História Opostos da nossa realidade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Gon Freecss, Killua Zoldyck, Personagens Originais
Tags Gonkillu, Hentai, Killugon, Lemon, Nee-killua(eu!), Wtf, Yaoi, Yuri
Visualizações 106
Palavras 2.307
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Shounen, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ta bom não me julguem kkkk essa one shot foi só pra treinar lemons, espero q gostem ^^

Capítulo 1 - It's we secret


Fanfic / Fanfiction Opostos da nossa realidade - Capítulo 1 - It's we secret

A época da infância era a qual o zoldyck mais sentia falta, tudo era mais puro, mais fácil, em pensar que aquelas amizades de infância, mudaram completamente.

Aquela corrida em que ele havia perdido, foi a última que ele teve antes de Gon perder a virgindade e virar outra pessoa, na qual Killua tinha nojo e agonia quando próximos.

Alluka Ock foi quem mudou Gon, Já que o Moreno era totalmente alienado, na ideia que todos deveriam ouvir os veteranos, pois eles eram sábios, a garota abusou disso, convencendo um dos veteranos a dizer para Gon, que virgindade era algo na qual ninguém precisava e se ele a perdesse, seria popular e sábio também.

Quanta idiotice que Gon acreditou, a inocência não o levava a pensar em coisas erradas daquela forma, e depois de uma conversa com Alluka, acabou deixando as coisas se levarem, nos dias seguintes, ele começou a usar lentes de contato, arrumar o cabelo, usar aparelho transparênte, e roupas com estilo.

Se transformou em um completo imbecíl, e por mais que isso fez Canary se afastar, o Zoldyck continuava correr atrás do amigo, por que no fundo o amava, não por amizade, e des de criança sentia aquilo mas preferia esconder por que seria estranho, um garoto gostando de outro garoto.

Gon não se importava com mais nada, isso no começo dos doze anos, e durou até agora, os exatos dezessete anos, com tudo as coisas haviam mudado, Canary dividia o apartamento com o Zoldyck, pois o albino havia perdido seus pais em um acidente de carro, Alluka havia se transformado em uma completa vadia, e Killua... Continuava o mesmo, um baixinho que adorava ler livros e mangás, usando uma jaqueta azul escura, uma calça jeans surrada, um tenis de cor preto, e com o mesmo par de óculos quadrados que usava quando tinha doze anos.

O albino andava pelos corredores sorrindo fraco, na sua maior paz do mundo, até ser puchado pelo braço caindo pra tras e sendo segurado pela cintura, A figura de olhos mel o fitava com olhar malicioso.

-Eai Gatinho- falou o moreno com sua voz roca, piscando enquanto aproximava seus rostos. 

- Oi Gon- falou fazendo seu olhar entediado.

-Nossa que seco! Eu todo romântico aqui! - resmungou o maior. 

- Sera que você  pode me colocar de pé , fazendo favor - falou o menor , com o mesmo olhar de antes. 

-To afim não... E por que você não cala a boca por um minuto - disse sério. 

-Vem calar - bufou o albino,  empurrando a cara do moreno, enquanto se levantava. 

-Você  é muito chato Killu- resmungou o moreno. 

- Foda-se - falou o mesmo dando de ombros, caminhando reto enquanto era seguido pelo esverdiado. 

-Ain, seu Grosso! Você magoou meus sentimentos - falou fazendo draminha. 

- Que sentimentos? - perguntou neutro, pegando seus fones de ouvido. 

- Para de ser cuzão! 

-O que você quer? Você não deixou a Alluka plantada na sala só pra vir encher meu saco- por mais que machucasse a ele mesmo,  ser Grosso com Gon era uma das três coisas que ele precisava fazer. 

Ser Grosso, Sarcástico e frio. 

A história era que, o esverdeado só conversava consigo, quando precisava de algo como uma ajuda no dever de casa, ou pedir o número de uma professora nova ou quando precisava de uma foda casual. 

- Ah! Você sabe o que eu quero- fez um olhar diferenciado desta vez, levantando uma das sombrancelhas, sorrindo de lado. 

Por mais constrangedor fosse aquilo, aquela era a única coisa que os mantiam juntos, apenas sexo, sem sentimento algum, apenas trocando toques e prazeres em segredo, entre eles. 

Aquilo estava acontecendo des da festa de quinze anos do moreno. 

Flashback..... 

Gon prensava o albino na parede do closet atacando seus lábios, em um beijo caloroso e molhado. 

O albino respirava ofegante, se odiando por dentro,  por mais que fosse um sonho se realizando, sabia que era apenas por um desafio pra ver quanto tempo eles ficariam no closet,  Gon mordeu um de seus lábios, sua respiração embassava a lente dos óculos. 

- Que tal uma foda? - sussurrava o moreno em seu ouvido, mordendo o lóbulo em seguida, o albino tremeu dos pés a cabeça - Como meu presente de aniversário - sugeriu mordendo o pescoço do mesmo. 

-Qu-Que dia-Diabos voce esta falando!? - exclamou o albino corado. 

