1. Spirit Fanfics >
  2. Only Your Smile >
  3. Anxiety

História Only Your Smile - Capítulo 1


Escrita por: LuizKagi

Capítulo 1 - Anxiety


 

 

Querido diário, hoje, em pleno 13 de Agosto, a escola decidiu trocar as salas.. Chamam isso de "mapeamento", devo admitir que achei a ideia estúpida, até porque gostava da minha outra sala. Ela ficava perto de um jardim cheio de flores que eu adorava admirar durante a aula. Agora a nova sala é perto do parquinho, onde eu escuto crianças gritando toda hora, insuportável. Mas uma coisa boa nessa nova sala é que fica mais próxima das salas do primeiro ano. Devo admitir que há muitas garotas lindas no primeiro ano, todas são tão delicadas e charmosas.. Sobre os garotos, bem, a maioria é bem babaca. Semana passada dois meninos do ensino médio pararam na diretoria por fazer uma brincadeira com o professor de ciências, que é careca.. Devo admitir que até que foi engraçado, mas prefiro nem comentar sobre isso. Falando sobre garotos, percebi uma coisa, ou um alguém. Hoje, na saída, eu estava amarrando os cadarços quando vi um garoto do ensino médio, de pele morena e cabelo preto e ondulado. Ele usava uma camiseta branca e a calça do uniforme escolar, mas uma coisa que achei estranha é que eu nunca havia visto esse garoto antes. Ele é um aluno novo? Provavelmente não, já que desde o início do ano o primeiro ano está sem vaga alguma para alunos novos. Não sei o que ocorreu comigo, mas assim que o vi, senti algo estranho, meus coração saltou e meu corpo se esquentou para caramba. Parecia até que eu havia tomado um susto dos grandes. Com as mãos trêmulas eu continuei o meu caminho, mas não consegui tirar o garoto da cabeça. Estou levemente preocupado, pois a última vez que senti isso, foi quando me apaixonei por uma garota do sétimo ano, que, para falar a verdade, hoje em dia ela está uma princesa. Mas ainda assi- 

 

 

— Isaac! Tira essa bunda da cadeira e vem jantar! — Meu irmão abriu a porta com tudo e gritou, fazendo eu tomar um susto e deixar meu lápis cair no chão. Eu concordei rapidamente, fechando o diário e colocando ele sobre o notebook, e saí correndo do quarto para ir jantar.

 

— Isaac, o que estava fazendo no quarto? Te chamamos umas três vezes, e o Nicolas teve que arrombar a porta para você vir! 

 

— Ah, só estava terminando minha lição de casa, relaxa.. — Peguei um dos pratos e coloquei o macarrão que minha mãe havia feito, e assim me sentei na mesa, me preparando para comer. Admito que detesto macarrão, prefiro arroz, e também não sou muito fã de molho de tomate, mas era tudo que havia para jantar hoje. 

 

Por mais que eu conseguisse ouvir meus pais e irmãos conversando, aquele garoto ainda habitava na minha mente. Quem é ele? Por que eu só o vi uma vez na escola? E por que ele é tão.. atraente..? Que "sustinho" foi aquele que eu levei quando o vi? Que merda tá acontecendo com minha cabeça?! A última vez que eu me apaixonei não foi uma boa experiência, aquela garota vacilou para caralho comigo, eu chorei noites por causa dela.. E outra, se apaixonar por um garoto? Isso nunca ocorreu comigo, por que logo agora?! É a puberdade, sem chance.. Como eu posso ter certeza que estou apaixonado? E se eu só achar ele atraente? Porra Isaac, você nunca nem falou com ele! Você nunca ouviu a voz dele, nunca foi olhado diretamente nos olhos por ele, pare de ser tão precipitado, idiota!

 

— Isaac, você tá todo pensativo meu filho, tá tudo bem? — Minha mãe perguntou calmamente e suavemente, me tirando dos pensamentos ansiosos.

 

— Ah, sim, mamãe.. Só estou pensando um pouco. — Disse enquanto revirava o macarrão com meu garfo, sem fazer nenhum contato visual com meus pais.

 

 

Após alguns minutos ouvindo eles falarem sobre política e reclamarem sem parar do presidente, coloquei o prato na pia e o lavei, ainda perdido nos pensamentos. Será que eu devo falar com ele? Preciso saber pelo menos do nome dele.. Não é algo tão inesperado assim, sua escola tem muita gente bonita e legal, Isaac. É óbvio que isso ia acontecer uma hora ou outra! Mas porra, por um garoto? Mais velho ainda?! Ah, me sinto tão mal.. Tenho medo de se apaixonar, isso não pode acontecer novamente, não.. Eu jurei a mim mesmo que o amor era uma perda de tempo! Mas que merda! Você só o viu, Isaac! Pare de ser tão ansioso assim, seu merdinha! 

 

Corri até meu quarto, tropeçando algumas vezes nos degraus, e me joguei na cama. Apertei o lençol com força, no puro ódio e estresse. Com passos pesados e apressados peguei meu cobertor e me enrolei por inteiro, bufando. A imagem de quando eu levantei meu pescoço enquanto amarrava os malditos cadarços e o vi, assim, pleno, olhando para mim. Por que caralhos ele tava olhando para mim?! Aquele desgraçado desviou o olhar também! Ah, que saco! Eu só quero dormir e fingir que nada aconteceu. Juro, se eu chegar na escola amanhã e eu ver aquele maldito de novo, eu falo com ele e foda-se! Não estou querendo me apaixonar, só quero tirar aquele cara da minha cabeça e pronto, e acho que o melhor jeito de fazer isso é o conhecendo melhor. Ou talvez eu só seja burro demais para isso.


Notas Finais


Capítulo dois vem quentinho amanhã 💃💃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...