1. Spirit Fanfics >
  2. Only You >
  3. Capitulo III

História Only You - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oii 😁
Espero que gostem, não tenho o dom de escrever fics, mas estou tentando

Capítulo 3 - Capitulo III


Vera's morning

Era por volta de 6 da manhã quando Vera despertou, hoje ela e Renn completavam 12 anos de casados, porém Vera nem se lembrou da data, ela tinha tanta coisa na cabeça que nem passou pela sua mente essa data, ela nem se considerava mais casada, pois eles sempre estavam muito distantes, Renn sempre preferia a compainha dos amigos do que da própria esposa, ela até estranhou que na noite passada, eles não discutiram.

Ela desceu as escadas e encontrou Renn sentado no sofá, mexendo no celular

-Bom dia- disse a loira, indo em direção a cozinha

-Bom dia- ele disse sem tirar os olhos da tela- Vera..

-Hum?- ela disse enquanto mordia uma maçã

- O Martin e o Jack me convidaram para ir em uma viagem para o Arizona

- O Arizona é do outro lado do país, não sei se você sabe?

- Eu sei Vera- ele disse indo em direção a loira que estava na cozinha

- E amanhã nossos filhos vão chegar- ela diz olhando fixamente para o musico

- Eu sei Vera

- você só sabe falar "eu sei Vera"- ela fala indo até a sala e sendo seguida por ele

- Vera, eu quero ir...- ele diz, mas é interrompido por Vera

- Você tem que entender que temos filhos e não podemos ter mais a vida que tinhamos sem eles, sem regras e sem limites, eles te amam e como você acha que eles se sentiriam se chegassem e você não tivessem aqui para recebe-los?

- Se sentiriam mal- ele diz baixo

-então se coloque no lugar deles- ela diz enquanto passa a mão pelo cabelo do loiro- eu vou no mercado comprar algumas frutas- ela disse indo em direção a escada

(Patrick's morning)

Patrick levanta ás 5 da manhã e foi fazer sua caminhada matinal, quando voltou encontrou Dagmara tomando café

- Bom dia Patrick

-Bom dia Dagmara- o ator diz colando os olhos na tela do celular e sentando na mesa para tomar café

- Você bem que poderia ter ido ao mercado para comprar oque faltava já que acordou cedo- ela diz baixo, mas o ator ouviu

- Não sou obrigado- ele diz guardando o celular e avistando um pote de creme de avelã e quando vai pegar Dagmara puxa o pote e diz:

- Você está de dieta

-Que tal fazermos uma coisa

-oque?- Dagmara pergunta

- Cada um cuida da sua vida- ele diz enquanto tira o pote da mão dela

- Nossa estressado- ela diz levantando a mão em forma de rendição

-sou mesmo

Dagmara ameaça a falar porem desiste ao ver os filhos descendo as escadas

- Bom dia meus queridos

- Bom dia mamãe- eles dizem ainda sonolentos- bom dia papai

- Bom dia meus amores, dormiram bem?

- Sim e você?

- um pouco- ele responde

-oque aconteceu Patrick, para você não ter dormido bem?

- Emoção 

- É vai ver a Vera também né, por isso ficou emocionado- ela diz- aproveita e leva ela ao céus também- ela diz baixo, porém o ator escuta

- Já vai começar Dagmara- ele grita- de manhã, faz favor

- faz favor nada- ela grita

- Faz favor sim... você está ficando doida, D-O-I-D-A- ele diz apontando o dedo na face da mulher

-Eu doida, essa é nova- ela fala- Você me trai com aqula vaca e eu que sou doida- ela diz apontando o dedo pra si mesma

- Caramba eu nunca te trai- ele grita- Kalin leva seu irmão lá pra cima- ele pede calmamente, o menino obedece e sobe sem dizer uma palavra

- Quer saber eu não vou brigar mais com você- ele diz enquanto anda até a porta e pega sua blusa que ganhou da Vera de aniversário

- Já vai correr pros braços daquela vaca, eu sabia- ela debocha do loiro- Você não tem vergonha mesmo

- Primeiro o nome dela é Vera Farmiga- ele caminha até ela- segundo ela tem mais dignidade que você- ele aponta o dedo para ela- você duz que eu te traiu, diz que a Vera é uma "vaca", mas não levou em conta, que você me traiu e engravidou do Renn que é marido de quem você chama de "vaca" ou seja ele é marido da Vera- ele fala calmamente- depois de tudo isso eu te perdoei e te dei outra chance e é assim que você me trata? Eu fui um idiota em ter acreditado em você, fui um idiota em não ter me divorciado de você quando eu tive a chance- ele fala com ódio de si mesmo- Eu cansei Dagmara, eu quero o divórcio

- Não você não pode fazer isso comigo, eu te juro que dessa vez eu vou mudar- ela se ajoelha diante dele

-Eu não acredito mais

- E porfavor não conta pra ninguém  sobre mim e o Renn- ela suplica- ainda bem que aquela criança não sobreviveu- ela diz baixo, mas audivel para o ator, que a levanta com força pelos braços

- Você é uma cobra sem sentimentos Dagmara- ele diz sentido disgosto dela- Eu não sei como me casei com você, você não tem coração, como você pode falar isso de um ser inocente?, como?- ele a balança e depois a solta fazendo ela cair nos chão- Você não presta- ele tira a aliança e coloca em cima do balcão e caminha até a porta- até mais

-Patrick- ela grita porém é ignorada pelo loiro

xxxxxxxxx

Depois da briga com Dagmara Patrick vai dar uma volta pela cidade a pé, porém é surpreendido, pois quando vai passar a rua é atropelado e logo um monte de gente se jumta no local para ver o ocorrido, até que o motorista desse do carro 

- Ai meu deus- ela coloca a mão na cabeça- me desculpa moço

- Sem problemas Veronica- ele diz enquanto levanta

- Patrick- ela o abraça e o loiro a retribui, e misteriosamente ela sente um arrepio por todo seu corpo- Você está bem?- ela sai do abraço e começa a olha Patrick, para ver se não tinha o machucado grave

- Estou foi só um susto

- O senhor pode fazer queixa se quiser, pois ela passou no sinal vermelho- uma mulher diz

- não, eu não quero- ele nega

- E já que estamos aqui que tal eu te recompensar com um café- ela fala

- não seria má ideia- ele diz




Notas Finais


Desculpem os erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...