1. Spirit Fanfics >
  2. One Shots Jungkook >
  3. One Shot Jungkook — 𝐉𝐈𝐍𝐀...?

História One Shots Jungkook - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


OIIII GENTE TURU BOM?? MAIS UM CAPÍTULO FEITO AIIIII

GENTE QUANDO APARECER ISSO AQUI “______” É POR QUE SIGNIFICA O APELIDO DE VOCÊS TÁ MEU AMORES??

ESPERO QUE GOSTME E É ISSO 😈


𝐁 𝐎 𝐀
𝙇 𝙀 𝙄 𝙏 𝙐 𝙍 𝘼🔥

Capítulo 16 - One Shot Jungkook — 𝐉𝐈𝐍𝐀...?


Fanfic / Fanfiction One Shots Jungkook - Capítulo 16 - One Shot Jungkook — 𝐉𝐈𝐍𝐀...?


                      [𝐉𝐈𝐍𝐀...?]


       𝙅𝙪𝙣𝙜𝙠𝙤𝙤𝙠: 22 𝙖𝙣𝙤𝙨        𝙆𝙞𝙢 𝙎/𝙣: 24 𝙖𝙣𝙤𝙨


Povs Jungkook 

É difícil você manter uma postura sendo que tem medo de as pessoas descobrirem a verdade. 

Bom eu sou Jungkook, Jeon Jungkook só que nasci no corpo errado, todos me conhecem por Jina, ninguém sabe que eu sou um garoto que gosta de se vestir como mulher. 

Eu nasci me sentindo errado, sempre usei maquiagem sempre quis usar roupa feminina e etc... sempre senti tesao pelos homens, mais nunca fiquei com ninguém tipo de transar, toda vez que eu vou pra faculdade eu coloco sutiã pra fingir que eu tenho peito, hoje em dia eu tenho 20 e já estou na faculdade. 

Eu tenho uma aparecencia que ajuda eu ser mais feminina, todos os homem da faculdade querem ter algo comigo, mais isso por que eles nao sabem que eu tenho um penis no meio das pernas.  

Também tenho um melhor amigo, ele se chama S/n tem 22 anos, ele sempre me ajudou, com todos os problemas que eu tive, ele sabe que eu sou um garoto e quando descobriu ele não me julgou, ele me deu parabéns por eu ter o enganado certinho, eu dei risada, mais depois vi que tinha um melhor amigo mesmo. 

O único problema é que eu gosto dele, ele além de ser gentil e carinhoso ele é lindo, seria um par perfeito pra mim, mais sei que ele não sente o mesmo, sempre vi ele com garotas, então por que gostar de um garoto que se parece com garota sabendo que não tem a fruta de uma garota no meio das pernas. 

Saio dos meus pensamentos com S/n me chamando. 

— Eai, você já sabe o que a gente vai fazer no trabalho Jina? — sim ele sabe que eu sou um homem mais já disse pra ele que prefiro que ele me chame assim. 

— Ainda não Hyung, quando a gente chegar nos vê — digo um pouco desanimado 

— Jina tem alguma coisa acontecendo? Você tá muito desanimada — o mais velho diz e eu só nego com a cabeça

Logo chegamos na minha casa e fomos direto para meu quarto. 

Começamos a fazer o trabalho quietos, logo terminamos já que não tinha muita coisas. 

— Hyung — chamo o mais velho que me olha — você pode dormi aqui hoje? — pergunto baixo e vejo o mais alto concordar. 

— Jina o que tá acontecendo, me fala logo — ele diz com uma voz rouca que sempre me fazia estremecer. 

“Ah como eu sou apaixonado nesse homem” — penso 

— É que...— dou uma pausa, não sabendo se deveria dizer, respiro fundo e o olho — eu fico pensando, eu me sinto bem em estar assim, só que e se eu nunca arrumar um namorado, sabe você sabe que eu já fiquei com caras héteros, só que eles não sabiam o que eu tinha se não nunca teriam ficado comigo, e se eu nunca namorar por que quando eu foi transar eu não tiver aquilo que as mulheres têm — digo olhando pra ele, que me olhava sério 

— Ué Jina aí é só você namorar um cara Gay — ele diz e eu nego 

— não, os caras gays já são gays por que querem homens e não um travaco — eu digo com a cabeça baixa e logo recebo um tapa — Ai Hyung — digo colocando a mão no meu braço. 

— Nunca mais, tá me ouvindo nunca mais se chame de traveco, você é um homem vestido de mulher é, mais você não é um traveco você é muito mais que isso, e em relação as homens, sim tem alguns homens gays que aceitam homens vestidos de mulher sim, e outra olha quanto homem hétero você conseguiu engar, e em relação a não ter sexo, você pode ser um homem ou uma mulher, sempre vai ter alguém que vai te amar do jeito que você é, então pare de falar isso, você não é virgem né? — ele pergunta e eu nego — então, não importa mais, vai ter algum gay que vai te amar do jeito que você é — ele diz e eu abraço ele, derramando algumas lágrimas. 

“AH QUERIA TANTO QUE VOCÊ FOSSE GAY” — penso 

— Pronto — ele diz sorrindo e me larguando — posso te contar uma coisa ? — ele diz sorrindo e eu concordo curioso — eu sempre quis ver como você é na sua forma de homem — ele diz e eu arregalo os olhos — você quando se tornou minha amiga, você já era uma mulher, sempre quis ver como você é em forma de menino — ele diz me olhando com os olhos brilhando e eu nego — tudo bem, eu não estou te pedindo pra você me mostrar, se um dia você quiser me mostrar eu vou amar querer ver, só estou te contando isso por que sempre desejei ver sua verdadeira face — ele diz sorrindo meigo e eu sorrio — não importa você é linda do mesmo jeito sendo mulher ou homem — ele diz sorrindo e meus olhos brilha — eu acho que vou tomar um banho — ele disse se levantando e eu respiro fundo. 

