1. Spirit Fanfics >
  2. Operação Cupido - Yeonkaibin >
  3. Nova Descoberta.

História Operação Cupido - Yeonkaibin - Capítulo 8


Escrita por: Viih0117

Notas do Autor


Boa leitura💛!

Capítulo 8 - Nova Descoberta.


You: Soobin Hyung! Por que só vizualiza minhas mensagens e não me responde?! Está bravo comigo?! Vou ficar de mau com você!

Decidi ligar já que o mesmo não me respondia.

- Alô?? - Digo animado assim que atenderam.

- Alô..? Quem é?

- Soobin? És tu? Sou eu o Kai. - Digo em tom confuso.

- Ah, oi Kai! É o Yeonjun!

- Ãhn?? O que você 'tá fazendo com o celular do Soobin Hyung?! - Questiono mais confuso ainda.

- Ah, é que o Sobbinie está dormindo.

- Dormindo?

- Isso mesmo, ontem a tarde depois que você foi com o seu pai nós dois ficamos preocupados e tentamos falar com você, mais você não respondia então ele disse para ficarmos juntos. E aí eu vim dormir na casa dele e aí a gente viu a sua mensagem hoje de manhã e ficamos mais tranquilos, por isso ele está dormindo.

- Ah... Posso ir aí?

- Acho que sim, mais por que?

- Não quero ficar na casa do meu pai..

- Ah, entendi. Acho que tudo bem então..

- Até! Já estou indo aí!! - Desligo a chamada, coloco o celular no meu bolso e saio de casa.

°• Quebra de tempo •°

- SOOBIN HYUNGGGGGGGGG!!!!! - Aqui não tem campainha, temos que ir na base do gogó mesmo.

Nada.

- YEONJUN HYUNGGGGGGG!!! - Nada tbm. - Será que eles voltaram a dormir? - Digo baixinho.

Fiquei plantado que nem uma batata na porta da casa do Soobin Hyung até que começou a chover.

- Eu mereço viu. - Pronto, vou pegar um resfriado!

Fiquei mais uns vinte minutos do lado de fora da casa, tentei até mesmo subir pela janela mais eu escorreguei e caí. Ganhei um joelho ralado como brinde.

De joelho ralado, no frio, debaixo da chuva, sem blusa, em pé a mais de meia hora na frente da casa de Choi Soobin. Esse sou eu.

- SOBINNNNNNNNNNNNNNNN - Gritei pela última vez com todas as forças que ainda me restavam. Sinceramente, não esperava por essa.

Finalmente a porta é aberta, revelando um Soobin de pijama com o cabelinho todo bagunçado.

- Soobin Hyung!!! - Corro em direção ao mesmo, mais como a pessoa desastrada que sou acabo escorregando e caindo de cara no chão.

Hoje é meu dia de sorte em...

- Meu Deus Kai! - Soobin vem até mim com um guarda-chuva e me ajuda a levantar.

Isso me trás lembranças..

- O-Obrigado.. - Digo sentindo minhas bochechas esquentarem por conta do mico que acabei de pagar.

- Vem, vamos entrar. Yeonjun Hyung também está aqui. - Segura minha mão e me leva para dentro.

Segura a minha mão.

É normal sentir o coração disparar por um simples ato? E de um amigo ainda...

- Yeonjun Hyung? - Me leva até a cozinha e dou de cara com um Yeonjun de avental tentando cozinhar sei lá o que.

Não sou nada discreto fiquei encarando-o.

- O que foi? - Yeonjun perguntou se referindo a mim.

- Você de avental... - Dou uma pausa e ele levanta uma sombrancelha. - Está... Fofo..

Ele ficou corado! Isso o deixou mais fofo ainda.

Calma, como assim fofo? Eu acho que estou enlouquecendo.

- Ning, vá tomar um banho. Você está todo molhado por causa da chuva, pode pegar alguma roupa minha.

- Eu só estou assim por que ninguém abriu a porta para mim!

- Desculpa. - Coça a nuca, ele estava envergonhado... - Eu estava dormindo. E você sabe como meu sono é pesado.

- Percebi. - Realmente. - E seus pais?

- Foram viajar ontem de noite. Vai ficar duas semanas fora.

- Ah sim... - Digo pensativo.

- Agora vá! - Coloca as mãos em meus ombros e me vira em direção ao banheiro. - Tomar banho antes que fique doente! - Me empurra até o mesmo.

Resfriado eu acho que já estou!

°• Quebra de tempo •°

Acabei de tomar banho e estava procurando uma roupa do Soobin Hyung para colocar, o problema é que todas as calças/shorts do Soobin ficavam largas em mim e acabavam caindo. Eu até tentei fazer um nó do lado para não cair, mas não tenho força o suficiente para apertar o nó. Então decidi pedir ajuda para o Soobin ou o Yeonjun Hyung.

- Soo-- - No mesmo instante eu voltei para onde estava e fiquei pensando no que vi. - Meu Deus... O Soobin e o Yeonjun estavam.. - Com as minhas mãozinhas simbolizo o que ambos faziam. - E-Eles estavam se beijando... Pra valer...

Nunca pensei que iria presenciar algo assim. Eu literalmente nunca, tipo nunca mesmo, vi duas pessoas se beijando sem ser na televisão.

