1. Spirit Fanfics >
  2. Opposite side; Jaeyong >
  3. Aonde tudo começa.

História Opposite side; Jaeyong - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 1 - Aonde tudo começa.


 

Seul, Coreia do Sul.

           06.03

 

     Lá estava Jung Jaehyun, vestindo um terno preto e usando um óculos escuro, possuía uma maleta cinza em mãos prestes a ser entrega. Caminhava por um  estacionamento abandonado, o que era bem óbvio pelas inúmeras rachaduras e iluminação fraca, sem contar no enorme espaço vazio.

   Depois de alguns segundos caminhando até lugar combinado, pôde ver um garoto. Ele estava vestindo uma jeans preta e uma camiseta com a estampa de uma caveira e, assim como Jaehyun, possuía uma maleta em mãos.

      Os dois estavam frente à frente, prestes a fazer a troca das maletas, porém, Jaehyun travou por alguns segundos...

 

                O garoto sorriu para o Jung.

 

 

                                ANTES...

 

 

Seul, Coreia do Sul.

          04.03

 

 

  — Alguns de meus agentes conseguiram o contato do tráfico de drogas do Yukhei. Falamos com um deles e conseguimos um acordo. Daqui a dois dias, vai ocorrer a compra. Jaehyun vai estar disfarçado, você vai ser o comprador, certo? — Jaehyun acentiu — Ok, primeiro, Jaehyun vai chegar com uma maleta cinza, a qual está cheia de dinheiro, um dos homens do Yukhei vai andar até você, entregará outra maleta, que ao invés de dinheiro vai haver drogas. Enquanto isso a equipe dois e Johnny — Jaehyun e Johnny eram parceiros, ambos formavam a equipe um. A equipe dois era formada por Mark e Haechan — estarão vigiando tudo de cima, se algo acontecer Johnny manda o sinal e uma van nossa atravessará o pequeno muro e irá parar rapidamente para Jaehyun subir e o tirarão de lá imediatamente. Mas se isso acontecer, o plano vai ser arruinado. Jaehyun terá que dar o melhor de si para este caso.

 

   — Não se preocupe, senhor Moon. Vai ocorrer tudo como o planejado. — Disse Johnny, tentando acalmar o chefe.

 

   — Eu espero, Johnny. Enfim, podem ir,  já está tarde e já passou do horário de vocês. — Taeil disse para os quatros, que curvaram-se e sairam silenciosamente.

 

                                        [...]

 

 — Vocês perceberam que o chefe está estressado pra caralho esses dias? — Haechan perguntou, concentrado no vídeo-game que jogava.

 

  — Claro que ele está estressado! Fazem cinco meses que as investigações desse caso começaram, só agora que eles conseguiram algo "útil" — Mark fez áspas com os dedos enquanto falava —, e mesmo assim tem tudo para dar errado e esse caso ser um fracasso.

 

   — Eu achava que ele estava assim porque descobriu que era corno, não é mesmo Haechan? — Johnny brincou com o mais novo.

 

   — Ah, nem vem. Só porque eu dormi com o chefe duas vezes, não quer dizer que eu sou dele.  

 

   — Espera, você dormiu com o chefe? Você sabe que é proibido ter qualquer relacionamento com alguém do trabalho né? — Mark perguntou e Haechan acentiu.

 

  — Vai querer tirar satisfação com o chefe? Vai lá, a única coisa que você vai levar é um pé na bunda — O Lee mais novo riu.

 

  — Meu Deus, Donghyuck — Brincou o Jung

 

   Geralmente ambos depois do serviço iam para a casa do Seo. Lá jogavam vídeo-games, comiam, conversavam, aproveitavam bastante juntos. Afinal, eles tinham que arriscar suas vidas o tempo todo, um pouco de diversão era necessário às vezes.

 

  — Mudando de assunto, vocês acham que isso vai dar certo mesmo? — Johnny perguntou um pouco receoso.

 

  — Não sei, existem oitenta porcento de chances de algo acontecer e acabarmos mortos — Jaehyun respondeu. —, mas não fiquem pensando no que pode acontecer, só vai deixar vocês nervosos e preocupados.

 

  — Que merda! Vocês três me desconcentraram — Reclamou, depois de perder a partida que jogava.

 

  — Ah, aceita logo que você é ruim, Donghyuck! E me dá isso aqui, é minha vez! — Mark rebateu o mais novo e pegou de suas mãos o controle do vídeo-game.

 

  Os dois eram um pouco – muito – diferentes, mas mesmo assim não deixavam de ser uma das melhores duplas policiais de Seul, perdendo apenas para Johnny e Jaehyun. Haechan era inteligente e possuía um raciocínio rápido, Mark era bom em lutas e lidava bem com armas.

        Juntos, os dois eram imbatíveis.

 

        

                               AGORA...

 

 

   — Ei, Jaehyun, entregue a maleta e sai daí! — Haechan falou, fazendo o Jung ficar atento e voltar ao "mundo real". Ambos os quatros estavam com pequenos microfones, onde se comunicavam e facilitavam o plano.

 

  Sem hesitar, Jaehyun entregou a maleta e saiu daquele lugar imediatamente, dando as costas para o garoto desconhecido, que fez o mesmo depois.

 Jaehyun neste momento estava se dando uma bela bronca mentalmente enquanto caminhava de volta pelo mesmo caminho de onde veio anteriormente. Porém, ao mesmo tempo que julgava-se por travar do nada no meio de um caso importantíssimo, também se perguntava o por quê de parar por causa do sorriso daquele desconhecido.

       

   Talvez seja melhor apenas esquecer isso...

 

                                    [...]

 

 — O que foi aquilo, Jung Jaehyun? — Donghyuck perguntava isso pela milésima vez.

 

  — Deixa ele, Channie. Ele só congelou por alguns segundos, já passou. — Johnny tentou acalmar a situação.

 

— Já passou? Você viu aqueles homens apontando a arma pro Jaehyunnie? Ele poderia ter morrido! — O Lee mais novo continuou.

   

— Já chega, Haechan. Bebe esse copo de água e se acalma. — Mark falou, puxando o mais novo para sentar na cadeira.

 

 — Pra falar a verdade, eu não sei o que houve. — O Jung confessou, ainda incrédulo com a situação. — Em dois anos de carreira policial, nunca me aconteceu isso.

   

— Ei, relaxa, cara. Vocês dois — Se refiriu ao Jaehyun e o Donghyuck — estão muito estressados. Vamos assistir um filme pra desestressar, certo? — Perguntou, recebendo um sorriso de Donghyuck.

 

 Se tinha algo que o Lee mais novo amava era filmes, de todo o tipo. Terror, comédia, drama, suspense, animação e etc. Passaram o final da noite, depois daquele dia agitado e cansativo, assistindo um filme de comédia.

 Quando ambos os quatros estavam juntos, o tempo passava-se voando, e, dessa vez não foi diferente. Bastou piscar os olhos e Jaehyun já estava em sua casa, de pijama, prestes a ir dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...