História Operação Casamento - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, EXO, Got7, Huang Zitao "Z.Tao", Kris Wu, Lu Han, Red Velvet, Super Junior
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Choi Siwon, D.O, Huang Zitao "Z.Tao", Irene, Jackson, Kai, Kim Heechul, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Sanha, Sehun, Seulgi, Suho, Tao, Wendy, Xiumin
Tags Boygroup, Casamento, Exo, Exo M, Kim Minseok, Kpop, Lu Han, Luhan, Lumin, Minseok, Operação Casamento, Xiuhan, Xiumin, Yaoi
Visualizações 125
Palavras 900
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Sexta etapa: Roupas


— Finalmente alguém me deixou ser útil, achei que nunca fossem me chamar — HeeChul falou ao ser convocado por um Lu Han mega animado com seu noivo sonolento em sua cola.

— É que você é a melhor pessoa que eu conheço pra roupas.

— O Tao tinha trabalho da faculdade… — MinSeok murmurou.

— Ah então é assim, seu chinês safado?! Me deixa de segunda opção e ainda mente na minha cara? — o mais velho cruzou os braços encarando friamente o mais novo entre os três.

— Por favor, HeeChul-ge, só diz que vai ajudar a gente — o chinês uniu as mãos implorando.

— Okay, okay… Entrem aí que eu vou me arrumar.


O casal estava há pelo menos vinte minutos sentados no sofá da sala em silêncio esperando HeeChul se arrumar, estavam completamente entediados até o momento em que ouviram uma porta no corredor se abrir, pensavam que era o mais velho que havia terminado de se arrumar, mas acabaram por ver simplesmente Choi SiWon, um dos professores da faculdade do casal, apenas usando cueca e com uns roxos monstruosos no pescoço.

O professor e os dois universitários gritaram, e então saiu do quarto o mais velho entre eles com o cabelo preso em “coqueirinho” com espuma de pasta de dente escorrendo da boca soltando um berro assim que viu a cena do corredor.


Depois do caos no corredor do apartamento, estavam os quatro sentados à mesa, SiWon já devidamente vestido, HeeChul já com a boca limpa e o cabelo arrumado, e o casal um pouco menos assustado.

— Mas Choi SiWon não era hétero? — os dois mais novos perguntaram ao mesmo tempo.

— Mas que porra vocês pensam que aconteceu aqui? — SiWon questionou.

— Olha, você saiu do banheiro da casa do HeeChul de manhã, só de cueca e com um roxo violento no pescoço, e pra piorar gritou quando viu a gente — MinSeok falou. — Eu acho que você não tem como inventar nenhuma desculpa, senhor.

— Olha, vocês não tinham que sair não? — SiWon se levantou da mesa.

— É verdade, né? — HeeChul se levantou também andando em direção à porta. — Vamos porque eu ainda vou ter muito trabalho com vocês, crianças.

Então o casal saiu do apartamento arrastado por HeeChul, deixando SiWon morto de vergonha para trás.

— Eu ainda mato vocês! — HeeChul exclamou assim que a porta foi fechada.

— Mas a gente não tem culpa! — MinSeok respondeu. — Por que você não avisou o SiWon que a gente tava aqui?!

— É, Chul! Se a gente nunca se formar a culpa é sua!

— Minha nada! Foram vocês que gritaram quando viram o SiWon! Tá certo que ele é um homão da porra, tem motivo pra gritar mesmo… Aish! O que eu tô falando?!

— Que o professor Choi é um deus grego — Lu Han falou. — Isso não tem como ninguém discordar.



— Hyung, antes de você vestir a gente, tem uma regra que você precisa seguir — MinSeok avisou assim que entraram na luxuosa loja de roupas.

— Qual?

— Queremos roupas normais.

— Traduzindo pra sua língua, Chul, algo tradicional — Lu Han continuou. — Nada de lantejoula, fluorescente, cor forte, estampa…

— Caralho, se é pra não ter nada legal vocês não tinham nem que ter me chamado!

— Cala a boca, Chul!

— Mas nem uma corzinha, meninos? Tem certeza?

— Sem cores, hyung.

— Mas nem um branquinho? Vocês vão ficar uma graça de branco…

— Olha, branco é legal — Lu Han falou e MinSeok apenas assentiu. — Okay, Chul, você venceu.

— Agora é só confiar em mim — o mais velho disse antes de puxar os rapazes para o interior da loja.



— Okay, Lu Han, pode sair do provador — HeeChul falou.

— Mas, Chul, não tem aquela coisa de não poder ver a roupa antes do casamento? — MinSeok questionou o mais velho.

— Seok, isso só fale com vestido de noiva, relaxa — deu um tapinha no ombro do mais novo. — Vamos logo, Lu Han, não tenho o dia inteiro!

— Eu já tô indo, HeeChul, para de gritar — Lu Han reclamou, logo abrindo a cortina do provador. — Como estou?

— Tá lindo — MinSeok respondeu. — HeeChul, vai ser essa a roupa né?

— Vai sim — HeeChul respondeu logo empurrando o chinês de volta pro provador. — Bota sua roupa de volta que o próximo é o MinSeok.



— Tem algo de errado…

— Já é a quinta vez que você faz ele experimentar o mesmo terno e eu já falei que tá ótimo!

— Lu Han, me deixa fazer meu trabalho!

— Desculpa, Chul-ge.

— HeeChul, tá bom sim, fica tranquilo — MinSeok falou.

— Não quero saber — o mais velho retrucou.

— Lu Han, você não acha que tá bom?

— Pra mim tá perfeito — o chinês respondeu.

— Vamos fazer o seguinte então — HeeChul falou antes de se virar para uma mulher que passava com uma criança no corredor. — Licença, senhora. Posso fazer uma pergunta?

— Claro — a mulher respondeu confusa.

— Meu namorado tá bonito nesse terno ou tá ruim que nem esse velho falou? — Lu Han falou apontando HeeChul irritado.

— Esse terno tá ótimo, combina perfeitamente com ele.

— Obrigada, moça — Lu Han sorriu para a mulher e então se voltou para HeeChul. — Viu?

— Aish! Vamos logo com isso! — HeeChul reclamou, logo empurrando MinSeok de volta para o provador. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...