História Oorbez- a doença do amor! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Sonic Boom, Sonic The Hedgehog
Personagens Amy Rose, Bark the Polar Bear, Big the Cat, Blaze The Cat, Charmy Bee, Cream the Rabbit, Cubot, Dr. Ivo "Eggman" Robotnik, E-123 "Omega", Espio the Chameleon, Honey the Cat, Jet the Hawk, Knuckles the Echidna, Maria Robotnik, Marine the Raccoon, Mephiles the Dark, Mighty the Armadillo, Miles "Tails" Prower, Orbot, Princess Elise the Third, Professor Gerald Robotnik, Ray the Flying Squirrel, Rouge the Bat, Sally Acorn, Scourge the Hedgehog, Shadow the Hedgehog, Silver the Hedgehog, Sonic The Hedgehog, Sticks the Badger, Storm the Albatross, Tikal, Vanilla the Rabbit, Vector the Crocodile, Wave the Swallow
Tags Sonamy
Visualizações 32
Palavras 1.505
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

:3

Capítulo 2 - Briga...


>Amy Rose on*<


Tinha acordado, mais um dia infernal da minha vida. Mas por causa de meus amigos, eu sou mais feliz.

e por causa de Sonic, ele me deixa encantada. Sua preocupação comigo me deixa feliz, feliz em saber que ele se importa comigo. Será que ela gosta de mim? Não sei, melhor não criar expectativas.

Eu acordo e sento em minha cama, como sempre... espero Sonic chegar e me dar um bom dia, e foi isso que aconteceu!! 

Sonic~ toc toc! 

Amy~ pode entrar. - ele abre a porta, e vem até mim e dá um abraço confortante. Nós dois ficamos se abraçando um ao outro por 1 minuto! Recorde!

Sonic~ bom dia minha Amy, como está? 

Amy~ melhor com sua chegada! - eu, involuntariamente dou um beijo em sua bochecha, o deixando corado. 

Sonic~ vamos tomar café?  

Amy~ claro, só preciso me vestir. Pode sair por um momento?

Sonic~ claro, me espere lá na escada. - e ele saiu. Me deixou sozinha no quarto, eu vou até a janela do meu quarto que estava com o vidro fechado, e fico feliz. Pois daqui uns meses, iria chegar o natal. 

Ando até meu closet e pego um vestido bem bonito para colocar, hoje estava muito feliz. Só não sabia que essa felicidade iria acabar daqui umas horas... 

Depois de me vestir, escovo meus dentes e penteio meu cabelo/espinho. Quando ia descer, pego um colar que minha mãe havia dado à mim quando pequena, eu abro o coração que era o enfeite do colar e vejo uma foto de nós duas juntas. Com meu pai,  Joseph, estava também conosco na foto. 

Eu desci bem rápido, pois estava muito feliz, daqui uns dias seria meu aniversário!! Eu vejo Sonic com sua roupa casual bem bonita, como sempre. Ele me olha com uma cara de confuso, e eu também fiquei confusa! 

Amy~ o que foi? - literalmente não estava entendendo era nada. 

Sonic~ pq demorou? - e agora? Nem eu sei o pq que demorei tanto.

Amy~ acho que foi... eh, foi pq fiquei escolhendo minha roupa por um tempo. 

Sonic~ entendi. Vamos, o dês jejum vai esfriar. - com seu tom amigável me chamou, e eu fui atrás dele. Nos sentamos na mesa, na qual tinha muitos tipos de alimentos, eu apenas comi umas uvas com morango e suco de laranja. Eu tinha que cuidar da minha saúde. E também peguei e comi alguns tipos de cereais, comi bastante hoje. 

Sonic~ está com fome pq não comeu o jantar de ontem certo? - aqueles olhos. Como poso ser tão distraída? 

Amy~ deve ser por isso mesmo. - logo fiquei desanimada. Ele me olhou de forma preocupante e me pergunta.  

Sonic~ o que aconteceu desta vez? 

Amy~ eh que... *suspiro* eu queria sair para fora. 

Joseph~ mas não pode filha. Você mesma sabe o que a sua doença... ah... Oorbez pode fazer com você, então, não implique com este assunto. Não quero perder você, já não foi bom perder sua mãe. Agora se troque, daqui a pouco a instituição abre. 

Amy~ tá bom. - eu fui meio triste para meu quarto, Sonic foi também para seu quarto, ele me disse um dia que se sentia um de nós aqui. Como se ele fizesse parte da família, acho que por isso ele pode não se interessar por mim. 

Eu me troquei e fui direto para o andar de baixo, lá tinha várias crianças e adolescentes para pode em conversar comigo. Eu e Sonic ficávamos entretendo as crianças com meus brinquedos, até vir uma esquilo perto de nós e começar a falar merda...

sally~ você acha isso triste? 

Amy~ o que? 

sally~ você acha que não poder sair de casa e triste? 

Amy~ e você que ainda está na minha casa! Saia agora! 

sally~ não estou por você, estou por ele sua tonta - eu olhei para o lado e vi Sonic, eu comecei a ficar com mini ciúmes! Desgraçada. 

Amy~ cala a boca! Você não sabe o que eu passo. 

Sonic~ eu sei? 

Amy~ agora não Sonic, você não tem idéia do que é sofrer.

sally~tenho sim.... - ela olhou para meu pescoço e viu meu colar - o que é isso? - ela arrancou de mim. E, já tinha que estar preparada. 