— Hyung eu posso ir com você? — tomo coragem e pergunto. 

— claro que po..— ele se interrompe — OQUE? — ele me olha assustado 

— Deixa eu ir junto por favor — digo e ele nega — a qual é eu tenho a mesma coisa que você tem no meio das pernas — digo e ele suspira

— Mais e diferente Jina, você tem peito e...— o interrompo

— Nem são de verdade, então por favor deixa Hyung — digo fazendo carinha de cachorro abondonado e ele suspira. 

— Tá bom — ele sorri e eu abraço ele. 

Logo ele vai para o banheiro e eu continuo no quarto, logo escuto o barulho do chuveiro ser ligado. 

— Espera que eu já vou — grito e recebo um ok. 

Tiro toda a minha maquiagem tiro minha piruca e fico com o meu cabelo normal que é curto, tiro minhas roupas e minha calcinha e sutiã e fico sem nada de coisa de mulher, olho no espelho e vejo um homem com cara de mulher, mesmo sem maquiagem eu me sinto horrível, eu não conseguiria sair de casa tendo um corpo de homem e uma cara de mulher, meu corpo é tão horrível, eu Jeon Jungkook sou tão horrível. 

Respiro fundo e vou até o banheiro abro a porta e pude ver o lindo homem que estava de baixo daquele chuveiro, ele tava de costa então podia ver suas costa bem delineadas e marcadas, sua bunda branca e redondinha suas coxas crossas, Kim S/n é um pecado de homem, eu queria tar vendo a parte da frente, mas né. 

Entro no banheiro e fecho a porta, vou até o box e o abro devagar, entro e fico adimirando a suas costas, logo ele se vira e me encara. 

Ele analisou todo o meu rosto, olhou o meu corpo inteiro, até para o meu pau ele olhou, o que confesso que me deixou um pouco envergonhado, aproveitei e olhei o seu também e gente que pau é aquele, S/n é todo perfeito. 

— você...— ele começou a falar e logo parou, o que me deixou apreensivo, pois nunca me mostrei assim pra ninguém — você é simplesmente maravilhoso — ele diz e eu coro violentamente. — olha esse rosto cada detalhe perfeito, e esse corpo olha esse abdômen, se duvidar tem mais tanquinho que o meu, você é lindo Jina — ele diz sorrindo com os olhos brincando. 

— Jungkook — digo e ele me olha confuso. — meu nome verdadeiro é Jungkook 

— Até seu nome é lindo Jungkook — ele diz sorrindo — se você não fosse meu amigo, tu tava fudido. 

— Como assim? — pergunto confuso — você não é hétero? — pergunto ainda confuso, e ele ri 

— Claro que não, eu sou bissexual, pego homem e mulher — assim que ele diz eu não sabia conter a felicidade. 

Não digo nada só ataco seus lábios em um beijo quente e cheio de desejos ele retribui o que me deixa feliz. 

Sinto ele levar as mãos dele até minha bunda e dá um aperto forte o que faz nossos penis se roçarem, arfo entre o beijo.

“Que pegada meu Deus” — penso 

Logo ele leva as mãos até minhas coxas e da impulso pra mim subir em seu colo. 

Sinto a cabeça do seu pau roçar na minha entradinha e isso me causou arrepios e assiedades. 

Logo sinto seu pau entrando em minha entradinha, solto sua boca e solto um gemido alto cheio de tesao. 

— Ah — gemo alto e mordo os labios 

— Você é tão gostoso JK — assim que ele geme meu apelido eu começo a rebolar gostoso — a caralho eu tou tão duro — diz e começa a estocar gostoso. 

— Uh, eu também ____— digo e mordo o lóbulo dele. 

Ele começa a estocar rápido e fundo em minha entradinha, eu revirava os olhos de tão gostoso que estava. 

Sentir seu pau grande ir fundo em meu cuzinho enquanto eu batia uma punheta e imaginava esse homem suado e gostoso. 

Solto um grito quando sinto ele meter bem no meu pontinho sensível e ele sorri gemendo rouco. 

— Achei é? — ele diz me olhando penetrante e eu gemo anestesiado. 

— Uhum — digo e mordo o lábio tava sentindo meu orgasmo se aproximando. 

Sinto ele meter cada vez mais forte no meu pontinho, eu não gemia e sim gritava de prazer, S/n sabia muito bem o que tava fazendo e ele não brinca em serviço. 

Sinto meu pau explodir e eu solto um gemido mudo, meu gozo suja o meu abdômen e o dele. 

Logo solto a respiração acelerada que eu tava segurando. 

Sinto jatos quente me preenchendo, fazendo minhas pernas tremeres e soltar um gemido baixo. 

— você é tão gostoso baby — ele diz beijando meu pescoço e eu sorrio 

— Amei ___— ele sorri e me dá um beijo carinhoso. 

Ele foi incrível, ele é incrível, o resto da noite foi ele cuidando de mim, e dormimos abraçados. 

Com ele eu consigo me sentir livre, me sinto eu mesmo, me sinto amado. Eu amo Kim S/n. 



The End🔥


Notas Finais


EAIII GOSTARAM???

LINK DO CANAL:
https://www.youtube.com/channel/UCPilTToIyBJUtnYeDJMjC1g

LEMBRE - SE, PRA TER UMA EXPERIÊNCIA MELHOR LEIAM ESCUTANDO MÚSICAS

ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO

FUIII🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...