1. Spirit Fanfics >
  2. Ooh Meu Chefe - Imagine Lay EXO >
  3. Capítulo 53 - Eu e ele, parte 2

História Ooh Meu Chefe - Imagine Lay EXO - Capítulo 53


Escrita por:


Notas do Autor


Ainda temos 1 ou mais 2 partes.
Boa leitura.
Ouçam *ainda*, "Nervous do The neighbourhood", sla acho muito foda ler o cap ouvindo uma música tão gostosa como essa.

Capítulo 53 - Capítulo 53 - Eu e ele, parte 2


Fanfic / Fanfiction Ooh Meu Chefe - Imagine Lay EXO - Capítulo 53 - Capítulo 53 - Eu e ele, parte 2

-- Ah... - gemi em seu ouvindo sentindo-o me preencher com seu membro grande.

-- Eu te amo tanto porra...- beijou meu pescoço. -- Um amor do caralho que me fode por inteiro. - segurou meu rosto e me encarou enquanto penetrava fundo. -- Você é muito pra mim, não sei como diabos te consegui. 

Ri dele, pois Lay estava chamando a si mesmo.

-- Você me conseguiu porquê foi sempre você e nunca fingiu nada. - mordi os lábios sentido meu primeiro orgasmo vir. -- Eu sei que... Hmmm! - gemi baixinho e segurei seus braços com força. -- Mesmo não me contando sobre oque você realmente era, eu sei que você nunca mentiu para mim na questão de sentimentos. - deitei minha cabeça em seu ombro e deixei que ele se colasse mais ao meu corpo. 

Sem dizer nada, Lay me satisfez por mais duas vezes, tendo o mesmo número de orgasmo que eu. Quando estávamos prestes a ir para o terceiro, ele parou e me segurou pela cintura com total brutalidade. 

--Shiii! - colocou o dedo em meus lábios quando eu iria perguntar o porquê dele ter parado. 

Mais logo entendi. 

Ele queria me mostrar agora o seu verdadeiro eu na cama. 

Quando começamos a transar, percebi que Lay me tratava com carinho e não como lhe pedi antes. Sua brutalidade so havia aparecido no começo, quando ele agarrou meu pescoço e me jogou na cama. 

Não dizemos nada e eu deixo ele fazer oque quiser comigo, pois eu anseio por seus toques diferentes. 

Eu tenho o direito de fazer isso, pois Lay não é qualquer um. Lay é o próprio Lúcifer em carne e osso. Nunca vi de fato seu lado cruel, nem quero ver, mas se eu puder tirar algum proveito bom disso para mim, eu tirarei. 

Lay me senta sobre a cama, com os pés para fora, sai da mesma e para na minha frente. 

-- Você vai fazer tudo que eu pedir ou... - não continuou pois sabe que entendi o que ele queria dizer. -- Se ajoelhe! - ordenou com a voz rouca.

Sorri sapeca.

-- Agora! - elevou a voz enquanto me encarava sem expressão facial.

Fiz oque ele pede.

-- Me dê suas mãos! 

Levantei as mãos e lhe dei minhas mãos. Posso sentir seu membro grande na altura do meu pescoço e engulo o seco.


S/L OFF

Lay ON

Segurei seus pulsos e beijei os mesmos. Trilho uma linha inteira pelos seus braços, variando de um para o outro e vou me abaixando enquanto chego perto de seu busto.

-- Sua pele é macia e incomparável  a de qualquer mulher que ja toquei. - sussurei em seu ouvido.

Posso sentir os arrepios por seu corpo inteiro, pois sei o efeito que lhe causo.

-- Você S/L... - mordi sua orelha e olhei para suas pernas. -- É... - toquei as mesmas, alisando e dando leves beliscões ate chegar nos pés. -- Fodidamente gostosa! - dei-lhe um tapa na coxa esquerda sem dó. 

Ela me pediu isso, então é isso que ela terá! 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...