1. Spirit Fanfics >
  2. One-shots e histórias (traduções e minhas próprias) de novo. >
  3. Levi BL: cut-cut e!!

História One-shots e histórias (traduções e minhas próprias) de novo. - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


O gostosura!!!

Capítulo 31 - Levi BL: cut-cut e!!


Fanfic / Fanfiction One-shots e histórias (traduções e minhas próprias) de novo. - Capítulo 31 - Levi BL: cut-cut e!!

Então ... outro tiro certeiro foi lançado, e nesse caso Eren e você são irmãos e Eren tem Seu sobrenome: D Além disso, desculpe se o limão é uma merda. Apreciar.


Levi era viciado em seu senpai. Y / n L / n era um jovem bonito que era um bad boy da escola, muito talentoso nos esportes. Levi tinha uma queda por ele desde que o viu pela primeira vez. Levi se lembrava daquele dia muito bem. Y / n veio para a escola uma semana após o início oficial das aulas e bagunçou a cara de Jean por intimidar seu irmão mais novo. Mal sabia Levi que Y / n estava pensando em um plano para se aproximar dele.


POV de Y / n


Eu encarei Levi novamente. Ele era tão adorável. Eu faria de tudo para torná-lo meu. E eu tenho um plano. Eu sorri e saí da escola. Peguei a tinta spray da minha mochila e comecei a borrifar na parede da escola. Eu era um especialista em obter detenções. Certifiquei-me de que ninguém me visse e fiz o meu caminho de volta. Eu fui até Levi, que estava sentado sozinho na biblioteca.


-Ei docinho-disse eu. Ele corou com minhas palavras.


-Oi S / n.


Conversamos um pouco. Ele não percebeu que coloquei a lata de tinta em sua mochila. Eu fiquei com ele até o intervalo terminar e fiz meu caminho para minhas próximas aulas. Agora esperamos.


Salto de tempo


POV de Levi


O diretor interrompeu no meio da aula.


-Quem pintou a parede com tinta spray?! - gritou ele.-Me mostrem suas malas todos vocês.


Eu não tinha nada a esconder, então deixei o diretor verificar minha bolsa. Meus olhos se arregalaram quando ele tirou a lata vazia de tinta spray.


-Ackerman! Detenção! - e ele saiu da sala de aula. Não tenho ideia de onde veio a lata. Eu tenho uma detenção. Primeira vez na minha vida! Liguei para minha mãe e contei o que aconteceu. Eu nem tive a chance de explicar. Ela me castigou. Este dia pode ficar ainda melhor?


POV de Y / n


Recebi uma mensagem de Mikasa dizendo que Levi foi detido. Eu balancei a cabeça para mim mesmo. Muito bem. Agora é a minha vez. Fiz um avião de papel e joguei na professora. Caiu no meio de sua testa.


-L / n detenção! -Ele gritou para mim.


-Louder baby eu não te ouvi.- Eu disse sorrindo.


-Saia!


Peguei minhas coisas e saí da sala de aula. Foi a última lição. Depois disso, posso ver meu bebê. Tenho que descobrir como me livrar de um professor para que possamos ficar sozinhos. Eu estava perdido em meus pensamentos quando o sino tocou. De repente, ele clicou. Corri para o meu irmão mais novo. Eu o vi com Mikasa, então pulei sobre ele e o arrastei para longe.


-Eren! Eu preciso que você brigue com Jean.


-Quando e onde? -Ele sorriu amplamente.


-Não me importa onde, em quinze minutos.


-Considere isso feito.


Eu balancei a cabeça e fui para a minha detenção. Eu sorri e bati na porta. Eu entrei na sala de aula. Eu vi os olhos de Levi se arregalarem. Eu sentei atrás dele.


-Ok, sem falar, sem telefones ou qualquer outro eletrônico. -disse a professora. Eu me inclinei na mesa e esperei. De repente, ouvi gritos. O professor se levantou e saiu. Fui até a porta e tranquei por dentro. Eu sorri de novo e fui até Levi. Eu o vi corar.


-O que você está fazendo? -Ele estremeceu.


-Como você gosta da sua detenção, docinho?


-Detenção...? - seus olhos se arregalaram em realização.-Foi você! Quem colocou a lata na minha mochila!


Sim, sim fui eu. E tudo tem seu propósito

-Gostar?

Inclinei-me e o beijei. Seus olhos se arregalaram novamente. Ele não me beijou de volta, então eu o fiz se levantar e o puxei para perto de mim. Ele passou os braços em volta do meu pescoço e derreteu no beijo. Ele gemeu quando eu massageei sua bunda. Quando o oxigênio foi necessário, nos separamos. Eu ainda o segurei perto de mim.

-Você sabe por que estou te trazendo aqui agora? -Perguntei enquanto beijava seu pescoço. Ele engasgou e acenou com a cabeça. - Boa. De agora em diante você é meu. Entendi?

-S-sim.

Eu beijei sua mandíbula e destranquei a porta. Eren fez um bom trabalho. Ninguém percebeu nossa pequena "conversa". Sentamo-nos novamente. Logo a professora voltou. Eu esfreguei as costas de Levi levemente. Ele se inclinou ao meu toque. Então a campainha tocou. Eu me levantei e passei meu braço em volta da cintura de Levi. Eu beijei sua têmpora e o acompanhei para casa.

Tempo pular -> dia seguinte

Eu estava passando pelos portões da escola com meu irmão quando vi Jean intimidando Levi. Eu me aproximei dele. Eu fiquei atrás dele para que ele não me visse. Quando ele agarrou a camisa de Levi, eu puxei o cabelo de cavalo de Jean para trás. Seus olhos se arregalaram.

