História Only Mozart - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Girls' Generation, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chen, D.O, Jaehyun, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Kai, Lisa, Rap Monster, Sehun, Seulgi, Suga, Suho, Taeyong, V, Xiumin, Yoona
Tags Black Pink, Bts, Exo, Girls' Generation, Kpop, Musica, Nct, Red Velvet, Snsd
Visualizações 8
Palavras 408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Policial, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem, uma historinha nova.

Capítulo 1 - Blood


Fanfic / Fanfiction Only Mozart - Capítulo 1 - Blood

Um grito, um estrondo, o sangue e a dor, nunca imaginei que fosse terminar assim, todos os anos de treino, todas as festas perdidas, todas as unhas quebradas, para terminar... assim, injusto?

Eu via a minha imagem estirada no asfalto da rua principal de hongdae, em frente a um simples restaurante onde havia jantado com os poucos amigos que tenho ou tinha, vejo as pessoas se aglomerando e a ambulância chegar, Taehyun estava desesperado, Jaehyun estava em prantos, Taeyong estava de joelhos ao lado do meu corpo, enquanto os socorristas colocavam aquela que uma vez fui eu em uma maca, uma cena dramática de um filme triste, foi nisso que minha vida se tornou, ou os seus resquícios, os segundos se tornaram horas, porém eu mau percebi ao já estar no hospital, aqueles que antes estavam a minha volta, choravam em frente a sala de cirurgia, eu me vi ser cortada e costurada, vi várias bolsas de sangue serem conectadas ao meu corpo, vi ele ser passado para outra maca e ser levado para um quarto, vi o médico falar com alívio que a cirurgia foi um sucesso e meus amigos suspirarem aliviados, e eu sem entender o porquê de ainda estar fora do meu corpo, voltei a meu quarto, onde observei uma figura magra, de lábios roxos, pele alva e sem vida, era minha própria imagem, como um espelho?
Eu realmente não sei, naquele momento, naquele exato momento eu só tentava entender a ironia de a algumas horas atrás estarmos  ensaiando e eu só pensava em como estava me sentindo cansada, mas neste momento eu era a vítima de um atropelamento.

Isso realmente estava acontecendo?

Pensei indo em direção a meu corpo, eram tantos tubos, aquela frágil imagem era eu, mas não tinha meu controle, toquei minha própria mão e não a senti, toquei meu rosto, braços, pernas, não sentia nada, cheguei a deitar sobre meu ser mas era quase desconfortável.

Suicídio já havia sido uma opção em minha vida, porém naquele momento não importava o quão estúpida era minha vida, eu só a queria de volta, tão patético, "só percebemos o que temos quando perdemos" era a frase que rondava minha mente, talvez eu estivesse fisicamente viva, porem já a anos eu não sentia estar vivendo, se é que em algum momento senti, tantas coisas me rodeavam, tantas perguntas, tantas lágrimas, aquilo eram lágrimas, como eu conseguia chorar?Eu era um espírito? O que eu era? O que eu sou?


Notas Finais


O que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...