História Opostos- Imagine BTS - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Drama, Romance
Visualizações 51
Palavras 1.241
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura❤️❤️

Capítulo 25 - Passado


 





~Dias Depois~


~Helena On~


Desde o dia no restaurante, Catarina não tem estado normal, na verdade ela anda muito quieta, suspirando pelos corredores. Melissa finge que não ligou ao ver Taehyung com aquela garota, mas todos sabemos que ela talvez é a que mais liga...


Por ficar conversando com elas, acabei saindo de casa tarde e aqui estou eu...correndo para não chegar atrasada.
 


– Jin vai me matar!– Murmuro 
 


Chego faltando 5 minutos para meu horário.
 


– Bom dia– Digo ofegante para Sung


– Correu uma maratona?– Pergunta rindo

 


– Corri para não me atrasar, assim evito broncas do chefe
 


– Não se preocupa, ele está com o novo funcionário– Diz simples
 


– Novo funcionário?– Pergunto curiosa
 


– Que bom que já chegou Helena, agora posso anunciar a toda a equipe
 


Assim que me viro após ouvir a voz de Jin, acabo me surpreendendo e quase caindo para trás.



– Você?– Pergunto surpresa



– Quanto tempo Helena– Diz sorrindo 
 


Mal dava para acreditar que nesse momento, a pessoa que no passado eu amei e me abandonou sem nenhum motivo está na minha frente.
 


– Vocês se conhecem?– Pergunta Jin e Sung ao mesmo tempo 
 


– Infelizmente– Digo revirando os olhos
 


– Bom, Gustavo agora é o chefe do setor de vocês
 


– Mas e você?– Pergunto
 


– Esqueceu que sou o chefe da empresa?– Sorri 
 


Chefe...o universo realmente não gosta de mim”- penso 

 


~Lívia On~


Assim que chego em frente à escola, sou surpreendida por Jungkook descendo de seu carro.
 


– Lívia, precisamos conversar– Diz e ignoro 
 


Continuo meu caminho e quando iria entrar na escola, o mesmo segura meu pulso.
 


– Diga Jeon– Digo após suspirar  


– Sobre aquele dia...foi um mal entendido 


– Sinceramente Jungkook, acho que não precisa dar satisfações para mim– Digo sorrindo de lado

 


– Preciso sim– Retruca 
 


– Não, você não precisa



Tiro sua mão de meu pulso e volto a andar.
 


– Eu preciso te dar explicações porque eu te amo!– Grita me fazendo parar no mesmo lugar 
 


Me...ama?”- penso


Me viro e ele caminha até mim.
 


– Você é a professora do meu irmão, a garota toda certinha, sorridente que fez com que me apaixonasse por você. Justo eu que nunca nem sequer me apaixonei



– Não diga essas coisas da boca para fora Jungkook– Sorrio de lado
 


– Eu não estou dizendo da boca para fora 
 


Ele se aproxima fazendo com que a distância entre nosssos rostos fosse mínima.
 


– Você pode não acreditar mas eu te amo. Só sai com aquela garota para tentar te esquecer


– É conseguiu?

 


Droga Lívia, você é mesmo idiota...quem faz esse tipo de pergunta?


Ele sorri e responde:
 


– Não, por isso estou aqui. Além de dar explicações eu quero uma chance Lívia, chance de provar que posso tentazer feliz
 


– Uma chance?
 


Eu sou muito lerda misericórdia...


– Uma chance de te chamar de minha namorada– Sorri 

 


Estando ou não cedo demais, tentei negar que poderia estar apaixonada por Jungkook, mas aquele dia no restaurante e minha raiva só me provaram o contrário...


– Okay, eu te dou uma chance– Sorrio


– De verdade?– Pergunta sorrindo igual a uma criança

 


– Sim
 


Ele me abraça fortemente.



– Não vou te decepcionar 
 


O sinal da escola toca, sinalizando que já estou mais do que atrasada.



– Tenho que ir...



Na verdade não queria, tudo o que desejava era ficar mais um tempo em seus braços, mas nem sempre podemos realizar nossas vontades...



– Okay– Me larga e distribui um beijo em minha testa– boa aula, te amo 


– Também te amo– Sorrio



Assim que o vi se afastar, entrei na escola e fui direto para a sala de aula.

 



~Tempo Depois~ 


~Eduarda On~


Estava em minha sala como sempre resolvendo papelada, quando o senhor Kim entra.
 


– Bom dia Senhorita Eduarda– Diz sorrindo


– Bom dia– Respondo


– Soube que está namorando meu filho...