-Qual é Killu,  vai ser só uma foda casual, podemos fazer sempre - riu baixo depositando um beijo no pescoço do albino, e olhando na lateral do rosto, vendo a coloração vermelha nas bochechas do menor- Sem sentimentos,  só sexo - o moreno dizia aquilo como se fosse a coisa mais comum da terra. 

- Você ta louco! - sua respiração tremia - Por que eu -foi cortado por um beijo quente do esverdeado.

-Por que eu sei que você quer assim como eu - sorriu, abrindo a jaqueta do albino pouco a pouco - prometo guardar em segredo, a gente faz quando um quiser, tipo uma ajuda- falou passando suas mãos por cima do membro do albino que corou forte - Uma forma de expressão, o que acha? Topa? - perguntou enfiando os dedos por dentro da calça cinza do albino que gemeu sentindo os toques gelios em seu corpo. 

-Está... Tudo bem... Eu topo- o Moreno sorriu satisfeito,  beijando o pescoço do albino que gemia baixo. 

Fim dos flashbacks..... 

-Credo Gon, você só pensa em sexo cara - resmungava o albino colocando a mão na testa fazendo sinal de decepção falsa. 

- Ah! A culpa não é minha- falou se aproximando e abaixando pra ficar da altura do albino, então sussurrou - A culpa e sua por entrar na minha cabeça enquanto eu durmo.

O rosto do albino mudou pra vermelho, sua respiração ficou ofegante fazendo a lente dos seus óculos embassarem, por sorte o sinal tocou.

Aquilo foi um alívio, salvo pelo congo, então se virou sorrindo.

- Talvez eu queira ou talvez não- falou pro moreno correndo em direçao a saída.

- Oh vadia!- resmungava a morena atrás de sí - Para de crescer o pé de coqueiro!

-Oi Nee- falou o maior sorrindo fraco pra menina.

- OXI! Que desânimo é isso!?-perguntou curiosa.

-Nada.... Oh nee, eu to querendo, me relacionar com-foi cortado.

- Foi mal Gonzinho, mas você não faz meu tipo, eu gosto de caras mais baixos que Voce seu pé de coqueiro ambulante, e gosto de cabelo mais bagunçados e longos! E eu tenho mais o que fazer do que pensar em homen- a garota deu um argumento bem convencenti.

-É você sabia mesmo o que eu ia falar...

-Por que não fica com a Alluka como sempre?- perguntou a morena franzindo o cenho.

-Por que ela ta saindo com a Retz, mesmo sendo meio estranho, é a verdade- deu de ombros.

-...Por que você não enfia um rojão no cu e para com essas frescuras carai!- resmungou a menina de cabelos mistos de castanho médio com castanho claro- Um dia sem sexo não mata ninguém... 

- Não é isso! Eu to com vontade de ficar com uma certa pessoa faz alguns meses e a ultima vez que eu fiquei com essa pessoa foi ano passado, e eu quero de novo - fez olhar cansado.

-Quer que eu seje sincera.... Eu não to entendendo mais nada.... E eu tenho que ir, eu e o meu amigo temos que ler um mangá

-Vocês vão ler um manga de noite?- perguntou franzindo o cenho.

-Cuida da sua vida Freecss, Tchau vadia- grito a última frase correndo.

Enquanto killua caminhava em direço a seu apartamento, seu celular vibrou, vendo logo mensagem do Moreno, o mesmo revirou os olhos, enfiando o celular no bolso.

Ao entrar em casa, deu de cara com Amane e Canary se pegando no sofa da sala.

- Oi pra vocês também, minha aula foi ótima, obrigado por perguntarem- falou tudo indo direto pro quarto. 

Se jogando na cama cansado, o albino estudava de tarde e saia la pelas sete horas da noite, e sempre chegava exausto da escola. 

Seu celular tocou novamente. 

-Alô -falou resmungando 

-Ta oculpado? 

-Ta.... Eu já  sei... Você precisa de mim... Beleza... Vem logo aqui...

-Por que eu não te busco? 

-Essa é sua primeira e última chance Gon,  eu vou contar até dez. 

-Ta ... Pode abrir a porta? 

-Ma! Seu demônio! Comassim! 

O albino franziu o cenho, indo direto para a porta da frente, dando de cara com Gon, sorrindo torto. 

-Éh... Você levou o lance dos dez segundos a sério - falou o albino dando espaço para o moreno passar - Só não repara nas meninas se comendo no meu sofá - falou fechando a porta e puchando o moreno pro seu quarto, trancando a porta em seguida. 

Não deu nem tempo de contar, o albino já foi surpreendido por um beijo carente e quente, Gon o empreensou na parede, o albino forçou as pontas do pé, pra conseguir ao menos alcançar os labios do Moreno. 

O Freecss, era assim, uma hora imbecíl, outra hora um cara carente, outra hora um cara confuso tudo conturbado. 

O barulho dos beijos estralados escoavam pelo quarto, enquanto Gon descia uma de suas mãos para as pernas do albino o impulsionando para cima, ajudando o menor enganchar em sua cintura, Killua era concerteza muito menor que Gon diria uns vinte centímetros de diferença entre eles, e era sempre adorável velo nas pontas do pé. 

