História Operação Paixão - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Luan Santana, Novela, Paixão, Romance, Romance Policial
Visualizações 98
Palavras 800
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores
Capítulo novo para vocês espero que gostem bjs e boa leitura !

Capítulo 52 - Eu te amo!


Fanfic / Fanfiction Operação Paixão - Capítulo 52 - Eu te amo!

- Obrigada Luan - falei enquanto ele acariciava os meus cabelos

- Não precisa agradecer você sabe que eu nunca vou te abandonar - falou beijando a minha testa

- Luan eu...

- eu? - Perguntou olhando em meus olhos

- Nada não - falei desviando o olhar e ele segurou o meu queixo fazendo com que eu voltasse a Olha - lo ficamos nos olhando por algum tempo até que ele me beijou

- volta pra mim morena? - falou olhando nos meus olhos

- Luan eu não posso...

- Fala olhando nos meus olhos que você não me ama mais Bella - falou segurando o meu rosto e eu desviei o olhar

- fala Bella

- eu não consigo - falei ainda com o rosto virado lágrimas já escorriam pela minha face

- porque você não consegue? - falou virando o meu rosto fazendo com que eu o olhasse

- porque eu te amo - falei o beijando as minhas lágrimas se misturaram ao beijo dando um gosto salgado ao nosso beijo

- Isso é um sim? - falou ao pararmos o beijo

- Não - falei séria e ele abaixou a cabeça - é claro que sim bobo

- assim você me mata do coração muie - falou rindo e eu me aproximei o beijando, ficamos nos beijando por horas até pegarmos no sono

Acordei com os braços do Luan em minha cintura ele estava tão agarrado em mim que era impossível eu me soltar dele sem acorda - lo parecia que ele tinha medo que alguém me tirasse dele

- Luuh acorda - falei chamando ele

- hum Bom dia - falou se espreguiçando

- bom dia - falei sorrindo

- como é bom acordar com esse seu sorriso, você não sabe a falta que isso me fez - falou suspirando

- mas agora eu tô aqui e você não vai mais sentir falta de nada - falei beijando ele

- nossa eu tenho que ir já está quase na hora do expediente - falou se levantando rápido

- Calma Luuh - falei rindo dele

- Tchau meu amor - falou me dando um longo selinho

- Tchau - falei mandando um beijo no ar enquanto ele abria a porta

Levei o Benício na escola e fui direto para o meu quarto terminar o meu trabalho da faculdade a formatura estava próxima e eu precisava terminar tudo

P.O.V Luan

Cheguei no batalhão e o Adson veio me encontrar

- bom dia - falei animado

- nossa que alegria é essa Luan? Tem a ver com a Bella não tem?

- tem sim, nós voltamos - falei sorrindo

- Sério que legal cara, eu já não aguentava mais você falando dela - falou rindo

- nem era tanto

- imagina se fosse - falou entrando na viatura

O patrulhamento hoje tava tranquilo até que havistamos uma moça consumindo drogas, logo percebi que o Enrico poderia estar por ali, o Adson ia descendo da viatura mas eu segurei o seu braço fazendo com que ele olhasse para mim

- vamos descer devagar o Enrico pode estar por aqui e essa é a nossa chance de pegar ele

- ok - falou descendo devagar

P.O.V Enrico

Sem o Magrelo a minha vida complicava, agora eu que tinha que sair vender as pedras de maconha e isso me deixava na mira da polícia, eu tinha acabado de vender umas pedras para uma garota idiota quando avistei a viatura do BOPE entrando na rua, me escondi atrás de um muro todo pichado que havia ali e fiquei espiando por um buraco, eles desceram da viatura era aquele idiota que se envolveu com a Bella e outro cara

P.O.V Luan

Nos aproximamos da moça que ainda não havia notado a nossa presença

- moça - falei tocando no ombro dela que me olhou assustada

- eu não fiz nada - falou escondendo a pedra de maconha

- quem te vendeu isso aqui? - falou pegando a pedra de onde ela havia escondido

Ao me virar para pegar as algemas avistei o Enrico fugindo

- Adson lá vai ele - gritei correndo atrás dele, enquanto corríamos atrás do Enrico nos chamaram no rádio estava havendo uma rebelião no presídio e precisávamos voltar

- droga - falei voltando para a viatura

Chegamos no presídio e a rebelião já havia sido contida mas um preso havia fugido era o pai da Lola procuramos ele mas não o achamos

Assim que acabou o expediente fui direto para o apartamento da Patty eu já estava morrendo de saudade da Bella, ela abriu a porta e eu a beijei

- que isso Luan? - falou rindo

- eu tava morrendo de saudade de você sabia - falei abraçando ela

- desculpa atrapalhar os pombinhos eu vou dar uma...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...