História One Week - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Fanfic, Got7, Imagine, Jackson, Jackson Wang, Kpop
Visualizações 67
Palavras 1.479
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Twelve


Uma hora e meia depois, fico satisfeita com a imagem que vejo no espelho.

A roupa é composta por um cropped vermelho com amarração na barriga e um decote não muito aberto. Short jeans azul com as barras desfiadas. O cabelo está parcialmente solto com tranças no topo da cabeça e glitter na raiz. Sei que vai ser um saco para tirar, mas vai falar a pena. Pelo menos foi o que Bambam disse.

A maquiagem foi um tanto simples dando destaque ao ponto de luz no inicio dos olhos, ao iluminador no osso da bochecha, as pedrinhas em cima das sobrancelhas e aos cílios postiços que são longos e maravilhosos. 

-Você está incrível! -Bambam segurou a minha mão e fez com que eu desse uma volta. -Se não estive com o Jackson eu te pegava.

Damos risada e abraço o Bamie. Ele tem sido um amigo muito especial para mim. Espero que o nosso último ano na escola seja tão legal quanto essa semana. 

-Esse banheiro está muito cheio. -diz Yugyeom na porta. -Vocês vão sair ou o que?

-Não seja chato Yugyeom. -digo antes de apertar suas bochechas.

-O que você ainda quer fazer? -Bambam cruza os raços. -Passar mais perfume para matar a Faith asfixiada?

Dou risada e Yugyeom fica vermelho. 

-Deixa o maknae em paz. -dou um tapinhas no grandão. 

Entro no quarto e deixo os garotos trocando provocações. 

Sento na cama e calço os tênis brancos para completar o meu look. Passo um pouco de perfume e estou pronta para sair. Mas antes disso, pego o meu celular e tiro algumas selfies. 

-Espera, vou tirar algumas fotos suas.

Bambam pega o celular. Faço pose e ele tira as fotos. Uso alguns aplicativos para poder editar antes de postar no meu instagram.

-Estão prontos? -pergunta Mark abrindo a porta.

-Sim, estamos. -grita Yugyeom do banheiro. 

-Então vamos. Os carros já estão lá fora.

Descemos a escada juntos encontrando todo o pessoal na sala. Fui para perto de Jackson e ele ficou parado me encarando. Dei uma risada sem graça e estalei os dedos na frente dos seus olhos. 

-Você está linda! -disse ele por fim. -Maravilhosa!

-Obrigada! -sorri e beijei sua bochecha.

-Vamos? -Jaebum chama.

-Antes uma foto. -Lavínia ergue o celular. 

Tiramos algumas selfies juntos e depois Sarah bate uma foto. Assim que terminamos, seguimos para o lado de fora onde táxis nos esperam. Como sempre, nos divimos. E em pouco menos de meia hora chegamos ao centro de Incheon. Estava cheio de pessoas andando por todos os lados. Tem várias barracas vendendo comida, com jogos para ganhar prêmios e mais a frente tem um palco ainda sem nenhum artista.

Desço do carro e dou a minha parte do dinheiro para pagar o motorista. 

-Então, que horas vamos nos encontrar? -pergunta Maddie que está de mãos dadas com Jinyoung.

Parece que a surpresa deu certo. Sorrio com esse pensamento.

-Sem hora para ir embora. -Bambam coloca as mãos na cintura. -Hoje é noite para se divertir.

-Ok. -Maddie ri. -Nos vemos em casa então.

Depois dessa pequena fala, cada um segue para um caminho diferente. Puxo Jackson para uma barraca em que vende pizza porque estou morrendo de fome. A última vez que comi foi de tarde e agora já é noite.

-Uma pizza de calabresa, por favor. -peço a um jovem.

-Sim, senhorita.

-Anna e seu amor por pizza. -Jack resmunga. 

-Pizza é a melhor comida do mundo. -retruco.

Jackson fica calado e tomo isso como a minha vitória. O moço me entrega a pizza e pago por ela. Voltamos a andar, observando o lugar enquanto eu comia. 

-Aquele não é o seu amigo? -diz Jackson apontando para um lugar.

Sigo o seu olhar e encontro Logan, Josh, Joey e Kaylyn sentados na calçada, rindo e bebendo soju. Termino a pizza e andamos em direção a eles, Jack ainda meio contrariado. Acho que ele não gosta muito do Logan.

-Oi. -falo um tanto alto por causa da música.

-Oi. -eles respondem animados.

-Pensei que não ia te achar hoje. -Kaylyn se levanta. -Aqui está tão cheio!

-Verdade. -sorri.

-Porque não vamos para perto do palco? -pergunta Josh. -O primeiro Dj já vai subir.

-Só se for agora. -responde Logan levemente bebado.

Os garotos jogam as garrafas vazias de soju no lixo e começamos a nos aventurar no meio da mulditão que seguia para perto do palco. Yugyeom e Faith se juntaram a nós e encontramos Youngjae perto das grades. O primeiro DJ subiu ao palco quase ao mesmo tempo e o show começou.