Amy~ me devolve isso! Me dá agora!!! Grr!

Sonic~ devolve sally, agora!

sally~ que bonito! Tem uma foto sua com seu pai, sua mãe e você! Pq Sonic não está? Ow... ele não conhecia vocês. 

Amy~ me devolve sua vadia! 

sally~ vai pegar! - e ela jogou pro lado de fora, eu comecei a chorar demais. Ela tinha colocado fora aquilo que eu mais amei, um dia ela me paga! 

Amy~ naooo! Meu colar. - estava desabando em lágrimas, ela jogou para uma zona em que não posso ir, ela jogou fora uma das minhas melhores lembranças... não! - m-meu colar, n-não. 

Sonic~ deixa que eu pego lá fora! - acho isso tão lindo em Sonic, seu cavalheirismo comigo me deixa mais encantada que o normal. Seria bom ter ele como um parceiro, PARA DE PENSAR EM COISA COMO ESSA! Amy... você tem apenas 14 anos... pare, ele não vai gostar de você. 

>Sonic on*

Eu saí da casa para procurar o colar dela. Eu achei ele bem perto de uma flor, a flor era linda. Nunca havia visto uma daquelas, pensei em pegar para Amy... Mas me lembrei que ela tem a doença, é uma pena não poder chegar perto de coisas tão bonitas... ainda bem que não tenho esta doença, senão. .. não iria poder chegar perto da Amy... PARA SONIC! PARA! de pensar em coisas como essa! Você é mais velho que ela, ela não vai gostar de mim... É uma pena isso aaaa! 

Quando voltei para dentro da mansão, não achei ela em nenhum lugar. Nem na biblioteca, o lugar favorito dela. 

Sonic~ senhorita Vanilla, sabe onde Amy está? - estava preocupado com ela... o bem estar dela é muito importante pra mim.

Vanilla~ ela está na sala de imaginações, ela queria ficar um pouco sozinha. - a "sala de imaginações" foi o nome que ela deu à sala que a mesma fica bom tempo brincando. Ela pode ter 14 anos, mas ainda é uma garotinha. Eu acho isso nela bem fofo.

Sonic~ e as crianças? Foram para casa? 

Vanilla~ sim. Elas foram embora, Shadow e outros viram o ocorrido. sally agora não poderá vir por um tempo aqui. - isso me aliviou bastante, sally aquela ratazana chata não poder vir aqui é uma bênção. Me lembrar agradecer à Deus por isso.

Sonic~ OK,  avise o professor Eggman que ela não terá aula hoje à tarde. Pelo jeito, ela não vai querer sair de lá.

Vanilla apenas assentiu com a cabeça. Eu saí do lugar e fui subindo para o segundo andar, andei até a sala das imaginações. Aquela porta. ... roxa com uma lua dourada e uma pessoa também dourada pescando em cima da mesma. Acho tão bonito, decidi não bater na porta... pois ouvi um som de um toreador tocando, deveria estar imaginando enquanto ouvia a mesma.

Eu abri a porta bem devagar, para não assustar ela, e eu vi a mesma escorada na janela com os olhos fechados, enquanto ouvia a música no toreador. 

Fechei a porta da mesma forma que abri, e cheguei mais perto. No toreador, tinha uma bailarina branca com uma saia roxa com bolinhas amarelas nas pontas. (Idêntica à Ballora de FNaF Sister Location) a mesma girava enquanto as notas eram tocadas.  

Mas sentei mais próximo da mesma e a assisti. Seu rosto tão angelical e sua forma tão doce me fazem gostar dela, claro, tem outros motivos. É triste pensar que uma garota dessas não pode sair de casa pq tem um problema. Ah! Vocês devem não conhecer da onde surgiu este nome: Oorbez né? Pois vou contar. 

Flash back on* 

Estávamos nós dois dentro da sala de imaginações, enquanto ela desenhava. Eu brincava com a massinha de modelar. A mesma me mostra seu desenho, no desenho, tinha duas figuras. Uma azul e outra rosa... como se estivessem no campo, eu tinha achado bem bonito! 

Sonic~ uau! Está incrível Ames! - apelido que havia dado à mesma. Esse é um segredo nosso que ninguém sabe - Ames, me responde uma coisa... qual é o nome da sua doença? 

Amy~ não sei, espera..... posso dar um nome nela! - ela com seu entusiasmo de sempre. Mesmo sendo limitada, nunca deixava de sorrir. Seu sorriso sincero me trazia paz!

Sonic~ qual seria o nome? 

Amy~ Oorbez. O que achou? 

Sonic~ bem parecido com ele! É menino ou menina? 

Amy~ menino! O nome tem mais haver com menino! 

Sonic~ então.... ele vai se chamar Oorbez! 

Flash Back off*

Então foi assim que surgiu este nome... 

Quando o toreador parou de tocar, eu toquei em seu ombro. A mesma acorda devagar, pelo jeito ela adormeceu um pouco quando ouvia hehe.

Sonic~ achei o seu colar. 

Amy~ sério? ? Por favor! Me dê! 

Sonic~ claro Ames. - dei à ela. Fiquei muito feliz também quando ela o viu, a minha felicidade é baseada na dela.





Continua...


Notas Finais


Música: https://youtu.be/4np--Uwtm6w

Musica original: https://youtu.be/tcHZFgMIyIk

Espero que tenham gostado!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...