1. Spirit Fanfics >
  2. Only You - Vhope >
  3. O começo de tudo

História Only You - Vhope - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu tenho que parar de fazer fanfic.

Boa leitura!^^

Capítulo 1 - O começo de tudo


Fanfic / Fanfiction Only You - Vhope - Capítulo 1 - O começo de tudo

Ah, Taehyung, acordar contigo ao meu lado é tão bom. Você faz me sentir seguro até mesmo dormindo.

Como eu sou apaixonado por ti, Tae. Não a espaço no Universo para representar o quanto eu te amo, o quanto você é uma das melhores coisas que apareceram na minha, o quanto eu amo falar que te amo.

Por isso eu agradeço ter brigado contigo naquela noite. Agradeço muito.

[ 11/01/2018, 23:58 ]

A música estava alta demais para os meus ouvidos, eu estava incomodado, não sabia se era por causa da bebida que as vezes me traz estresse ou se era outra coisa. O que piorava mais naquela boate eram as pessoas toda hora esbarrando em mim, oh, como eu estava irritado com aquilo.

Confesso, quando eu achei que aquela noite não iria piorar, piorou, mas de uma forma positiva.

- Ai! - Gritei ao sentir uma dor no pé - Caralho, você tá cego? - Pergunto para o moço que pisou no meu lindo tênis branco.

- Fiz nada pra ti! - Essa foi sua resposta.

- Você pisou no meu pé, seu desgraçado!

- Me respeita, porra! - Exigiu me empurrando.

- Me respeita, você, corno! - Retruquei o empurrão.

- Corno é teu pai, filhote de égua!

- Você chamou minha mãe de que?

- De égua, e daí?

- Filho da... - Nem terminei e partir para cima dele lhe dando um soco, parecia ser por um motivo infantil, mas minha mãe faleceu salvando minha vida e eu nunca deixei alguém desrespeita-la mesmo não estando mais aqui.

Ele devolveu o soco e veio pra cima de mim, me dando mais um. Consegui ao menos pegar seu óculos de lente falsa e quebra-lo ao meio em seguida lhe dando um murro bem na sua barriga. Eu sei que dói pra caramba, mas essa é intenção.

Após de segundos ele se recompôs e me deu um chute bem na minha parte íntima. Doeu pra porra, mas tudo bem, eu nunca iria usar essa merda, além de bater uma já que sou gay e na maioria das vezes o passivo da relação. Eu pensava que iria me atacar mais ainda já que tinha acertado meu ponto fraco e estava vulnerável a tudo, porém ele não fez isso.

Ele olhou bem nos meus olhos e eu também, iniciando uma trocada de olhares. Okay, eu confesso que aproveitei para repara-lo e confesso que lhe achei bonito, mas logo tudo acabou quando sentir alguém me levantando e vi pegarem em seus braços e nos levarem para fora da boate. Estávamos sendo expulsos permanentemente.

Fomos, literalmente, largados na rua pelos seguranças e mandaram nos nunca mais voltar lá.

Eu achei que o dia não podia piorar.

- Culpa sua, tampinha! - Me acusou batendo em suas vestes.

- Teu caralho! - Me defendi - Espero nunca mais te vê na minha vida, seu desgraçado!

- Eu também não, cabelo de fogo!

Ah, isso nunca iria acontecer!

[...]

Atrasado. Eu estava atrasado para uma sessão de fotos super importante para mim e simplesmente era em um péssimo dia.

Além de estar com a cabeça doendo por causa da ressaca, tive que me arrumar em 15 minutos, nem tive a oportunidade de tomar banho de espuma, tive que pentear meu cabelo em 1 minuto e um turbilhão de coisas! A minha sorte é que eu sou gato até descabelado e não é a auto-estima que me convence disso.

No caminho até a parada de ônibus, fui chupando uma balinha de menta, já que nem tinha escovado meus dentes, direito. A balinha de menta foi uma das melhores coisas que foram inventadas na face da Terra, quem concorda é bonito!

E sim. Eu pegava e ainda pego ônibus, mesmo eu sendo rico e te explico o porque:

Eu posso ser rico, ter uma boa condição financeira, mas isso não significa que eu posso ficar pelo resto de minha vida sem fazer nada. Cara, eu tenho que viver! Superar meus medos, fazer o que for preciso para conquistar o que eu quero, lutar pelos meus direitos e ser feliz! Algumas pessoas podem até falar que dinheiro é valioso, mas para mim isso não passa de um papel riscado, cheio de números e desenhos. Em comparação a vida, dinheiro não é nada, fato! Por isso eu vivo e curto a vida até o fim porque é bem melhor do que fazer nada. Sedentarismo aqui não!

Mas, continuando; não demorou muito para chegar meu ônibus e isso indicava que não tinha me atrasado tanto assim. No caminho fiquei escutando Shawn Mendes, Bebe Rexha, Ariana Grande, Sam Smith e Imagine Dragons. Uma das melhores partes do meu cotidiano. Em meia-hora cheguei em meu destino. Entrei no prédio, cumprimentei os seguranças, peguei um elevador até o oitavo andar e finalmente cheguei ao studio.

- Hoseok, chegou na hora certa! - Park Jimin me chama atenção.

Jimin também é modelo e é formado em designer. Ele é meu melhor amigo e meu companheiro de trabalho. Somos como irmãos! Ele tem um namorado chamado Kim Namjoon, estavam juntos - na época - há 2 anos e até hoje considero Kim como meu cunhado.

- Quem vai nos fotografar? - Perguntei de imediato.

- O irmão do meu namorado, Kim Taehyung.

- Kim Taehyung? Nunca ouvi falar, mas o nome é bem bonito! - Confessei.

- Oh, Hobi, Taehyung é bem conhecido na América Latina, ele estava nos Estados Unidos, voltou esses dias para Coréia e agora ele pretende morar aqui - Me informou.

Okay, parece que esse tal de Kim Taehyung é profissional, que bom.

- Seu namorado chegou! - Aviso e logo Jimin o avista e corre para abraça-lo e selar seus lábios.

Respeita que é um lindo casal!

- Oi, Nam!

- Oi, cunhado! - Namjoon sempre teve essa mania de me chamar de "cunhado". Adoro, confesso - Meu irmão já está aqui, ele só foi falar com o amigo dele.

Não esperou muitos segundos até o irmão dele chegar.

Ao me virar e fitar sua face, me surpreendi ao ver quem era:

- Você! - Exclamamos juntos. Era você, o mesmo cara que havia brigado comigo na boate, o qual xingou minha mãe e me fez passar raiva.

Oh, mal sabia eu que você não seria apenas alguém no qual passei a odiar eternamente, você iria ser muito mais do que isso...




Notas Finais


Eu apaguei AY (Always You) pq eu queria dar mais tempo para essa fic e a fic COSM (Com ou Sem Mim)
AY estava me impedindo de fazer um cap. para COSM e para fazer OY (Only You)

Bem, é isso, bye-bye.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...