1. Spirit Fanfics >
  2. Only i see your beauty >
  3. More drinks, and love...

História Only i see your beauty - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Yoooo >:3 como vão vcs? <ÒuÓ>
Yeeeaaass, mas um capítulo dessa porra aqui ÙwÚ estou pensando em lançar capítulo todos os dias, já que minha criatividade está saindo a montes QwQ rs

Esse capítulo está bem focado em um monte de merda que veio na minha cabeça, e todos os pensamentos rodeados em torno de: "E se ele estivesse bêbado?"

Fiquem com esta merda, te vejo nas notas finais :D

Capítulo 5 - More drinks, and love...


Fanfic / Fanfiction Only i see your beauty - Capítulo 5 - More drinks, and love...

*Near onn*


Lá estava nós seis, dois adolescentes sóbrios, três jovens adultos bêbados, e um adolescente bêbado. Quero dizer, eles nem estavam tão bêbados ao ponto de cometer qualquer tipo de loucura, mas querendo ou não, estavam um pouco ruim da cabeça.


Já havia se passado três horas, apenas com a gente organizando a festa e bebendo pakas. Eu e Matt éramos os únicos que estavam bem. Mas Matt estava louco tentando convencer o Mello pra parar, mas, é o Mello, ele obviamente queria beber mais que todo mundo, só pra ser "melhor" em sei lá o que...


L e Light não desgrudavam nem um segundo, acho que estavam compartilhando até a mesma bebida, não duvido nada. Os dois estavam praticamente se abraçando de tão perto que eles estavam ficando, acho que eles queriam isso desde o início.


Já eu fiquei ao lado de B, sabe, ele era o meu único amigo real mesmo, então eu fiquei com ele uma grande parte do tempo. Mas teve uma hora que eu cansei um pouco de ficar só na cola dele, e fui tentar conversar com Matt, ele parece ser um cara legal. E eu acertei, ele é realmente bem interessante e inteligente, acho que estava no mesmo patamar de Mello em questão de inteligência, foi bem legal conversar com ele.


- Ei gente, tive uma ideia! - Disse BB, meu Deus, outra ideia? Acho que já está na hora de voltarmos ao internato, já se passaram três horas... As aulas já devem ter começado, não podemos faltar nosso primeiro dia!


- Diz aí! - L está cagando pra aula e pra sua sanidade mental.


- Que tal misturar essa cerveja com Vodka? - Pera, Vodka? Da onde ele tirou essa Vodka? Tá, vou falar é nada... Só sei de uma coisa: Nunca se deve misturar cerveja com Vodka, NUNCA!!


- Bora!!! - Disse Mello que já tava bem chapado, imagina quando ele tomar aquela merda que eles vão misturar? Vai dar cada merda... Só espero que não haja estupro aqui.


- Err, gente, não acham melhor pararmos por aqui? - Disse Matt que provavelmente já tinha consciência da merda que iria acontecer quando eles misturarem aquelas porra lá...


- Ah, larga de ser chato, Matt! Vamos tentar nos divertir pelo menos uma vez na vida! Sabe, sempre fui muito perfeitinho, acho que já tá na hora de eu mudar um pouco isso. - Disse Light, porra... Agora sim ele deve estar animado pra beber...


Eu só ignorei tudo que eles disseram, e comecei a conversar com Matt, ele estava preocupado demais com Mello, ele precisava se acalmar um pouco. Até que finalmente, a mistura da morte estava pronta... (Eu só queria saber de onde caralhos eles tiraram a porra da Vodka)


Foi nem três goles pro L já começar a ficar puta bebaço, ele realmente não tava bem... Light ainda estava um pouco mais normal que L, mas não deixava de estar muy loko das ideia! Beyond, também estava louco pra caralho, isso tudo em menos de três goles daquela merda que eles fizeram...! 


 Matt começou a ficar muito desesperado, porque Mello já estava muito bêbado antes, e agora... Ele não estava bem não... Era muito fofo ver como Matt realmente se importava com Mello, ele estava toda hora auxiliando o loiro em qualquer coisa que ele fosse fazer, nunca vi uma pessoa tão preocupada com outra.


Até que me sentei em um canto qualquer pra brincar com uns enfeites que achei em uma caixa, estava gostando do "silêncio" que sinto lá, fiquei mais distraído.


Enquanto os bêbados continuavam a beber, misturar aquelas bebidas lá, e a fazerem alguns desafios uns pros outros, chega Beyond perto de mim, e senta no meu lado, e começou a conversar comigo, até que larguei os enfeites e comecei a prestar mais atenção nele.


