aí!

Fell-nem aqui?

Apertou o membro do menor.

Horror-F-Felly~ 

Fell-tsk... 

Saiu andando como se nada tivesse acontecido.

Horror-imbecil...

Choramingou, lembrando de Lust. Ele quase sempre fazia isso.

Flash Back

(dia do estrupo)

Horror estava trabalhando na casa de seu novo chefe.

Ele era como um mordomo ou empregada.

Bem, fazia tudo na casa.

Hoje era um dia especial, pois era aniversário do filho ômega de Colors. (Fresh!Gaster).

18 anos. O ômega completaria 18 anos e entraria no cio.

Horror estava lavando a louça do almoço quando ouviu um grito de dor. Era Fresh que entrou no cio.

Correu para a sala, ajudando seu "pequeno mestre" a levantar.

Horror-v-vamos pequeno, pa-para seu quarto.

Fresh-i-isto dói... Faz parar... DÓI MUITO!!

Horror-eu sei, eu sei. Respire fundo, pequeno. Vou te levar para seu quarto.

Levou Fresh para seu quarto, voltando para chamar a mãe do ômega.

Antes que pudesse entrar no escritório, alguém o puxou para o quarto.

Horror-m-meu senhor... Oque está f-fazendo?

O alfa rosnou, tirando as roupas do pequeno.

Horror-o-oque está fazendo?! P-Pare!

Rosnou novamente, fazendo Horror se encolher e calar a boca.

Sem suas roupas, o alfa penetrou Horror, que gritou.

Horror-PARE! ESTÁ MACHUCANDO!!!

Brutas e violentas estocadas. Horror chorava alto, a dor era enorme, e tinha sangue saindo de sua entrada por conta da falta de lubrificante e a brutalidade.

Horror-ma-chuca... pa-re... Sniff...

Sentiu o alfa se tencionar, ele iria gozar.

Horror-n-não goze dentro... Por favor... Dói...

Na casa de Horror...

Mancando e com manchas de sangue em seu short, Horror tentou subir para o quarto. Mas antes passou no quarto de seu filhote.

Horror-ainda acordado, filhote?

Falou fraco, mas sorriu quando o filho o abraçou.

Desire-papai, você chegou!

Horror o abraçou de volta.

Horror-estava esperando o papai voltar para ler aquela história que você ama?

Desire-sim! O pai contou pra mim, mas ele não conta como você.

Fez beicinho. Sabia que seu pai não resistia.

Horror-Desire... Seu pai está muito cansado... 

Desire-ah... Ok, papai... Eu posso... Ler sozinho...

Horror iria sair do quarto, mas a fraqueza foi maior e caiu no chão.

Desire-papai!!!

O pequeno de apenas quatro anos tentou levantar o pai.

Horror-e-eu estou bem, D-Desire...

Tentou levantar-se, apoiando-se na parede.

Desire-quer que eu chame o pai?

Horror-não precisa... N-Não quero acordar ele.

Sorriu forçado, indo em direção ao banheiro.

Desire apenas voltou para a cama.

Lust-Horror? Chegou?!

Bateu na porta do banheiro, ouvindo a água. 

Somente a água. Não ouvia Horror cantando como ele sempre fazia.

Lust-Horry?

Abriu a porta do banheiro, se surpreendendo ao ver Horror chorando no canto do boxe, encolhido em posição fetal.

Lust-Horror!

Correu até o ômega, abraçando-o, sem se importar se iria se molhar.

Lust-você está bem?!

Horror-s-sim... É-É apenas...

Lust-me conte, babe...!

Horror-é que eu fui demitido... E-Eu amava aquele emprego, Lust!

Mentiu.

Lust-ah, Horror... Está tudo bem! É só um emprego, uh?

Horror-m-mas é que você n-não trabalha, e---

Lust-ei, ei, ei! Damos um jeito, uh?!

Horror assentiu, beijando Lust.

Sentiu um forte enjoou, empurrando Lust para longe e vomitando no ralo.

Lust-está tudo bem, está tudo bem!

Acariciou as costas de Horror, enquanto ele vomitava.

Lust-"faz quanto tempo que transamos? Isso é um dos sintomas de gravides." 

Horror-Lusty... Eu tô cansado...

Lust-vamos tomar um banho e dormir, ok?

Uma semana depois...

Horror estava cada vez mais "doente".

O cansaço aumentou, os enjoos e o inchaço do corpo.

Lust estava cada vez mais desconfiado. Horror estava se afastando de si. Se sentia traído. 

Lust-....

Horror-Lusty... Eu preciso sair. Lembra o Killer...? Ele conseguiu um emprego pra mim.

Quebra de tempo

Horror-Colors... 

Colors-oque quer aqui, ômega idiota?!

Horror-você me abusou.. E... E me engravidou!

Falou de uma vez, fechando os olhos com força.

Colors-você sabe oque irá acontecer se minha esposa souber disso?!

Horror-e-eu sei! E ERA PARA VOCÊ MORRER!! VOCÊ ME ABUSOU!!! ME ENGRAVIDOU!!!

Lust-gravido, uh? De outro alfa... UH?!

Horror-L-Lust!

Lust-e com o seu chefe... Parabéns. Espero que seja muito feliz com seu filhote. Por que eu e o meu filhote vamos embora!

Saiu pisando fundo, deixando Horror ali, junto com Colors.

Colors-esse filhote não vai nascer.

Socou e socou o estomago do menor. 

Horror chorava, mas não revidava. 

Dias atuais..

Dust-ei, ômega idiota, seu alfa e seus amigos pagaram sua fiança. 

Horror-Lust está aqui?!!

Seguiu Dust, mesmo com dores.

Horror-LUSTY!!

Pulou nos braços do alfa, que incrivelmente o beijou.

Lust-eu resolvi acreditar em você.

Horror-Lusty... Me fode, me fode, me fode, me fode!!

Lust-caralho...

Fresh-isso passou do fofo.

PJ-ele tá no cio.

Fresh-é. Percebi.

Lust-casa, agora. 

Saíram andando apressadamente.

PJ-ei, Freshy... Desculpa esse alfa idiota e imbecil?

Fresh-claro que desculpo... Depois que aquele alfinha alí me foder...

Mordeu o lábio inferior, olhando para Dust, que corou intensamente.

Dust-não me mete!

PJ-ah! Oque?! Mas nem fodendo!

Fresh-me liga, Dusty~

Fez sinal de telefone com as mãos, saindo da cadeia rebolando.

 


Notas Finais


Fresh é implacável! *rindo*

Acho que não tem mais nada pra explicar...
Tá tudo resolvido? É, acho que sim.

Escolham o próximo shipp, ok? :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...