1. Spirit Fanfics >
  2. Operação impossível >
  3. A proposta

História Operação impossível - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, amores...então essa é a fic que preparei com muito carinho para vocês e para a terceira e última fase do concurso. Espero que gostem ❤

Capítulo 1 - A proposta


Fanfic / Fanfiction Operação impossível - Capítulo 1 - A proposta

Jared estava em sua cama dormindo tranquilamente quando ouviu um barulho, como seu sono era leve acordou andou tranquilamente até a janela e viu que havia um caminhão de mudanças em frente ao apartamento que morava, sabia que o vizinho que mora em frete vendeu seu apé, agora não sabia quem seria o novo dono. Mas olhou mais um pouco e viu um loiro desajeitado com óculos de grau tentando ajudar os homens das mudanças a levarem os moveis até sua nova morada.

Balançou a cabeça em sinal de negação e voltou para sua cama colocando o cobertor em cima da sua cabeça não querendo saber mais de nada, não demorou muito para cair em sono profundo. No dia seguinte, Jared estava saindo de sua casa quando vou o loiro sair de sua casa segurando vários livros em suas mãos,  estranhou aquilo mas não disse nada e continuou caminhando até a faculdade. Via que aquele rapaz ia na mesma direção que ele então suspirou andando rapidamente entrando na faculdade. Jensen estava carregando seus livros tranquilamente andando, quando não vê que alguém colocou uma oferta na frente do loiro, o rapaz acaba atropelando fazendo seus óculos de grau voarem  pro outro lado do pátio enquanto o loiro caia no chão junto com os livros, Jensen esticou suas mãos procurando seus óculos mesmo não enxergando nada.

Jared ao ouvir risadas altas dos outros veteranos, virou -se para trás vendo um loiro míope procurando seus óculos de grau, olhou para os lados para ver se achava os tais óculos até que ao olhar no chão viu uma coisa que pertencia ao loiro então se abaixou e pegou o que pertencia ao outro, caminhou tranquilamente aquele rapaz que estava procurando seus óculos ainda no chão. 

 

—Acho que perdeu alguma coisa...

 

Disse o moreno se abaixando entregando na mão daquele loiro e deu um sorriso fazendo suas cozinhas aparecerem, suspirou e assim Jensen colocou seus óculos de grau em seu rosto novamente e pode ver o rapaz moreno em sua frente, então ficou corado e deu um sorriso tímido. 

 

—o-oi...

 

Disse Jensen e rapidamente pegando seus livros no chão mas Jared ajudou ele a pegar os livros e entregou na mão do outro que fez questão de pegar de volta totalmente desajeitado , se levantou com certa dificuldade e constrangido ao ouvir as pessoas atrás dele ainda rindo e se encolheu. Ao ver isso Jared fechou a cara e foi até a galerinha que estavam tirando sarro.

 

—Qual é o problema de vocês? Por que ficarem zoando ele? Vão arranhar o que fazer.

 

Disse Jared em um tom autoritário e frio que fez o pessoal parar de rir na hora, Jensen havia se virado e viu tudo o moreno lhe defendendo o que deixou ele sem nenhuma reação então suspirou aliviado, via o moreno ir em sua direção. 

 

—desculpa o mal jeito...Meu nome é Jared e o seu?

 

Perguntou sorrindo novamente mostrando suas covinhas de um jeito amigável que fez o loiro ficar completamente vermelho por estar com muita vergonha não conseguia dizer nada mas respirou fundo e tentou olhar para baixo pois se olhasse nos olhos verdes azulados do moreno com certeza desmaiada na hora por não saber lidar.

 

—J-Jensen...

 

Consegui apenas dizer isso e ajeitar os óculos em seu rosto, essa hora Jared achou ele uma gracinha mas logo pegou o loiro pelo queixo fazendo ele levantar a cabeça e olhar para seus olhos.

 

—levanta a cabeça, vice tem olhos tão lindos...por que não olha para os meus?

 

Perguntava Jared mas a única coisa que Jensen conseguia fazer era se encolher mais de tanta vergonha que sentia, respirou fundo novamente mas sentiu falta de ar naquele momento e rapidamente pegou sua bombinha que estava em seu bolso e inalou rapidamente. O moreno ao ver que o loiro era asmático se sentiu mal por não ter ido lhe ajudar com a mudança quando o vou PA primeira vez. O loiro começou a andar rapidamente sem falar nada até a sala onde era o virado de publicidade e propaganda,  assim que entrou na sala observou todos vendo que todos eram extrovertidos menos ele, se sentiu como se estivesse fora da sua zona de conforto mas andou até um cantinho onde achou que ninguém notaria ele e colocou os livros na mesa.