- Fazendo o que ovelhinha? - Ele disse olhando pro teto


- Por enquanto nada... - Eu disse sem mostrar uma sequer expressão.

 

Então, depois de um tempo de minha resposta, ele começa a acariciar minha cabeça, admitido que fiquei bem corado, então ele chegou um pouco mais perto de mim, e virou meu rosto para o dele, e começou a aproximar lentamente nossos rostos, já sabia o que ia acontecer, não impedi em momento nenhum aquilo, pois admito que eu queria fazer isso... Quando estávamos quase nos beijando, virei meu rosto para o lado, e desviei o olhar.


- E-Eu nunca beijei alguém antes Beyond... - Eu disse muito envergonhado.


- Hm, deixa eu te ensinar então... - Beyond disse virando meu rosto novamente, e me beijou.


Era algo tão prazeroso, era tão bom... Até que ele pediu passagem com a língua, eu cedi, e era uma sensação muito boa, senti sua língua explorar cada canto da minha boca, aquilo me excitava muito...


Foi pouco tempo até que B começasse a passar sua mão por todo o meu corpo, e segurar fortemente minha cintura, fiquei todo arrepiado com aquela sensação quente, logo agarrei seu pescoço intensificando mais ainda o beijo, o que fez a sensação melhorar, nunca pensei que ficaria tão feliz por algo que alguém fez comigo, principalmente com esse alguém sendo B, mas ele só está fazendo isso porque está bêbado. Nossa, dói pensar que se ele estivesse sóbrio não faria isso comigo... Quando a falta de ar nos separou, resolvi me levantar e ir para outro canto, pra tentar esquecer isso que me entristecia, por que estou tão triste por uma coisa boba dessas? Eu não posso estar gostando de B, isso não faria sentido, a gente nem se conhece direito, mas... Ah, que se dane! Eu gosto do B...


Quando saí de lá, sem dizer muita coisa, chega um certo alguém atrás de mim, e esse alguém que está me causando toda essa confusão na minha cabeça...


- O que foi ovelhinha? Saiu e num diss nada, gostou não? - Disse B


Eu não acho que ele levaria a sério todo esse meu drama, tenho que inventar alguma desculpa ou... Foda-se! Ele está bêbado mesmo, vou desabafar tudo...


- E que se você não estivesse bêbado, não faria nada do que você fez agora...! E isso me entristece bastante, porque eu te amo! - Eu disse tudo o que eu queria dizer, nem ligando para o que ele iria pensar, aliás, acho que ele nem iria lembrar do que eu estou dizendo agora.


Ele soltou uma risada, e me preensou contra a parede, logo começou a me beijar novamente, comecei a esquecer todas as minhas paranóias lentamente... B, você é o único que consegue me fazer feliz de verdade... Espero que você me ame como eu te amo...


*Near off*


*Light onn*


Aqui está eu! O Light sóbrio nessa poha aqui! Vou meio que "confessar" minha história de bêbado, que spoiler: foi bem estranha...! 


Bem, quero que entendam: eu não sou de beber, mas quando bebo, não fico muito bêbado, mas essa mistura aí do Diabo, fez eu ficar loucasso da cabeça, cês tem nem noção do quanto eu fiquei louco! Fiquei tão louco que lembro de quase nada... Mas vou contar aqui o que a escritora tá pedindo pra eu contar.


Depois que fizemos a mistura do Capiroto lá, começamos a ficar loucos de verdade, principalmente Mello, que já estava loucasso antes, então agora tá... Foi bem divertido, porque ainda estávamos arrumando os enfeites da festa, mas também estávamos bêbados. Tá, estávamos mais fazendo loucuras do que enfeitando o local... Aconteceu muita coisa louca; B beijou o Near, eu briguei com Mello ("briguei" com Mello); joguei aquela bebida no L; ele me meteu os socos; e eu beijei o L. PERA, O QUE ACONTECEU?!!?


*Flashback onn*


Depois de eu ter jogado aquela mistureba de bebidas no L, e ele ter me dado uma cacetada de socos e chutes, eu fiquei apenas encarando as merdas que estavam acontecendo com o povo que estava lá, até que chega L no meu lado, todo ensopado, e começa a conversar comigo.


- Hoje foi um ótimo dia... - Eu disse para L, que estava com outra lata de cerveja na mão.


- Pois é, mas o dia sempre fica bom com você aqui comigo, Light. - L disse, conseguindo me fazer corar, e também tirar uma risada envergonhada de mim, aquela frase me afetou bastante, mesmo bêbado.