 


E só agora me toquei...eu e Namjoon ainda estamos mentindo.
 


– Não é bem assim senhor– Digo
 


– Também sei que é falso mas queria dizer que apoio totalmente...bom era só isso



Ele sorri e sai da sala. Okay, isso foi muito estranho...

 


– O que meu Appa queria?– Pergunta o mesmo entrando na sala



– Dizer que nos apoia– Digo rindo

 


Ele se mantém quieto, o que até me fez estranhar.
 



– Aconteceu algo?– Pergunto começando a me preocupar– você nunca fica tão quieto assim
 


– O que acha de irmos jantar qualquer dia desses?– Pergunta envergonhado 



– Jantar?
 


– Tudo bem se não aceitar, de verdade...– Coça nuca 
 


Não seria má ideia...preciso me distrair do trabalho...


– Tudo bem– Sorrio


– Sério?– Assinto– posso escolher o restaurante?


– Claro 


– Okay, vou deixar você trabalhar então 

 


Assinto e ele sai todo sorridente da sala, me fazendo sorrir também.


Parece realmente uma criança”- penso 


~Helena On~


Assim que termino os relatórios e vou até a impressora para pegar os impressos, Gustavo me para.



– O que quer?– Pergunto totalmente de modo grosseiro



– Por que está me tratando assim?– Pergunta
 


– Não sei, quem sabe foi porque você terminou comigo, sumiu e agora resolveu aparecer justamente no meu local de trabalho?– Pergunto sarcástica
 


– Eu tenho meus motivos...


– Que bom, pena que depois desse tempo eu realmente perdi a vontade de ouvi-los 


Pego meu trabalho, e o deixo falando sozinho.

 


– Vocês vão voltar?– Pergunta Jin me parando no meio do caminho


Por que todo mundo resolveu fazer isso hoje?”- penso


– Por que voltaríamos?– Pergunto 


– Não sei, vai saber se você ainda gosta dele– Diz dando de ombros


– Por que acho que mesmo contratando ele, a presença do mesmo te incomoda?


– Eu não o contratei, meu pai o contratou. Se fosse por mim nem aqui ele estaria– Revira os olhos e cruza os braços– só espero que você pense direito 

 


Ele suspira e segue seu caminho. O que deu nos homens hoje?


“ Cada coisa que me aparece”- penso 


Afinal, por que Jin está assim? Parece que ele está irritado, outras pessoas diriam que é ciúmes...


~Woo On~


Depois que finalmente termino de cuidar de meu paciente, vou até o encontro de meus amigos no refeitório. Bom, há mais ou menos 2 dias estou cuidando de paciente que na minha opinião está sendo o pior desde que cheguei aqui, por que? Ele apenas reclama de tudo e me impede de fazer meu serviço bem feito.


– Oi gente– Digo me sentando na mesma mesa que eles


– O que aconteceu com você?– Pergunta YangMi rindo


– Passou um furacão pelo hospital que atingiu apenas você?– Pergunta Jackson 

 


– Engraçadinhos– Digo revirando os olhos 


Além de ter que ouvir as reclamações de meu paciente, fiquei à noite inteira no plantão. Resultado? Estou totalmente acabada.


– Seu paciente continua te dando trabalho?– Pergunta Jaebum sorrindo


– Ele se recusa a ser tratado por uma interna, reclama de tudo, se recusa a comer. Eu estou ficando completamente maluca

 


– Acho que percebemos isso pelo estado do seu cabelo– Diz Jinyoung 



Pego um espelho guardado no bolso de meu jaleco e ao me olhar acabo me espantando.


– Eu preciso concertar isso– Digo 


– Por que não aproveita para dormir um pouco? Eu cuido do seu paciente– Diz Amanda 



– Sério?– Pergunto animada


– Sim, com as suas olheiras e o seu estado, vão acabar achando que você fugiu de um hospital psiquiátrico– Diz rindo

 


– Eu te bateria, mas eu realmente preciso dormir– Digo me levantando– Bye pessoas


 


~Quebra de Tempo~


~Jaebum On~


Assim que tive um tempo livre, resolvi descansar um pouco na sala. Ao entrar, vejo Woo dormindo calmamente, porém totalmente descoberta e encolhida.


Como sempre trago um cobertor para mim, pego em um dos armários fechados da sala e a cubro.
 


– Você realmente tem o sono de pedra– Digo afastando as mechas de seu cabelo de seus olhos 
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...