- Eu 'tô.. - Eu não tinha palavras para o eu eu acabei de ver. Eu..

Eu gostei de ver aquilo.

Não é como na televisão, da.. um friozinho na barriga, e olha que nem é comigo!

Espera!

É errado gostar de ver os seus Hyung's de beijando?

Isso aprece errado... Mais.. se isso for errado, eu prefiro continuar no errado.

Acho que fiquei uns cinco minutos refletindo sobre isso, até me lembrar da calça que estava larga. Tentei amarrar mais algumas vezes até que eu consegui.

- Ao menos não precisei atrapalhar os dois..

Saio de lá com cautela, afinal.. Não sei o que aqueles dois estão fazendo..

Depois de muita calma cheguei na cozinha, ok... Eles continuam fazendo aquilo.

É errado ficar olhando? Por que é isso o que eu tô fazendo..

Olhando meus Hyung's se beijarem..

Eles não paravam por um segundo, um parecia bem entregue ao outro. Eu apenas observava aquilo com... Vontade...

Vontade de que eu também não sei, mais eu queria aquilo..

Por incrível que pareça estava tudo indo bem! Pelo menos era o que eu pensava até ouvir a minha barriga roncar e ver os dois se separarem. Eu me escondi claro.

- Kai? - Soobin me chama.

Eu sou como uma criança que acaba de aprontar, no fim sempre acabo pisando na bola e sendo pego.

- Oi.. - Disse aparecendo na cozinha. Eu com certeza estava mais vermelho que uma pimenta! Não acredito que eles me flagaram no pior momento possível.

- Não me diga que você...? - Yeonjun claramente está se segurando para não rir da minha cara. Soobin não está muito diferente não.

- Que vergonha! - Disse baixinho cobrindo meu rosto com minhas mãos.

- Não precisa ficar assim Kai! - Yeonjun diz rindo. - Vamos.. - Tira minhas mãos do meu rosto e me encara todo vermelho. - S-Soobin olha ele! Tá todo vermelhinhooo! - Ele vai morrer de tanto rir.

- Soobin me ajudaaa! - Digo indo até o mesmo e o abraçando. - O Yeonjun é muito mau! Ele tá rindo de mimmm! - Disse apertando mais o abraço.

- Desculpa Kai, mais a sua situação é realmente vergonhosa! - Disse rindo também.

- Vocês são muito maus!! - Soltei Soobin e fui correndo para a sala, me jogando no sofá.

Confesso que deve ter sido muito engraçado, mais tão vergonhoso!

- Eii! Não fica assim.. já passou! - Soobin disse se sentando ao meu lado no sofá.

- Mais eu ainda tô com vergonha! - Digo abafado por conta de estar com o rosto no travesseiro.

- Tenho que confessar que nunca ri tanto! - Yeonjun diz entrando na sala. Soobin pega uma almofada e joga no mesmo. - Aí!

- Que tal vermos um filme hum? - Soobin pergunta fazendo um carinho gostoso nos meus cabelos.

Apenas fiz que sim com a cabeça e me sentei no sofá, segurando a almofada com as mãos.

- Que filme quer ver? - Yeonjun questiona se sentando do meu outro lado no sofá.

- Não sei.. - Digo sincero.

- Que tal... Trolls? - Soobin sugere.

- Ah não. Da última vez já vimos um filme de animação! - Yeonjun argumenta. - Por que não vemos.. Entidade?

- Pode ser. - Soobin diz simplista.

- Esse filme é sobre o que? - Pergunto com um pouco de curiosidade.

- Vamos pesquisar. - Soobin diz pegando o celular e entrando no Google. Me inclino para poder ver melhor. - Um autor de romances criminais encontra uma caixa com filmagens antigas de crimes horripilantes, que parecem ter sido cometidos por um assassino em série. Ao investigar, ele e sua família se tornam alvos de uma entidade sobrenatural maligna.

- Deus é mais, não quero ver isso não. - Disse me ajeitando entre os dois no sofá.

- Mais verá. Soobin concordou e eu quero. São dois contra um! - Yeonjun diz pegando o controle e colocando no filme citado.

- M-Mais Jun... - Disse com medo. - E-Eu tenho medo..

- Vamos fazer assim, se você ficar com medo você me abraça ou abraça o Soobin pode ser? - Assenti que sim com a cabeça mesmo receoso.

Estava tudo normal até que do nada apareceu um coiso estranho na tela e eu acabo me assustando e abraço a primeira pessoa que vejo, cujo foi Yeonjun Hyung.

- Se assustou foi? - Yeonjun diz ajeitando o abraço de uma maneira mais confortável.

- Uhum. - Murmurei baixinho e me aconcheguei melhor no abraço.

Assim o filme continuou, até que acabou. Quando percebi Soobin e Yeonjun Hyung estavam dormindo.

Com muita delicadeza me soltei de Yeonjun Hyung, fui até a cômoda que não estava muito distante e peguei meu celular para ver a hora.

- Oito horas... - Disse baixinho e meio tristonho. Não queria ir, não queria ter que deixar meus Hyung's. Mas era preciso!

Coloquei meu celular no bolso da calça e fui atrás de papel e caneta. Assim que achei escrevi um bilhete e deixei na cômoda da sala.

" Precisei ir para casa.
Bons sonhos!
Beijinhos do NingNing ♡ "



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...