- Cê bebeu pra caralho kkk - Eu disse, não querendo acreditar no que ele disse.


- Que isso oxe? Eu bebi, mas falo a verdade, eu te amo ô trouxa!! - I-Isso é verdade... Ou ele só está sob efeito da bebida...?


Não queria acreditar no que ele dizia, logo soltei uma risada, e virei meu rosto para o dele, e sem hesitar, ele me beijou, e minha consciência praticamente foi embora, e retribuí o beijo, realmente foi algo muito bom, mas eu não me lembro dessa parte... Queria me lembrar, desta sensação... Depois que Matt viu aquilo, vocês já devem imaginar o que aconteceu, né? Sim, aconteceu muita merda. A única coisa que eu lembro desta parte, e ele gritando igual um louco, coisas do tipo: "AH, EU SABIA! EU SABIA!", e também me lembro de ter jogado a bebida de L no ruivo, Mello ficou muito puto, e começou a me xingar e defender Matt, que estava vermelho pra caralho, os dois se amam, isso é certeza.


Eu lembro que a gente gritou e riu tanto, e foi tão alto, que vieram uns cinco vizinhos dali reclamar do nosso barulho, óbviamente, mandamos todos ir tomar no cu, caralho, primeira vez que consigo não ser o garoto perfeito, e o povo fica irritado com isso, vá te catar! Sem brincadeira, quase coloquei fogo no lugar, tinha um isqueiro lá perto, então eu peguei, e tive a brilhante ideia de acender isso lá dentro, perto dos enfeites de papel. Mas foi muito por pouco que não causo um incêndio... 


Depois de outras merdas, fomos voltar ao internato, já que já estava de noite, puta merda... Realmente exageramos na bebida... 


*Light off*


*Matt onn*


Depois que FINALMENTE convenci aquelas bixas a voltar para o internato, porque já era 19:35, fomos voltar. Ainda fizemos mais merdas na rua do que fizemos lá dentro; brigamos com desconhecidos; tacamos pedras nos portões de estranhos; roubamos uma farmácia próxima; ativamos alarmes de carros aleatórios; e assediamos uns caras aleatórios nas ruas; entre outras dezenas de coisas... Foi muito legal esse dia! E ainda por cima, Mello arranjou briga com uma dono de bar, e ainda conseguiu roubar uma 51, esse cara é vida louca mesmo! 


Estávamos todos rindo e gritando igual uns doentes mentais, mas quando chegamos no internato, tivemos que fazer bastante silêncio pra não acordar ninguém lá, já era 23:12, então provavelmente estavam todos dormindo, enquanto Near levava B para o quarto deles, eu guiei Light e L para o quarto deles, e levei Mello para o nosso.


Quando chegamos no nosso quarto, Mello se sentou em sua cama, e começou a "voltar" a consciência, e também reclamava de tontura e dor de cabeça, fiquei bem preocupado com ele, sabe, sempre sou preocupado com tudo e todos, mas dessa vez, eu fiquei mais preocupado do que já estive...


- Porra Mello, eu disse pra você não beber aquela merda! - Disse pegando um copo d'água e entregando para o loiro, que não tirava a mão da cabeça.


- Desculpa, eu só queria aliviar o estresse pelo menos uma hora... - Fiquei com pena do meu loirinho, porque quando ele finalmente consegue aliviar o estresse por completo, ele acaba passando mal... 


- Calma, tenta dormir um pouco, talvez isso faz você ficar melhor... - Eu disse acariciando seus cabelos.


Então, logo ele me dá um abraço muito apertado, me fazendo corar todo.


- Obrigado, Matt! Se você não estivesse lá, eu provavelmente não teria me divertido como me divertido...


Logo, dei uma leve risada, e retribuí o abraço. Depois do abraço, deitei o loiro em sua cama, e o cobri, ele realmente estava com sono. Ele fica muito foto dormindo, fiquei bastante tempo vendo ele dormi, quando fiquei com sono, deitei ao lado de Mello, e o abraçei, logo depois dormi abraçado no loiro...


Ah Mello, como eu te amo...









Notas Finais


Uuuuuhhuuuu!! Cabei finalmente >:'D
Sério, eu tive que reescrever esse capítulo umas três vezes, porque sempre algo no meu celular travava, e eu perdia tudo que escrevi ;-;

Enfim, comentem o que acharam! É sempre bom ver o feedback de vocês <3 se vocês não gostaram, ou acham que eu deveria melhorar em algo, comentem que eu sempre estou lendo os comentários ^^

Tchauuu meu povuuuh 💜💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...