 

Não sei quantas horas passei de pé, mas quando sentei, minhas pernas pararam de formigar. Fechei os olhos e suspirei cansada. Eu gosto de festas, mas essa foi bastante cansativa. Pular, cantar e dançar durante várias horas acabou comigo. Só consigo pensar em uma banheira quente para me ajudar a relaxar.

-Tudo bem? -pergunta Jackson.

Abro os olhos e o encaro. Ele está sentado ao meu lado na calçada com os cabelos molhados pelo sereno que caiu a mais de uma hora.

-Sim, só estou cansada. -respondo. -Podemos ir para casa?

-Claro, vamos. -Jack estende a mão.

Seguro a mesma e levanto-me. Caminhamos pelas ruas que estão se esvaziando, mas ainda assim, conseguimos encontrar Bambam. Ele está se agarrando com a Kaylyn. Paro um segundo para ter certeza de que estou vendo corretamente.

Quando estávamos na frente do palco, Bambam apareceu. Ele e a Kaylyn ficaram se encarado e em menos de cinco minutos eles sumiram. Ela mandou uma mensagem dizendo que estavam conversando, mas parece que eles decidiram fazer algo melhor.

-Eles ficaram bem juntos. -diz Logan surgindo do nada.

-É, mas acho que é só uma ficada.

-A gente podia ficar também. -Logan morde o lábio e olha para o meu corpo.

-Como é? -pergunto séria e começando a me irritar.

-Qual é, Anna. -ele revira os olhos. -Você percebeu que eu estou interessado e vamos admitir, eu sou mais o seu tipo do que esse idiota.

Jackson finalmente desvia o olhar de Bambam e encara Logan. Ele não parece ter escutado muito da conversa, mas não há como não perceber a sua expressão de irritação. É obvio que o Jack não gosta dele. Agora eu entendo o motivo. Logan está sendo um completo idiota.

-Anda, larga ele e vamos nos divertir sozinhos. 

Logan segura o meu braço com força.

-Solta ela! -diz Jackson se colocando no meio.

-O que você vai fazer? -Logan sorri malicioso e aperta mais o meu braço machucando de verdade.

Jackson não responde. Ele apenas empurra o Logan com força e no impulso ele solta o meu braço. Massageio o meu pulso vendo o quanto está vermelho. Provavelmente vai ficar roxo. 

Nesse segundo que me distraio, Logan dá um soco em Jackson. Grito de surpresa e tento ver se Jack está bem, mas ele me empurra de leve e parte para cima do Logan. Os dois começam a dar socos e chutes um no outro. Eles vão ao chão e continuam com a briga.

E eu? Não sei o que fazer.

Mas não precisei pensar muito. Bambam chegou com Kaylyn e cinco segundos depois dele a polícia. Eu não tinha percebido, mas havia uma multidão ao redor olhando para a briga e alguns gravando com o celular.

Dois políciais irritados separaram a briga. Eles puxam os meninos para um tipo de barraca aonde está a polícia que vigia o local. 

-Você não pode entrar senhorita. -diz um deles.

Bamie me puxa dali antes que eu comece a reclamar. Sentamos em um banco próximo.

-O que aconteceu? -pergunta Kaylyn.

Expliquei a situação para eles. Bambam ficou puto e pegou o meu braço. O pulso está começando a ficar roxo.

-Precisamos de gelo. -diz Kaylyn. -Eu vou buscar. Já volto.

Kaylyn se afasta. Acho que ela está surpresa com a atitude do primo já que ela não me encarou nem olhou para o peguete dela. 

-Você está bem? -Bambam pergunta.

-Acho que sim. -suspirei. -Eu só não esperava que o Logan agi-se dessa maneira.

Ele passa o braço pelos meus ombros.

-As pessoas nem sempre são o que pensamos. 

-Aqui está. -Kaylyn estende um saco com gelo.

Deixo o mesmo no pulso para que ele não inche. Depois disso ficamos em silêncio.

 

Uma hora se passa e já estou quase surtando quando Jackson finalmente aparece. O abraço forte, soltando um suspiro longo e engolindo o sentimento de angustia que estava sentindo.

-Estou bem. -diz ele baixinho. -Vem. -Jack pega a minha mão. -Vamos embora. Conversamos depois.

-Ok. -viro-me para Bambam e Kaylyn. -Obrigada por ficarem comigo. Nós vamos para casa.

-Fica bem. -diz Bamie me abraçando. 

Kaylyn se limita a acenar. 

Jackson e eu seguimos pela rua até conseguir um táxi. Fico em silêncio sem saber como reagir com a situação porque sei que quando chegarmos em casa, eu e Jackson teremos uma conversa séria.


Notas Finais


UUUUHHHH clima tenso hein
O que acham que vai acontecer? Me contem aqui em baixo.
xx S


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...