1. Spirit Fanfics >
  2. Only i see your beauty >
  3. Stay Friends..?

História Only i see your beauty - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


IAIIIII SEUS CORNO ÒWÓ (brincadeira kkk ;-;)
Tô aqui com mais um capítulo minha gente! Vasleu aí a todos os favoritos e comentários, sério, eu realmente fico muito mais motivado quando vejo que os favoritos estão aumentando :3

Entaaaaooo, fiquem com essa merda aque ^^

Capítulo 3 - Stay Friends..?


Fanfic / Fanfiction Only i see your beauty - Capítulo 3 - Stay Friends..?

*Ninguém onn*


Eram 18:30, L, BB e Light conversavam em um banquinho encostado numa árvore bem grande e grossa, que foi citada no primeiro capítulo (Meu Deus, escrever isso é muito constrangedor). A conversa rodeava mais L e Light do que BB, logo o nosso lindo gamer chega, depois de ter acompanhado o namorado COF COF depois de ter acompanhado o colega até o dormitório.


- Eai tomatinho! - Disse BB tentando fazer os dois merda ao seu lado pararem de conversar sobre coisas que só os dois gostavam  - Cê tá corado por quê?


Logo Matt fica mais vermelho do que já estava, e senta ao lado BB sem falar uma sequer palavra, ele não era muito bom em disfarçar, já que quando sentou ficou de braços cruzados e de cabeça baixa e estava tão corado que virou um verdadeiro tomate, estava mais que na cara que ele ficou envergonhado.


- Aaaaaahhhnnn, tá coradinhooo - BB continuou puxando o saco de Matt, é a especialidade dele.


- Ah, já está um pouco tarde, vou ao meu quarto. Até mais pessoal! - Disse Light indo em direção aos dormitórios. 


L ficou um pouco triste com a ausência do namorado COF COF COF, quero dizer, do amigo, mas não demonstrou, porque ao contrário de certas pessoas (Matt), ele sabe disfarçar os sentimentos, que até antes eram praticamente inesistentes.


- Ah, ok. Tchau Light-kun! - Disse L levemente rosado, BB obviamente notou isso, já sabe o que vai acontecer né?


Light saiu, e foi em direção ao seu dormitório. Quando ele saiu de vista...


- HUUUUUMMM, TÁ CORADO POR QUEEEEE??? - Nem parece que Beyond odeia Light


- Que corado o que?! - L conseguiu estragar todo o disfarce de sentimentos. Dica: se você quer disfarçar que gosta de alguém, só ignore.


*Ninguém off*


*BB onn*


Ainda bem que Light saiu daqui, sério, eu não aguento esse cara! Ele é muito certinho, e metidinho... Mas acho que L não acha isso, O CARA FICOU CORADO EM TODAS AS VEZES QUE ELE CONVERSA COM LIGHT!!! 


- Cê tá gostando do Yagami? Sério? - Matt disse sorrindo um pouco, ele deve estar feliz em finalmente encontrar alguém que é LGBT,  já que depois que se assumiu gay, ficou esperando aparecer uma bixa igual a ele.


- Que? Endoidou de vez? Eu não tô gostando dele! Longe de mim! Ele é só um grande amigo meu, sabe, finalmente encontrei alguém que tenha assuntos realmente interessantes... 


Matt começou a pular em cima de L igual um louco falando que finalmente saiu do armário e coisas do tipo, e L estava só negando o que o ruivo dizia.


- Ok gente, acho que vou tentar fazer algo interessante nessa merda - Eu disse me levantando e saindo de lá deixando Matt e L dando seus surtos lá.


Eu estava no corredor, e comecei a pensar no que posso fazer de interessante nesse lugar, porque afinal, nas ruas eu conseguia matar as pessoas sem ninguém ver, mas aqui, tem pessoas pra todo o lado! Não dá pra eu me divertir aqui, por isso ninguém gosta de estudar!


Entrei em meu dormitório, e vi o pequeno albino sentado em sua cama, pera, ele ficou aqui o dia todo? Não lembro de vê-lo em lugar nenhum o dia todo, ao não ser aqui no dormitório, e acho que teria o reconhecido de longe, já que ele é bem diferente dos outros... 


Quando entrei, fechei a porta e não trocamos uma palavra, logo fui à minha mala, e peguei um pote de geleia, como eu amo geleia! Comecei a comer com minhas mãos, sem auxílio de talheres ou outra coisa. Acho que o albino não está acostumado a ver alguém comendo geleia desse meu jeito estranho, admito que não é um hábito normal, devia ter pelo menos esperado ele sair do cômodo ou ter pego uma colher.


Ele continuava a me olhar, mas não parecia incomodado, muito pelo contrário, ele olhava pra mim de um jeito que ninguém nunca olhou... É um pouco estranho eu estar falando isso de um menino de treze anos? (Não, nem um pouco. Continue por favor! Isso rende mais conteúdo)


- Beyond... - Near disse em voz baixa - Promete que não vai rir?


- Aann, ok! - Disse eu me empanturrando de geleia, até não sobrar nada no pote.


- V-Você pode brincar c-comigo..? (Sem pensamentos obscenos, essa não é a hora ainda rs) - Ele disse aquilo olhando cabisbaixo para seus brinquedos, que inclusive não o vi sem um em sua mão em nenhum momento.


Olhei pra ele, o garoto parecia envergonhado, e também parecia triste, fiquei com pena dele, já que deve estar esperando uma resposta como risadas e deboche, não o culpo, seres humanos são realmente monstros, e fazem de tudo pra zoar outras pessoas... (Tipo certas pessoas, né Beyond?)