Era tudo tão confuso entre eles, as vezes pareciam se odiar, mas nas sombras passavam prazer entre eles, Gon na escola poderia se agarrar com qualquer pessoa, antes de ter se pegado com Killua, mas depois daquela vez, tudo ficou mais confuso, a cada segundo ele queria estar colado ao albino de uma forma prazerosa, tocando aquele rosto delicado na qual ele tanto era encantado, mordendo os labios vermelhos do grisalho, beijando cada canto do seu corpo, sentindo as mãos pequenas e delicadas de Killua o puchar para mais perto, gemendo abafado, e as expressão de prazer, oh céus como aquilo o excitava só de pensar. 

O zoldyck gemia e arfava,  sentindo o Freecss beijar seu mamilo esquerdo e apertar o outro entre os dedos, o fazendo corar forte e puchar a cabeça do Moreno para mais perto, o esverdeado sorria chupando e mordiscando o mamilo do garoto, as lentes do oculos se embassavam. 

Gon se afastava da porta carregando o albino consigo, o deitando delicadamente na cama, distribuindo beijos suaves por sua pele pálida, o grisalho revirava os olhos de prazer arfando e gemendo baixo, o suor e o cheiro viciante. 

O local estava empregenado de prazer, o cheiro tão viciante quanto droga, os labios desceram até a barriga do menor, encomodado, o moreno retirou as roupas do albino deixando o apenas de cueca, Gon apresiava as curvas do menor a cada toque, ele acariava , apertava e esfregava, chegando ate a box de cor verde do menor, o arrancando e jogando para qualquer lado, beijando a extensão do zoldyck e a colocando direto na boca, o mesmo gemeu alto arqueando as costas apertando os lençóis, fazendo movimentos de vai e vem. 

Killua se contorcia, apertando os lençóis, com uma de suas mãos forçando a cabeça do Freecss para continuar, com os olhos fechados, e boca aberta soltando gemidos altos, excitando o moreno cada vez mais, o mesmo logo chegou a seu orgasmo, apertando a ultima vez os lençóis antes de desabar na boca do moreno. 

-Doce - falou o Moreno se levantando da posição que estava enquanto lambia os lábios depois de engolir tudo. 

-Você... Acabou de engolir... Minha porra? Sério - falou o albino de forma constrangida escondendo a cara- Droga! Que droga- falou constrangido. 

-Ah, era docinho parecia açúcar - falou zombando rindo

-Para de falar seu Baka! - resmungou puchando o moreno para um beijo, saboriando o próprio gosto - Hum!!!? -O moreno riu ao ver a expressão de vergonha e nojo do albino, ao sentir seu proprio gosto, o grisalho suspirou tirando os óculos colocando no estante do lado da cama. 

O mesmo então fez sinal, de que estava pronto, o moreno se posicionou em frente a entrada do grisalho, tirando suas roupas e jogando para qualquer canto, o menor apreciou a cena tocando o peitoral do mesmo, deslizando os dedos como se estivesse desenhando algo, o mesmo suspirou corando forte e acentiu novamente, o moreno então o penetrou lentamente, o mesmo arfou respirando fundo, apertando os lençóis e apertando o ombro do maior, gemendo baixo. 

O moreno metia de vagar, com estocadas leves, enquanto o menor apertava seu ombro, as estocadas iam cada vez mais fundas, Killua revirou os olhos bufando, o moreno o encarava, guardando cada expressão de prazer como se fosse uma fotografia na qual ele não queria perder, mordendo os labios, penetrando mais fundo no albino, o menor então o puchou para um beijo.

Arfando um na boca do outro, gemendo baixo, com cada estocada profunda, achando seus lugares de prazer, afundando cada vez mais naquela onda louca de prazer. 

Killua arranhava as costas do moreno, mordendo seu pescoço, depois o beijando novamente, uma onda de calor os preencheram, o moreno então chegou em seu ápice, o líquido esbranquiçado escorria pelas pernas do grisalho que suspirou, O maior então saiu de si deitando ao lado do albino o puchando. 

-Cara... Melhor transa de todas - foram as unicas coisas que Gon pode falar antes de ser calado por um travesseiro na cara. 

-Cala Boca! Baka! - resmungava o grisalho, virando a cara ambos logo começaram a rir- Você é um idiota Gon Freecss. 

-Só você pensa assim! Minha mãe fala que eu sou muito inteligente!... 

-Só uma coisa,  isso que acontece entre nois - suspirou. 

-Relaxa eu não conto pra ninguém, é nosso segredinho - sorriu e o albino corado riu baixo. 

-Babaca! - riu batendo o travesseiro na cara do maior de novo. 

Concerteza  era o segredo que eles compartilhavam entre eles, um nerd e um popular. 

Yours secrets

The end.... 


Notas Finais


Espero q tenham gostado!!!!! Por favor comentem opinem!! Obg por lerem ate aqui!!! Byeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...