História Ookami-sama - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Animes, Fantasia, Mangá, Ookami, Shoujo, Youkai
Visualizações 3
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Konichiwa!!! ^w^
Aqui está mais um capítulo.
Então desejo à vcs uma:















Capítulo 5 - Um passado doloroso


Fanfic / Fanfiction Ookami-sama - Capítulo 5 - Um passado doloroso

Com aquela briga eu fiquei um pouco mais preocupada com esses dois, parece que o Hitorino-kun não suporta a presença do Kiyoto-kun, já Kiyoto finge não sentir nada contra Hitorino-kun, mesmo que no fundo sinta algo que faça com que ele também não o suporte, dá pra ver em seus olhos isso...

Tentando parar de pensar em tais pensamentos eu decido dar uma caminhada por aí. Até que o Hitorino-kun aparece e me chama para segui-lo, ele não fala nada apenas permanece em silêncio, mas consigo ver que está com um olhar triste.

Kasumi - Hitorino-kun? Você parece mais distante que o normal desde ontem. O que está havendo?

Ele não me responde e continua andando, acabo por me calar e segui-lo em silêncio. Chegamos em uma casinha e a adentramos lá dentro está lotada de objetos e artefatos antigos e valiosos.

Yusuke - Estes objetos pertencem a minha família há muito tempo... mas não vim aqui por eles e sim porque quero falar com você, Ookami-sama.

Kasumi - Mas por que aqui? Não podia ser perto do templo?

Yusuke - Lá não é seguro para nossa conversa, não com aquele kitsune por perto. - Ele fala "kitsune" com sarcasmo.

Kasumi - Certo, mas depois você me explica o por que de odiar tanto a presença de Kiyoto.

Yusuke - Esta bem... O assunto de nossa conversa é o meu passado.

Kasumi - Hã? Mas por que quer me falar de seu passado? Isso não é um pouco difícil pra você? 

Yusuke - Se for com você, não. Eu confio em você, Ookami-sama. Quero que entenda meus motivos por não dizer isso a ninguém.

Kasumi - Você está falando que mais ninguém, exceto o velhote,  sabe de seu passado?

Yusuke - Exatamente.

Ele olha para baixo, parece que este assunto o machuca muito e mesmo assim ele quer me contar isso. Não me contenho e o abraço fortemente tentando acalma-lo um pouco. Ele surpreendido me abraça de volta, consigo ouvir seu coração bater e sentir sua pele quente.

Kasumi - Estou aqui, te ouvirei sempre que precisar, não se preocupe eu não contarei à ninguém.

Hitorino-kun suspira.

Yusuke - Minha mãe não morreu em um acidente qualquer e nem mesmo por uma doença, como meu pai pensa. Ela foi morta por um youkai.

Kasumi - E como pode ter certeza disso?

Yusuke - Porque eu estava com ela... e este youkai é você, Ookami-sama... 

Fico surpresa e o encaro seriamente, não pode ser eu matei a mãe dele!

Kasumi - Eu... eu sinto muito... Meu ódio me deixou cega por séculos... eu realmente me sinto culpada...

Yusuke - Fiquei curioso... Você me deixou ir, por quê?

Kasumi - Eu estava acordando de meu ódio... abrindo meus olhos aos poucos. E quando percebi que havia matado uma humana com um filho, eu me senti culpada... mas não há como voltar atrás, então pensei que deixá-lo ir fosse a melhor forma... peço desculpas pelo que fiz com sua mãe, Hitorino-kun.

Yusuke - Tudo bem, está no passado... a propósito ela se chamava Yumira. 

Kasumi - Hum... mas e seu pai? Ele não é filho do velhote? Por que ele pensa que ela morreu por alguma doença?

Yusuke - O Kazami-san é um cínico, ele não acredita na existência de youkais... mesmo que seja filho de um sacerdote ele não nasceu com o dom de vê-los.

Kasumi - Nossa, que estranho... mas Hitorino-kun, se você quiser eu sempre estarei com você, não quero ficar devendo mais a você. Já basta ter matado sua mãe... 

Yusuke - Não, tudo bem... mas sabe, você pode me abraçar um pouco mais...? ' '

Dou um sorriso e o abraço mais apertado ainda.

Kasumi - Eu estou aqui pra você, Hitorino-kun. Mas e a parte do Kiyoto-kun? 

Hitorino-kun faz cara feia só de ouvir "Kiyoto-kun".

Yusuke - Ele... bem... ele parece ser bem íntimo de você e isso... meio que me incomoda... sabe? 

Kasumi - Não entendo.

Yusuke - Eu estou com ciúmes, porque ele é mais íntimo com você do que eu.

Começo a rir.

Kasumi - Sério? Ha ha ha, este é o motivo? Além das provocações de Kiyoto? Ha ha ha. 

Yusuke - N-Não tem graça! - Ele fica vermelho.

Kasumi - Não precisa ficar assim, Hitorino-kun, aliás eu já te considero da família.

Yusuke - Sério? ' '

Kasumi - Sim, vamos voltar para o templo, talvez eles tenham sentindo nossa falta.

Yusuke - Hai.

Voltamos para o templo e fomos cada um fazer sua atividade, Hitorino-kun foi capinar para o velhote e eu fui ler o livro sobre o comportamento humano.

Kasumi - Bastante interessante. :D

Kiyoto - Ookami-san, você gosta daquele humano?

Kasumi - Hum? Tá falando do Hitorino-kun? 

Kiyoto - Sim, você gosta dele? 

Por que o Kiyoto-kun está me perguntando isso? `-`


Notas Finais


Yeah!!! Então terminamos mais um capítulo... Espero que tenham gostado.

Desculpa se este capítulo ficou pequeno... :C

Vlw e bjs! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...