História Opposites - Jikook, Vhope and Namjin - Capítulo 1


Escrita por: e Dae_Dae_66

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Colegial, Jikook, Namjin, Vhope
Visualizações 39
Palavras 514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capitulo feito com muito amor e carinho.
Por: ~Juh_Emo

Capítulo 1 - Jikook - 1


5:30

O sol ainda nem tinha nascido e Park Jimin já havia acordado, para falar a verdade ele mal dormiu na noite passada, seu pai – senhor Park – tinha chegado bêbado em casa e feito coisas a Jimin que o menor nunca iria esquecer.

O mais velho nunca foi um santo – mesmo que quisesse se passar por um – desde a morte da mãe de Jimin ele se tornou mais agressivo com o filho e esqueceu completamente qualquer limite que tivesse.

Jimin se levantou da cama lentamente, evitando sentir mais dor do que estava sentindo antes, seu corpo cheio de marcas mostrava tudo aquilo que mais machucava ele - por dentro e por fora -, caminhou até o banheiro observando todos os objetos de seu quarto jogados e espalhados pelo chão assim como suas roupas que foram rasgadas pelo seu pai no dia anterior.

I Look in the glass and stare at your strained, grey, motionless face and ask: “Underneath is there a Golden soul?”

(Eu olho no espelho e vejo seu rosto cansado, cinza e imóvel e pergunto: “Por trás deste rosto existe uma alma de ouro?”)

 

Ao entrar na ducha do chuveiro se deixou chorar, chorar mesmo, chorar até de soluçar, colocar as magoas para fora.

6:00

Depois de um – quase – banho, Jimin vestiu o uniforme da escola e foi até a cozinha comer algo, ao passar pela sala observou o estado daquele lugar, estatuas de santos jogadas no chão, quadros com imagens de igrejas tortos na parede, seu pai realmente estava muito fora de si na noite anterior.

Ao chegar na cozinha abriu a geladeira, olhou tudo mas não achou nada que desse alguma fome nele, já que seu estomago não estava muito legal assim como o resto de seu corpo.

Ele se sentou na bancada da cozinha e encarou o chão, seu pai sempre foi muito religioso, sempre rejeitou pessoas de pele escura e pessoas homossexuais, então, porque diabos ele quis ter uma relação homossexual e ainda por cima com o próprio filho.

Ele bate e estupra o próprio filho quando está bêbado e quando está sóbrio humilha o filho de todas as formas por ele ser gay, Jimin nunca conheceu um homem tão pecador quanto seu próprio pai.

6:30

Jimin estava tentando arrumar a bagunça que estava a sala, para tentar diminuir o trabalho da empregada que logo chegaria na casa dos Park, mas, quando estava quase acabando escutou um barulho alto vindo do quarto de seu pai, provavelmente ele havia acordado.

O garoto pegou rapidamente seu material e saiu de casa – sem mesmo checar se havia esquecido algo -, seu medo era tão grande que preferiu sair de casa e ir correndo para a escola, mesmo que ainda fosse muito cedo.

6:50

Ao passar pelo portão da escola recém aberto, lembrou de todos os defeitos que aquele lugar tinha, claro que não se comparava a sua casa, mas, também não era as mil maravilhas.

Para falar a verdade, Park sempre teve notas boas e nunca brigou com nenhum professor, seu grande desconforto na escola tinha nome e sobrenome, Jeon Jungkook.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...