História Opposites - Jikook ( abo ) - Capítulo 25


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, Pentagon (PTG)
Personagens E'Dawn, Hong-seok, Jackson, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé
Tags Abo, Jikook, Markson, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 146
Palavras 908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLOY
aqui quem fala é a GreenEyesKrl
Já faz quase 1 semana sem publicar
Nos desculpem.

Capítulo 25 - Depressão?!


JungKook On


Olho para os cacos de vidro no chão sujo de sangue e rio chorando e volto a atenção para o meu corpo todo cortado e bebo mais um pouco de vodka. 


—JUNGKOOK, ABRE ESSA PORTA. — escuto uma voz conhecida, mas não dou o trabalho de pensar quem é por conta da bebida e me sinto mais fraco. 


—Hã? — pergunto baixo mas acho que ninguém me escuta. 


Ouço o barulho da porta ser aberta com força e apenas bato a cabeça no chão sentindo rasgar a mesma e apago. 



(Algumas horas antes)


—Vamos cara, SE ANIMA JUNGKOOK! — berra SeokJin sacudindo meus ombros e suspiro. 


—Como eu vou me animar vendo que Jimin até agora não falou comigo, e eu vi ele com TaeWin nas árvores do colégio. — falo e sinto TaeHyung me abraçar. 


—Eu vou falar com ele, não se preocupe, Kook! — responde o mesmo e concordo. 


Olho para Jimin e vejo o mesmo caminhar até o carro. 


—Por que ele está indo de carro? — pergunto e todos dão de ombro. 


—Ele não quis me responder, mas hoje eu vou na casa dele falar com ele e perguntar o porquê de tudo isso. — fala o beta pegando sua mochila — Tchau gente. — fala fazendo YoonGi e Hoseok levantarem. 


—Vamos com você! — fala YoonGi e o beta concorda. 


—Também já vou, tchau casal! — falo para NamJoon e SeokJin que apenas acenam de cabeça e dão um sorriso. 


Em vez de eu seguir a rua por onde eu vou para a casa, apenas caminho reto, para o bar do senhor Hon. Olho para trás vendo se ninguém me segue e começo a correr até o bar onde se encontra cheio. 


—Senhor Hon! 


—Pequeno JungKook. — responde — O que deseja? Faz tempo que não o vejo aqui! 


—Vim comprar algumas bebidas para comemorar. — minto sorrindo fraco. 


—Então será por conta da casa. 


—Se o senhor diz... Me vê 5 garrafas de vodka. — peço e ele me entrega — Obrigado! 


Caminho para o apartamento onde eu e os garotos compramos para as festas e dou um bom dia para o porteiro e entro no elevador.

Espero alguns minutos e saio do apartamento já começando a abrir a porta do nosso apartamento, fecho a mesma e vejo que está tudo como nós deixamos na última festa, perfeito! 

Abro a primeira garrafa caminhando com a sacola até o meu quarto e olho a grande cidade de Seul pela parede do mesmo.


—Por que você não falou comigo Jimin? — pergunto abrindo a galeria do meu celular e vendo as nossas fotos. Bebo mais um gole e fico sentado no chão olhando para a parede de vidro — Por que não respondeu as minhas mensagens? Por que falou com aquele idiota do TaeWin? 


Jogo meu celular contra o meu espelho e vejo os cacos quebrarem e cairem para todos os lados. 


—EU FUI UM IDIOTA, EU PENSEI QUE VOCÊ ME AMAVA, POR QUÊ? — grito sentindo os cacos me cortarem — Eu te amo tanto. — sussurro chorando e tomo um gole grande de vodka. 



JiMin On


—Conversou com alguém deles? — pergunta o motorista e suspiro tedioso. 


—Você pode começar a andar com essa merda? Está todos olhando para o carro. — falo — E não. Eu não falei com nenhum deles se é isso que o meu querido pai quer saber. — falo com irônia. 


—Você sabe que é para o seu bem. — responde e eu apenas reviro os olhos olhando para a janela — Seu pai pediu para lhe levar para a empresa agora, para você conhecer direito. 


—Tá! 



Após alguns minutos, chegamos e eu saio do carro apressado e corro para dentro de casa. Vejo meus pais sentados no sofá e não ligo, correndo para o meu quarto. 

Pego o meu celular e mando uma mensagem para JungKook que foi visto pela última vez de manhã. 


—Filho? — pergunta minha omma e eu olho para frente, vendo-a. 


—Sim? 


—Seu pai saiu, quer que eu chame alguém? — pergunta e eu nego. 


—Não, vou dormir um pouco. — falo me deitando na cama e escutamos o barulho da campainha — Deve ser ele. 


Saio da cama antes de pegar o cobertor e corro pela casa e escutamos mais uma vez a campainha. 


—Jung...— eu abro a porta mas em vez de ser o meu namorado, é TaeHyung com a roupa toda suja de sangue e com a cara de choro — Meu Deus, entre, rápido. 


TaeHyung entra ainda chorando e eu fico desesperado. 


—O que aconteceu? Temos que lhe levar para o hospital. — falo e ele nega. 


—Não é o meu sangue. — responde — JiMin. 


—Oi? É de quem o sangue então? 


—Você pode me contar o que está acontecendo? 


—Desculpe, é... 


—É QUE NADA, EU PENSEI QUE VOCÊ CONFIASSE EM MIM, PENSEI QUE ME CONTARIA TUDO, PENSEI QUE ÉRAMOS AMIGOS, MAS NÃO, EU ME CONSIDERO UM PARK E VOCÊ ESTÁ NEGANDO A FALAR ALGO. — berra chorando novamente — Se você não me contar agora, o que está acontecendo, eu juro que não serei mais seu amigo e você terá que esquecer que eu existo. 


—É complicado. — começo a chorar. 


—COMPLICADO NADA, JUNGKOOK ESTÁ TRISTE, ESTÁ ENTRANDO EM DEPRESSÃO, ELE SE EMBEBEDOU E SE CORTOU, ELE SENTE SUA FALTA, ELE TE AMA E VOCÊ FICA DE CÚ DOCE? JIMIN, ELE ESTÁ NO HOSPITAL! 


—O quê? — pergunto assustado. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...