História As marcas... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 86
Palavras 615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O grande jantar


O príncipe Adrien é acordado por uma das empregadas que trabalhava em seu castelo. Adrien se levanta sem nem uma vontade e fica sentado em sua grande e macia cama olhando para o teto branco , ele se perguntava se hoje ia ter a oportunidade de consegui falar com seu pai , conhecer alguém,  ele não sabia muito bem o que queria porém é acordado de seus pensamentos pelo chamado da empregada que o olhava confusa.Ele vai ao banheiro onde vê uma grande banheira prontinha e todinha apenas pra ele , ele fecha a porta e fica nu entrando na grande banheira onde fecha seus olhos e descansa, por enquanto em outra casa qualquer, quer dizer, qualquer não-a casa da Lady Chloé Bourgeois , Marinette uma garota considerada "normal",  ajudava as outras serventes  a limpar a sala de jantar parecia que ia ter algo importante, até que elas ouvem um grito agudo que vinha dos andares acima, era Chloé gritando disso Marinette tinha certeza.

-Deixa que eu vou desta vez-Marinette se ofereceu e as outras acentiram-

Marinette sobe as grandes escadas rapidamente pois já havia se acustumados,a garota adentra o quarto da loira

-O que há Senhorita Bourgeois- Marinette odiava ter que chama-la de tal modo-

-Preciso de alguém que aperte meu espartilho- Chloé diz choramingando-

-Posso fazer tal serviço Lady Bourgeois? -Marinette diz se curvando-

-Já que não tem mas ninguém neste quarto para ajudar-me ,então pode ser você mesmo

-Certamente 

Marinette segura aquelas cordas e puxa com toda sua força,Chloé as vezes dara um gemido por causa do aperto

-Alias Lady Bourgeois,sem querer ser intrometida,por que tantas arrumações,acontecerá algo de importante? 

-Isso não lhe importa servante Marinette mas por acaso o Rei Agreste e seu lindo filho virá visitar meu papai!!

Marinette assusta-se  puxa mais forte aquelas cordinhas "O Rei Agreste!" O Rei : Gabriel Agreste era completamente idolatrado por Marinette 

Ela percebe que puxou forte e solta-se uma pequeno sorriso de canto em quanto Chloé reclamou e amarra fazendo um laço

-Perdoe-me -Marinette faz reverência -

-Dispensada

Depois de umas horas Sabrina,a dama de honra de Chloé avisa as serventes para colocarem aqueles vestidos rosados que estavam no quartinho das serventes .

dava um certo charme na garota. Sabrina quando deu a noticia do glamoroso jantar as serventes Suspiraram apaixonadas menos Marinette,ela na verdade bufou pois em sua opinião o príncipe Agreste não era tanta coisa assim.

Algumas horas se passaram e o grande relogio que lá havia badalou avisando que era 19:00 . Chloé dava saltos de alegria e as serventes se abandavam ansiosas e Marinette apenas não entendia aquilo tudo. Por que aquelas garotas era tanto apaixonadas por uma 'principezinho' ?.
Quando o Rei Agreste e seu filho , o príncipe, chegaram as damas se alegraram tanto que dava para escutar seus corações em folia.

-Marinette, pegue as águas, por um obséquio!! - Chloe diz naquele tom que Marinette odiava- 

-Sim, Senhorita Bourgeois -Marinette faz reverência-

-Aonde seria o toalete ? -Adrien pergunta meio envergonhado-

-Marinette mostre o caminho para o príncipe- Chloé diz-

-Alteza siga-me -Marinette Diz saindo do local com o príncipe logo após-

-És aqui Alteza - Marinette Diz ao príncipe-

-Por favor me chame apenas de Adrien e obrigada Mar-Mari-Mariii.....-Marinette ria do Príncipe que se enrolou todo para dizer o teu simples nome: Mari-nette-

-Marinette?- a garota perguntou dando um sorriso de canto-

-Sim Marinette! Obrigada Senhorita Marinette - o garoto segura a mão direita da azulada assim beijando gentilmente a parte superior de sua mão fazendo a menina corar-

-B-Bom, eu tenho que ir pegar as águas-Marinette pela primeira vez gaguejou - Até logo - A garota sai de passos largos deixando o príncipe lá-

 

 


Notas Finais


Sim eu juntei os dois cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...