Passou alguns minutos Jared havia entrado na sala e viu o loiro novamente o que fez o mesmo arregalar os olhos não podendo acreditar que o rapaz tímido iria ser da sua turma. Caminhou até o loiro e se sentou na frente dele, observava Jensen todo concentrado anotando as coisas, esperou que o rapaz lhe notasse mas quando foi notado por Jensen viu que o mesmo começava a tremer de nervosismo. 

 

—Calma...

 

Jared havia dito ao rapaz e colocou uma mão em seu ombro tentando acalmar o loiro em sua frente que parecia que iria desmaiar aquele momento de tão pálido que estava, ao ouvir o sinal Jensen pegou sua bombinha rapidamente inalou de novo, pegou suas livros e levantou da carteira.

 

—Eu...Eu preciso ir...foi legal te conhecer...

 

Disse Jensen com um sorriso tímido novamente, andava rapidamente indo em direção a saída até que esbarrou em Tom Welling sem querer, e o moreno se virou para o loiro empurrando o mesmo para o chão. 

—Quem você acha que é novato? Não encosta em mim, entendeu. Pelas roupas que usa nem vou dizer nada, nem deveria estar aqui.

 

Disse Tom falando aquelas palavras para machucar Jensen, mas o loiro já tinha autoestima tão baixa que nada poderia lhe deixar mal mais. Ficou quieto tentando se levantar e pegar seus livros sem responder o moreno que estava com raiva, mas ao ignorar Tom o mesmo pegou pela gola da camisa de Jensen dando vários socos e um deles fez seus óculos caírem no chão e as lentes quebrarem.  Jared havia saído da sala para ir embora quando viu Tom fazendo aquilo, seu sangue ferveu naquela hora, viu que o outro já havia batido muito no loiro por que seus olhos estavam inchados e ele estava sangrando muito. 

 

—Por...favor...me desculpe...Eu não...esbarrei...por...mal...

 

Disse Jensen em um tom implorativo pegando seu dinheiro que iria comprar algo pra comer e dando para o moreno.

 

—Quer meu dinheiro...? Eu te dou...Mas por favor...Não me bate mais ...

 

Jensen falou fraco já não conseguindo enxaguar nada, Tom pegou o dinheiro do loiro e lhe largou no chão vendo o outro cair sem forças para se levantar.

 

—Agora tu sabe qual é seu lugar, seu verme!

 

Ao ouvir essas palavras assim que Tom se virou com um sorriso vitorioso Jared já estava atrás dele, alçou a cara dele com tanta força que fez com que aquele moreno metido a besta desmaiasse, então o outro moreno pegou o dinheiro nas mãos de Tom e andou até o loiro, pegou o mesmo no colo e guardou o dinheiro no bolso da calça do rapaz que estava carregando. Alex correu para pegar os livros e ajudar Jared, pois havia visto o quanto idiota Tom era. 

Andava com o loiro até um hospital mais próximo e assim que chegou no hospital, enfermeiros atenderam rapidamente o garoto que estava ferido , colocando o mesmo em uma cama de hospital. 

Quando Jensen abriu seus olhos, porém via tudo borrado e embaçado  levou suas mãos para para frente e Jared vendo isso se levantou e tocou na mão do loiro fazendo com que ele sentisse que havia alguém ali. 

 

—Jensen, bom ...eu tenho uma proposta a fazer...Mas eu quero que me escute

 

O loiro ouviu a voz grossa e seria do moreno que lhe causava arrepios, mas suspirou ouvindo cada palavra que ele havia dito naquele momento.

 

—Estou ouvindo...

 

Confirmou o loiro meio receoso do que iria acontecer mas estava furioso também em ouvir o que aquele moreno havia para dizer.

 

—para se dar bem nesse curso de Publicidade e propaganda,  você tem que parar de ser tímido e falar mais...bom, eu vou te ajudar. Aliás vou te ajudar a se tornar o cara mais popular que você já viu? Topa? Assim Tom nunca mais vai mexer contigo.

 

Jensen mordeu o lábio pensativo pensando se aceitaria ou não mas balançou a cabeça aceitando a proposta do moreno que sorrio em resposta mas sabia que o loiro não enxergava direito então havia tido uma ideia, já que seu pai era offtalmo iria pedir um favor para seu velho.


Notas Finais


Gostaram?
Comentem o que acharam por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...