-Quer que eu cuide dele? -Perguntou Eren.

-Não, eu cuido disso.

Eu bati Jean contra a parede e soquei seu rosto. Então eu chutei seu estômago e bati seu rosto contra meu joelho três vezes.

-L / n, detenção Kirstein! - Eu ouvi o diretor. Levi deu um soco no rosto de Jean.

-Detenção de Ackerman!

Ele sorriu e passou os braços em volta do meu pescoço.

-O que pode ser melhor do que uma detenção pela manhã? -Perguntei.

-Eu vou te mostrar.-disse ele e me beijou apaixonadamente. Eu ouvi garotas ofegando e gritando. Eu beijei Levi de volta e o puxei para perto de mim. Lambi seu lábio inferior pedindo entrada. Ele deixou minha língua entrar e o beijo ficou ainda mais quente. Quebrei o beijo antes de empurrá-lo longe demais. Eu sorri e beijei sua testa. Passei meu braço em volta de sua cintura e o acompanhei até suas aulas. Então eu fui para o meu.

Tempo pular-> pausa para almoço

Levi pulou em cima de mim quase me derrubando no chão. Eu sorri e o abracei. Então nos sentamos à mesa.

-Quer sair hoje? -Eu perguntei.

-Não posso por causa da minha detenção de ontem estou de castigo.

Abaixei minha cabeça e fingi que me sentia culpada. Foi minha culpa, mas não me arrependi de nada.

-Então deixe sua janela aberta esta noite- sussurrei para ele. Ele corou um pouco e bicou meus lábios. Então começamos a comer.

Saltar tempo -> Noite

3º POV

Y / n chegou à casa do namorado e sorriu ao ver a janela aberta. Ele subiu em uma árvore e saltou. Ele pegou o peitoril da janela e se levantou para entrar no quarto de Levi. Ele viu Y / n e sorriu. Y / n tirou o capuz e deitou-se ao lado de Levi. Eles se abraçaram um pouco. Então os abraços se transformaram em beijos. Os beijos viraram uma sessão de amassos. Levi tirou a camisa e beijou Y / n com força. Y / n sorriu e lambeu os mamilos de Levi. Levi gemeu e passou os dedos pelos cabelos de Y / n. Então Y / n tirou a camisa. Levi babou um pouco quando viu como seu namorado estava rasgado. Eles se beijaram novamente, em seguida, Y / n puxou a calça de Levi junto com sua boxer deixando-o totalmente nu. Ele acariciou o pau de Levi algumas vezes e começou a chupá-lo. Ele balançou a cabeça para cima e para baixo, nunca quebrando o contato visual com Levi.

-S / n estou indo ghaaaahn!

Y / n engoliu o esperma de Levi e o beijou. Ele tirou a calça e a boxer e cobriu os dedos com saliva. Y / n empurrou dois dedos na bunda de Levi. Ele gemeu alto. S / n acrescentou outro dedo e começou a fazer movimentos circulares.

-Aah S / n me dê isso! Coloque seu pau na minha bunda e me foda como se não houvesse amanhã.

Y / n acariciou-se algumas vezes e bateu-se na bunda de Levi. Levi gemeu alto e moveu os quadris. Y / n considerou isso uma permissão para se mover. Ele bateu em seu amante desde o início. Levi estava gritando para Y / n foder com mais força. Então ele obedeceu e acertou Levi com velocidade animalesca. Logo os dois estavam chegando mais perto de seu clímax.

-Ah Levi estou perto-S / n grunhiu fora.-Dentro ou fora?

-Dentro ooaah venha dentro de mim.

Y / n bateu seu pau na bunda de Levi mais algumas vezes. Levi coçou as costas de Y / n quando gozou com força no peito de ambos. Logo ele sentiu a semente de Y / n enchendo-o até a borda. Levi gozou novamente com a sensação de Y / n atirando seu esperma dentro dele.

E foi então que a mãe de Levi abriu a porta do quarto de Levi.

-Levi, fico feliz que finalmente tenha alguém, mas fique mais quieto da próxima vez. -ela disse e saiu. Ambos os machos ficaram olhando para a porta por um tempo. Então eles começaram a rir.

-Melhor maneira de conhecer a mãe do seu namorado.-disse S / n. Levi assentiu e gemeu quando Y / n sussurrou em seu ouvido - Agora, que tal chegarmos nisso da próxima vez que sua mãe mencionou?

Levi assentiu e puxou Y / n para um beijo.

Final prolongado

A manhã na casa dos Ackerman foi um pouco estranha. Especialmente quando Y / n e Levi tomaram café da manhã com a mãe de Levi. Ela estava fazendo perguntas Y / n sobre si mesmo.

-Levi, eu gosto dele. Seja bom para ele. -ela disse piscando para o filho.

-Mãe! -Levi corou.

-A menos que você queira que eu te castigue. -smirked S / n.

-S / n! .- desta vez Levi escondeu o rosto nas mãos. Y / n tirou as mãos de Levi do rosto e beijou-o. Então Mikasa foi para a cozinha com o namorado.

-Mão irmão? -Disse surpreso Eren.

-Eren? Veja que você realmente estava estudando. Presumo que tenha sido biologia.

-E você é o pervertido que estava se esgueirando no quarto de alguém.

-Você disse alguma coisa vira-lata? - rosnou Y / n fazendo Levi estremecer. Eren balançou a cabeça com medo. Normalmente Mikasa seria protetora, mas Y / n era o único que poderia bater na bunda de Eren sem as consequências. Em suma, foi ele quem ensinou a Eren alguns truques que ela gostava tanto.


Notas Finais


O hot e meio curto mas, e bom!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...