História Oneshots One Direction - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Imagine Harry Styles, Imagine Liam Payne, Imagine Louis Tomlinson, Imagine Niall Horan, Imagine One Direction, Imagine Zayn Malik
Visualizações 57
Palavras 863
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde minhas queridas directioners! Esses oneshots são para agradar a todas vocês. Espero que gostem e que caia uma tempestade de comentários

Capítulo 1 - Imagine Harry


Fanfic / Fanfiction Oneshots One Direction - Capítulo 1 - Imagine Harry

É um lindo dia de Segunda-feira

Nossa querida personagem (S/N) se apressa para pegar o ônibus

P.O.V (S/N)

Eu: Vamos (S/N)! Você tem que se concentrar! Aonde deixou a coleira do seu gato?

Procuro e procuro a bendita coleira

Meu gato, o Sherman é um siamês de olhos cinzas que por sinal apronta muito, quando o deixo sozinho

Por isso procurei alguma "Casa de cuidado" para o Sherman. Bem perto da minha casa encontrei uma. Um senhor de idade que ama gatos, cuida do meu precioso siamês.

Eu: Achei!

Agora que achei a coleira dele, corro para colocá-la no Sherman e pego minha bolsa.

Saio correndo em direção a casa de cuidado e entrego Sherman a Brian Smith.

Vou até o ponto de ônibus mais perto e em dois minutos já estou indo ao meu destino.

-08:45-

Trabalho em uma empresa de comércio de bebidas. Na parte de administração e advocacia. Estranho ver uma jovem de 20 anos, já formada em duas faculdades e cursando uma terceira. Mas aos 17 anos, fiz as duas faculdades no exterior, as avaliações aplicadas eram consideradamente difíceis a um nível normal de Q.I. Mas me deram como resultado, sou superdotada. E desde então, passei nas faculdades e hoje curso faculdade de música, pois sempre gostei de canto.

Chego ao meu trabalho agora. Dando graças que Grace, minha chefe ainda não chegou. Cumprimento Luke e vou em direção ao meu escritório.

Eu: Bom dia Luke!

Luke: Bom dia (S/A)! Temos muitos relatórios a assinar hoje

Eu: Urgentes?

Luke: Tem de serem entregues até o meio-dia

Eu: Ok, deixe me ver

Passo o dia assinando contratos, relatórios e documentos. Havia uma pilha deles.

-16:30-

Meu expediente acaba aqui. Agora vou direto a faculdade que não fica muito longe daqui.

-16:40-

Chego na faculdade. Me sento e logo as aulas dão início. Fazemos algumas atividades e por último uma avaliação.

-19:40-

Fim do dia. Volto para casa, mas antes vou até a casa de Brian, buscar Sherman.

Aperto a campainha e um garoto de aproximadamente 18,19 anos abre a porta.

Eu: Oi, eu vim buscar meu gato. Um siamês com o nome de Sherman na coleira.

Garoto: Ah sim... Espere um minuto!

O garoto grita pelo avô

Garoto: Vô onde está o Sherman?

Logo Brian trás meu precioso siamês.

Brian: Aqui está (S/A)! Ele era o último do dia

Eu: Eu demorei tanto assim? -Risos-

Brian: Não, acontece que hoje os clientes vieram um pouco mais cedo -Risos-

Eu: Entendi -Risos- Quanto é Brian?

Brian: Trinta libras (S/A)

Retirei as trinta libras do meu bolso e entreguei ao garoto, que cochichou algo no ouvido do avô. Sejamos francos, era audível o que ele dizia.

Brian: Entre e guarde o dinheiro Harry. Logo conversamos

Harry... Esse é o nome daquele lindo garoto que passara para o interior da casa...

Brian: Desculpe pelos modos minha querida...

Eu: Tudo bem Brian! Ele é seu neto?

Brian: Sim, tem 19 anos. É filho da minha querida Anne...

Ele pronunciou o "Anne" já um pouco mais... Triste!

Eu: Faz tempo que você não vê sua filha Brian?

Brian: Faz... Perdi o contato com ela a três anos. Antes costumávamos falar dos os dias. Mas ela mudou de emprego e desde então... Nunca mais conversamos...

Eu: E você sente muita falta dela?

Brian: Muita falta (S/A). Desde que ela saiu de casa, quando se casou com o Desmond, pai do Harry, nós nunca mais nos vimos pessoalmente. Nas férias, meu neto passa um tempo aqui. Ele insistiu nas últimas vezes para a mãe vir também, mas ela sempre está ocupada.

Eu: Ela mora em Cheshire?

Brian: Sim, faz tanto tempo que te contei isso como se lembra?

Eu: Tenho uma memória boa -Risos- Mas para sua sorte, eu tenho duas passagens para Cheshire e uma para voltar a Londres. Gostaria delas?

Brian: Não (S/A). Se aceitasse, além de estar sendo mal educado, estaria abusando da sua bondade!

Eu: Muito pelo contrário! Brian, todos os dias você cuida do Sherman para mim. Sempre me considerou como sua neta, então deixa eu presentear meu vovô!

Brian: Ok... Muito obrigado mesmo (S/A)!

Um sorriso enorme se abriu na boca de Brian

Eu: Obrigada eu!

Entreguei as passagens para o Brian e tirei um pequeno papel do meu bolso.

Eu: Brian, você pode entregar isso ao Harry?

Brian: Claro (S/A), obrigado novamente. Não sabe como me alegra poder ver minha filha depois de muitos anos!

Eu: De nada Brian! 

Voltei para minha casa e tomei um banho refrescante. Coloquei um vestido simples e resolvi andar pela rua a fora.

-19:45-

Passeando pela rua recebo uma mensagem.

-Mensagem ON-

Desconhecido: Oi (S/A), é o Harry!

Eu: Oi Harry! Como vai?

Harry: Eu vou bem, e você? Está livre essa noite?

Eu: Estou sim!

Harry: O que acha de jantarmos em um restaurante hoje?

Eu: Ótimo!

Harry: Combinado, passo na sua casa em 25 minutos.

Eu: Ok, adeus!

Harry: Adeus!

-Mensagem OFF-

Como não havia ido muito longe, volto para casa.

Coloco um vestido azul longo e deixo meus cabelos levemente cacheados soltos.

-20:15-

Harry me busca. Vamos até um restaurante, mais conhecido como o meu predileto.

Temos uma agradável noite.

-Algum tempo depois-

Hoje, eu e Harry estamos namorando. Depois de alguns encontros, ficamos amigos e atualmente namorados.

Sendo mais objetiva, estamos noivos.

E eu passo dizer que aquela cansativa noite de trabalho em que um garoto de 19 anos pediu a seu avô para o mesmo pedir meu número... Foi a melhor que tive!

"O amor é algo que é demorado ao encontrar. Há pessoas que demoram dias, meses, anos... Para encontrar o verdadeiro amor. Mas quando encontrar, jamais o deixe partir"


Notas Finais


Essa frase final é para todos vocês!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...