- Ah, tudo bem! - Disse com um sorriso no rosto. Vi seus olhos brilharem, essa deve ser uma resposta muito inesperada.


O branquelo ficou todo alegrinho, e começamos a brincar com uns bonecos que ele tinha ali, admito que foi bem divertido! Quando a brincadeiras acabou (não consigo escrever isso sem pensar em besteira), comecei a encará-lo, ele realmente é muito fofo, principalmente quando sorri, nunca vi um sorriso tão lindo na minha vida...


- Quer ser meu amigo? - Ele pergunta


- Ah, claro! 


Logo, o albino sorriu e me deu um abraço bem apertado, retribuí, já que estava gostando daquilo...


*BB off*


*L onn*


Depois de convencer Matt de que não sou gay, finalmente ele foi pro dormitório dele, e eu fui pro meu.


Quando fui ao meu quarto, vi que a luz estava acesa, já que a luz passava pela brecha de baixo da porta, logo assumi que meu colega de quarto já estava no dormitório. Coloquei a chave na fechadura, destranquei a porta, não vou só abrir a porta igual um louco, primeiro vou dar um pequeno "aviso" de que estou entrando. Bati na porta e abri em seguida.


- Ah, oi L! - Disse uma voz familiar vindo do cômodo


Adivinha? Exato! Eu iria dividir o quarto com o Light. O que o destino está aprontando agora? Quando entrei, a primeira coisa que fiz, foi corar. Light estava sem camisa sentado em sua cama, lendo cinquenta tons de cinza, não imaginava que ele gostava desse livro.


- A-Ah, acho que entrei em um péssimo momento... - Disse eu me virando à direção contrária do moreno.


- Ah, tem nada não! - Disse Light pegando e vestindo sua camisa - Deixa isso pra lá, não pensei que iríamos dividir o quarto!


- Mas você pegou e me entregou minha chave, você deve ter visto pelo menos o número escrito...


- Eu não vi o número da chave, até porque, o que eu ganharia sabendo o número do seu quarto? - Ele disse sem tirar o sorriso do rosto.


Logo comecei a desfazer minhas malas, que eu trazia uma quantidade pequena de roupas, e a maioria eram praticamente iguais. Rápidamente terminei, e já era 20:05, não é permitido aluno fora dos quartos depois das 20:00, então acho que não poderei sair agora.


Sentei-me ao lado de Light, que já havia terminado de ler o livro e estava segurando um digamos que poster.


- O que é isso? - Eu perguntei-lhe friamente 


- Ah, isso é um panfleto da festa de começo de ano, o diretor me pede sempre pra dar uma olhada em todo tipo de panfleto que vai distribuir pelas paredes do internato. - Uma... Festa? Que interessante... Nunca fui pra uma festa antes...


- Uma festa? Que tipo de festa? - Eu perguntei ele novamente, colocando o polegar na minha boca


- É uma festa que o diretor faz todos os inícios de anos para os alunos daqui, ainda não sei o por quê dele fazer isso, mas a festa é sempre bem legal! Você vai querer ir?


Dou uma pequena pausa, olho para o moreno, ele realmente fica muito lindo sorrindo...


- Ah, acho que vou... Que dia que é essa festa? 


- Dia XXX hora tal(preguiça de inventar um dia e hora) - Já é semana que vem, pensei que fosse um pouco mais tarde... - Eu e outros poucos alunos estamos ajudando o diretor a arrumar a festa, se você quiser nos ajudar também, ficaremos muito gratos! - Ele diz isso com o sorriso mais lindo existente 


- Posso ajudar se você quiser... - Tá, eu queria ajudar ele sim.


Logo começamos a conversar, e foi uma conversa tão boa, ela rolava tão bem, era tão bom conversar com ele, os assuntos eram realmente interessantes...


- É muito bom ter um amigo como você, L! - Nossa, por que dói tanto quando ele fala que somos amigo? Isso é o que somos, certo?


- É, digo o mesmo! - Me dói mais ainda lembrar que tem uma garota loira andando atrás dele pra lá e pra cá, acho que são namorados... - Light, você tem namorada?


- Ah, é quase um namoro, mas não é correnpondido. Sinto nada por ela. - Ele deve estar falando daquela garota loira que estava seguindo ele, fiquei um pouco aliviado por conta disso, mas por quê?


Continuamos a conversar até tarde, deu pra ver que Light estava com bastante sono, mas não demonstrava, só mostrava aquela merda de sorriso mais lindo, quando deu a primeira brecha, ele caiu no sono no meu ombro, era muito fofo vê-lo desse jeito, fiquei encarando ele por mais um tempo, até que deitei o mesmo em sua cama, o cobri, logo fiquei com muito sono, e fui pra minha cama dormir também. Mas antes, dei um leve beijinho na testa do moreno, que dormia como pedra.


Fui pra minha cama e me deitei também. Ele é realmente muito lindo dormindo... Me sinto privilegiado por ver esta cena...


Notas Finais


MEU DEUS QUE CAPÍTULO BOSTA KKKKKK Não me culpem, eu quero logo fazer o capítulo da festa pra começar as putaria de verdade nessapoha kkkk

Fato curioso: O título desse capítulo eu tirei de uma música que eu tava ouvindo quando escrevi a fic (música: Two Time)

Enfim, é só isso mesmo. Tchauuu meu povo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...